A chegada dos filhos e a relação do casal

5 de agosto de 2018

O nascimento do primeiro filho pode fazer estourar uma crise no casamento. Talvez as tensões próprias da situação tragam à tona as inseguranças emocionais do casal e intensifiquem seus problemas. Neste artigo, vamos explicar como a relação de casal dos pais de primeira viagem pode mudar.

Então, como os pais de primeira viagem podem se adaptar ao ritmo frenético dos primeiros meses quando o recém-nascido requer toda a atenção deles? O que podem fazer para não deixar de lado a intimidade do casal? Como enfrentar os desentendimentos sobre a criação do bebê?

Tudo gira em torno no bebê

A mãe dedica todo seu tempo e atenção ao bebê. Ela pode se sentir totalmente realizada ao cuidar do seu pequeno, mas seu marido talvez possa se sentir abandonado. O homem prudente demonstra todo seu amor à sua esposa aprendendo quais são os efeitos físicos e mentais que ocorrem na mulher após o nascimento de um filho. Um desses efeitos é a tendência às mudanças repentinas de humor. Seja paciente e coloque os interesses dela antes dos seus, assim você vai evitar chateações e desentendimentos.

Por outro lado, a esposa perspicaz irá incentivar seu marido a assumir suas novas funções. Vai incluí-lo nos cuidados com o neném, ensinando-o com paciência como trocar as fraldas ou preparar as mamadeiras, mesmo que no começo ele não faça direito.

casal2

O casamento em uma corda bamba

Muitos pais de primeira viagem estão exaustos pela falta de sono e pelas tensões inesperadas que tendem a distanciá-los.

No começo estava tão compenetrada nas minhas tarefas de mãe que quase me esqueci das de esposa.

Viviane, uma francesa mãe de dois filhos

Por outro lado, o homem talvez não tenha percebido que a gravidez trouxe tanto um desgaste físico como emocional à sua esposa. O bebê consome o tempo e as energias que antes eram utilizadas para o casal se manter emocional e sexualmente unidos. Então, como os pais de primeira viagem podem fazer para que essa criaturinha indefesa e adorável não os desuna? O que o homem pode fazer para estreitar os laços no casamento?

  • Dizer à sua esposa que a ama e demonstrar com atos de amor.
  • Fazer tudo que for possível para afastar qualquer insegurança que ela possa sentir.
  • Compreender que a chegada de um bebê interrompe as atividades normais das relações sexuais do casal. Por isso, ambos devem conversar sobre suas necessidades.
  • Sejam compreensivos, pacientes e claros.
  • Os cônjuges também podem intensificar seu amor agradecendo as ações que o outro fizer.
casal3

Conselhos para ambos os pais

Mães: tirem um cochilo enquanto o bebê dorme um pouco. Se conseguir “recarregar as baterias” vocês terão mais energia para se dedicar ao cônjuge.

Pais: se for possível, levante-se à noite para trocar a fralda ou alimentar o bebê para que sua esposa possa descansar. Fortaleçam seu amor deixando recadinhos, enviando mensagens de texto ou fazendo ligações.  Dediquem um tempo para conversar. Falem de vocês mesmos e não somente do bebê. Mantenham firmes os laços de amizade. Assim, estarão mais bem preparados para enfrentar os desafios de ser pai e mãe.

Diferença de opiniões

Comuniquem-se e se apoiem

Você conhece o ponto de vista do seu cônjuge sobre a criação dos filhos? Se não falarem do tema e esperarem até o bebê nascer para conversar talvez acabem discutindo ao invés de unir suas forças para superar esse desafio.

Por exemplo, perguntem um ao outro em qual das seguintes questões vocês estão de acordo: Como acostumar a criança a comer de forma saudável e a ter bons hábitos de sono? Vamos pegá-lo do berço sempre que estiver chorando? Quando ensinaremos a usar a privada? É claro que cada um tomará suas decisões, mas falar antecipadamente sobre o assunto irá evitar que vocês discordem.

Mudanças positivas no casamento

Da mesma forma que um casal de patinadores iniciantes precisa de tempo e paciência para sincronizar seus movimentos sobre o gelo, os pais de primeira viagem precisam de tempo para se adaptar aos seus novos papéis. Mas pouco a pouco vão ganhando confiança.

A criação dos filhos colocará à prova a união dos cônjuges e irá mudar para sempre a relação. Entretanto, proporcionará a oportunidade de desenvolver qualidades muito importantes como a compreensão, a paciência, etc…