Cabelo mais oleoso durante a gravidez: qual é a causa e o que fazer?

A gravidez é um estado em que também se desenvolvem alterações capilares, além de outras mudanças nos níveis imunológico, metabólico e hormonal.
Cabelo mais oleoso durante a gravidez: qual é a causa e o que fazer?

Última atualização: 17 julho, 2022

O cabelo oleoso durante a gravidez é um dos processos fisiológicos que ocorrem durante o estado gravídico. De fato, cerca de 90% das mulheres experimentarão mudanças em seus cabelos, unhas e pele.

A seguir, detalhamos como se prevenir e ter cabelos saudáveis. Você tem interesse?

Causas do cabelo oleoso na gravidez

Durante a gravidez, o aumento dos hormônios placentários provoca alterações no cabelo da mulher. Portanto, aumenta a secreção de sebo no couro cabeludo e isso afeta a aparência do cabelo.

As glândulas sebáceas geram um óleo que protege a superfície da pele, mas quando estão inflamadas costumam causar alterações. Portanto, se as glândulas do couro cabeludo ficarem inflamadas, não apenas o cabelo ficará oleoso, como haverá leve descamação, crostas, caspa e irritação.

Algumas das outras mudanças observadas no cabelo no terceiro trimestre incluem o seguinte:

  • Aumento da espessura do cabelo: é comum que seja observado um aumento de espessura dos fios durante a gravidez. Pode até apresentar um caule aumentado de diâmetro. Estas alterações lhe conferem um aspecto mais vigoroso e saudável.
  • Aumento da quantidade de cabelo: o aumento do cabelo, como hirsutismo e hipertricose, desaparece sozinho após o parto. Essas alterações são causadas pelo aumento dos níveis de andrógenos e estrogênios durante os últimos trimestres da gravidez.
Se a grávida já tinha cabelos secos, o aumento de sebo a beneficiará e ela terá cabelos mais brilhantes e nutridos. No entanto, se tiver um cabelo normal, ele ficará mais oleoso e isso pode ser irritante.

Como lidar com o cabelo oleoso durante a gravidez

Se a gestante perceber que o cabelo está mais oleoso, existem algumas recomendações que podem colaborar e diminuir essa condição, segundo a American Academy of Dermatology Association:

  • Procure aumentar a frequência de lavagem e escolha um xampu suave e com pH neutro para não irritar o couro cabeludo. O sabonete líquido para cabelos ajuda a remover o excesso de gordura, além de vestígios de produtos cosméticos e sujeira.
  • Recomenda-se lavar o cabelo com água morna e realizar massagens suaves e circulares no couro cabeludo. Dessa forma, a circulação e o suprimento sanguíneo da área são estimulados. Tente evitar usar as unhas ou criar fricção desnecessária nos fios, pois a lavagem agressiva pode irritar o couro cabeludo e fazer com que ele gere mais oleosidade.
  • O uso de chapinhas e secadores de cabelo não é recomendado, pois podem irritar e machucar o couro cabeludo sensível. Na verdade, o ideal é secar o cabelo suavemente com uma toalha ou ao ar livre para que adote uma textura natural.
  • Usar máscaras nutritivas várias vezes por semana o mantém forte e menos propenso a quebrar.
  • Use o condicionador de forma adequada, ou seja, aplique-o apenas nas pontas do cabelo e enxágue bem para que não fique oleoso depois.
  • Cuidar da alimentação e escolher alimentos que não sejam ultraprocessados ou embutidos ajuda a manter uma boa saúde. A hidratação e a ingestão de frutas e vegetais é muito importante durante a gravidez.

Os óleos naturais protegem o cabelo e são relevantes para um couro cabeludo saudável e cabelos brilhantes. Além disso, deve-se ter muito cuidado com os produtos cosméticos usados durante a gravidez, pois alguns podem ser contraindicados ou podem irritar e alterar a pele. Por isso, sempre consulte um dermatologista antes de usá-los.

Cabelos oleosos e com coceira na gravidez

O couro cabeludo muito oleoso pode causar coceira irritante e dermatite seborreica. A caspa é muitas vezes a razão para cabelos oleosos e com coceira. Estas são algumas das causas mais comuns de coceira no couro cabeludo:

  • Reações alérgicas a certos produtos químicos encontrados em produtos capilares ou outros gatilhos externos, como sensibilidade à luz.
  • Surtos de doenças dermatológicas como psoríase ou eczema.

Acredita-se que os probióticos sejam uma boa maneira de reduzir a inflamação em todo o corpo, o que também pode ajudar a controlar os surtos de caspa e eczema.

Por outro lado, xampus com silicones podem acumular no cabelo e deixá-lo com aspecto oleoso, sujo e pesado. Na verdade, os mais comuns encontrados no cabelo incluem o seguinte:

  • Dimeticona.
  • Amodimeticona.
  • Ciclometicona.

Além disso, é aconselhável enxaguar e remover todos os vestígios de xampu e condicionador do cabelo. Esta pode ser uma das causas da coceira no couro cabeludo.

Mulher grávida tomando banho quente.
Na hora do banho, é fundamental garantir que todos os vestígios de sabão sejam removidos do couro cabeludo, a fim de controlar a presença de gordura.

O cabelo oleoso na gravidez geralmente é uma condição temporária

A maioria dos distúrbios capilares são resolvidos no pós-parto. Portanto, não requerem nenhum tratamento sintomático e podem ser prevenidos com medidas de higiene e cuidados adequados.

No entanto, quando o cabelo continua oleoso durante a gravidez e até chega a apresentar descamação ou coceira, mesmo colocando em prática os conselhos mencionados, é aconselhável consultar um dermatologista para o tratamento correto.

Pode interessar a você...
Queda de cabelo na adolescência: sintomas, causas e tratamento
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Queda de cabelo na adolescência: sintomas, causas e tratamento

A queda de cabelo na adolescência costuma ser bastante frequente. Aqui vamos contar quais são as possíveis causas e o tratamento adequado.



  • Gizlenti S, Ekmekci TR. The changes in the hair cycle during gestation and the post-partum period. J Eur Acad Dermatol Venereol. 2014 Jul;28(7):878-81. doi: 10.1111/jdv.12188. Epub 2013 May 20. PMID: 23682615.
  • Kim SO, Ah YM, Yu YM, Choi KH, Shin WG, Lee JY. Effects of probiotics for the treatment of atopic dermatitis: a meta-analysis of randomized controlled trials. Ann Allergy Asthma Immunol. 2014 Aug;113(2):217-26. doi: 10.1016/j.anai.2014.05.021. Epub 2014 Jun 20. PMID: 24954372.
  • Tips for healthy hair. [Internet] Disponible en: https://www.aad.org/public/everyday-care/hair-scalp-care/hair/healthy-hair-tips