Como a criança cria sua imagem corporal?

· 24 de maio de 2018
A percepção de si mesmo é um dos aspectos mais importantes no desenvolvimento infantil saudável. Uma boa autoimagem permite que você tenha confiança e, como consequência, interações positivas com outras pessoas são alcançadas.

Durante a infância, todo ser humano começa a criar sua imagem corporal. Isso fará parte do autoconceito e estará intimamente relacionado à autoestima. 

Ao criar sua imagem corporal, a criança se baseia nas informações que recebe de seu ambiente mais próximo, em etapas. Por exemplo, nos primeiros anos de vida, o importante é ensinar a criança a se compreender como um indivíduo e não como uma extensão de seus pais.

Depois, as partes do corpo (nariz, boca, mãos, olhos, etc.) são identificadas para que ela aprenda a identificá-las em seu próprio corpo e a reconhecê-las nos outros. Além disso, o conhecimento das partes do corpo permite à criança identificar-se como ser humano e não como animal, planta ou objeto.

Mais tarde, ao frequentar a escola, as crianças começam a desenvolver ainda mais o conceito de sua imagem corporal. Como? Através de diferentes opiniões sobre o que é agradável aos olhos ou não é, o que é mais comum e assim por diante.

Sua imagem corporal na sala de aula

Na sala de aula, o conhecimento recebido em casa sobre o corpo humano será reforçado. Através de diferentes dinâmicas, o ensino prioriza a realização dos seguintes objetivos:

  • Conhecer as partes do corpo e as formas, estágio escolar.
  • Nomear corretamente cada uma delas.
  • Diferenciar as características das partes do corpo.
  • Localizar cada parte do corpo.
  • Começar a reconhecer as partes mais visíveis e funcionais.

Uma possível ordem na qual a criança pode aprender a identificar as partes mais visíveis são: cabeça, rosto, braços, mãos, pernas, pés, genitália, dedos, barriga, nariz, boca, orelhas, olhos, dentes, bochechas, lábios, queixo e cotovelos.

“As crianças entre 5 e 6 anos devem saber reconhecer 30 ou mais partes do corpo.”

Criação de sua imagem corporal de forma positiva

Aprender a distinguir e identificar partes do corpo

Outro aspecto que elas devem aprender é a altura, espessura e cor. Por outro lado, elas podem identificar as formas que cada uma das partes tem da seguinte maneira: macia e dura, pontiaguda e arredondada, pares e únicas, imóveis e móveis.

O professor planejará os jogos infantis que estejam relacionados à maneira como a criança cria sua imagem corporal. Algumas destas atividades podem incluir fazer desenhos sobre seus corpos. Eles são adequados para crianças de 5 a 6 anos.

Existem jogos diferentes de acordo com a idade da criança e do ano em que ela está estudando. Mas a partir dos 2 anos, começa-se a estimular o conhecimento da sua imagem corporal de uma forma positiva.

Em geral, esses jogos consistem em mencionar, tocar e identificar a parte do corpo de forma dinâmica e divertida.

Sua imagem corporal com uma visão realista

Em sua imagem corporal, a cultura na qual você foi criado, os valores familiares e as experiências vividas com seu corpo irão influenciar. Todas essas situações podem especificar a relação de uma pessoa consigo mesma.

É vital ajudar a criança a ter uma imagem realista de si mesma, com autoaceitação de suas características. Além disso, estar disposta a mudar algumas coisas para o bem do seu corpo, pois é para melhorar a saúde.

Aspectos importantes

Com o tempo, a imagem de uma pessoa pode variar devido a mudanças em suas circunstâncias e também dependendo da idade. No entanto, essas mudanças não devem afetar o conceito que a criança construiu sobre sua própria imagem.

Ao entrar na pré-adolescência, podem apresentar alterações em seu organismo causadas pelo crescimento, o que as leva a se rejeitarem pela maneira como veem seu corpo.

“Outro aspecto que afeta negativamente a criança é quando na família há uma obsessão por uma estética corporal muito específica.”

Aprender a distinguir e identificar partes do corpo

Criação da imagem corporal de forma positiva

Você deve ensinar a criança a valorizar as diferentes funções e benefícios de seu corpo. Além disso, ela deve aprender a fortalecer a autoestima em termos de várias habilidades e capacidades, para que aprenda a se valorizar.

Pergunte ao seu filho como ele se sente sobre sua imagem ao estar com outras pessoas. Ele rejeita a aparência do seu corpo ou não? Diga-lhe que os estereótipos de beleza promovidos pela publicidade não condizem com a realidade.

Promova a aceitação e o reconhecimento das diferenças corporais entre as pessoas, de acordo com a idade, a cultura e o contexto.

Não dê mais importância ao aspecto físico do que ao espiritual. Por outro lado, não critique na frente da criança pessoas com excesso ou falta de peso. Você também não deve destacar aspectos negativos do corpo da criança.

Em resumo, como a criança cria sua imagem corporal? Dependerá da maneira como você a ensinar desde a infância. A melhor maneira para que a criança se sinta bem é destacando seus aspectos positivos e elogiando da maneira correta.