Como alimentar um bebê durante a dentição

O aparecimento dos primeiros dentes pode causar alguma preocupação. Portanto, vamos explicar como continuar alimentando a criança durante esse processo.
Como alimentar um bebê durante a dentição

Última atualização: 12 Outubro, 2021

Os dentes começam a surgir por volta dos 6 meses de idade, embora em alguns casos possa demorar até o primeiro aniversário. Muitas vezes, geram certo desconforto nas crianças e afeta sua alimentação.

O início da dentição não deve condicionar a amamentação, pois o ideal é mantê-la até depois dos 12 meses. O leite materno é o melhor alimento para o bebê e possui uma grande quantidade de nutrientes essenciais e substâncias bioativas que o protegem.

Além da amamentação, a partir do segundo semestre de vida alguns alimentos podem ser incorporados de forma complementar. Ou seja, sem substituir o leite. A seguir, informaremos quais são os alimentos mais recomendados para o estágio de erupção dentária.

Quais alimentos devem ser introduzidos na dieta durante o processo de dentição?

Uma vez que surgem os primeiros dentes, é fundamental oferecer à criança alimentos que ajudem a aliviar a sensação de desconforto, sendo de fácil mastigação e digestão.

Para isso, recomenda-se que a maioria das opções seja fresca, pois o frio na gengiva causa uma leve sensação de alívio.

Por isso, as melhores opções são iogurtes e purês de frutas. Contudo, não se deve exagerar com a temperatura baixa, pois o frio extremo pode causar danos às gengivas.

Não se esqueça de que mastigar alimentos também pode proporcionar conforto. Por isso, pedaços macios de frutas, como banana ou ameixa, previamente resfriados na geladeira são boas opções. Certos vegetais cozidos e resfriados, como cenoura ou brócolis, também podem ajudar.

Até os biscoitos de dentição são adequados para essa época. Mas lembre-se de que é conveniente oferecer opções preparadas em casa, para não acostumar as crianças aos produtos comerciais com adição de açúcar. Você pode preparar esses tipos de biscoitos de uma maneira muito simples:

  • Separe uma xícara de mingau de aveia, uma xícara de farinha, uma xícara de purê de maçã, canela e água.
  • Misture tudo e cozinhe por alguns minutos.
  • Deixe esfriar na geladeira por alguns minutos e ofereça à criança.
bebês crianças preparam biscoito caseiro bancada cadeira rastejando farinha cortando chocolate

Como evitar que o bebê morda a mama durante a dentição?

Muitas mães se perguntam se é apropriado continuar amamentando durante o processo de dentição, por medo das mordidas das crianças.

A verdade é que é muito conveniente manter a lactação e, no que se refere à mordida, basta manter um dedo pronto para interromper a lactação no momento em que o bebê para de sugar ritmicamente.

Caso ocorra um acidente e o bebê morda sua mama, convém dizer não com firmeza e retirá-lo da mama. Porém, tente ser delicada nesse momento, pois o objetivo é que o bebê aprenda que se morder não poderá continuar a mamar. Com o passar dos dias, ele tenderá a evitar o gesto.

Dicas para prevenir cáries em bebês

Deve-se ter em mente que a partir do início da dentição é necessário reduzir o risco de cáries. Especificamente, aquelas relacionadas à mamadeira. Elas aparecem quando os dentes do bebê ficam impregnados por uma película leitosa por muito tempo. Por exemplo, quando adormece com a mamadeira na boca.

Em contrapartida, o leite materno não causa cáries. Foi demonstrado, inclusive, que prolongar a amamentação além do primeiro ano de vida pode ser um fator de proteção para essa doença bucal.

Estimule a saúde bucal desde os primeiros estágios da vida

É positivo implementar uma série de hábitos de higiene bucal nos bebês, para evitar o crescimento excessivo de bactérias na boca.

É aconselhável limpar as gengivas da criança uma vez ao dia, antes mesmo da dentição. Assim que os primeiros dentes aparecerem, o mesmo processo pode ser continuado com uma escova de cerdas macias.

Sempre que possível, recomenda-se a introdução de uma pasta especial com flúor. Essa substância é capaz de reduzir o risco de cáries, segundo pesquisa realizada pela Colaboração Cochrane.

Além dos hábitos em casa, é aconselhável levar o bebê ao dentista assim que aparecerem os primeiros dentes. O profissional vai avaliar a saúde bucal da criança e orientar os pais sobre os métodos de higiene ideais para cada etapa.

Pais escovando os dentes do bebê.

Pode interessar a você: 9 dicas para combater o medo do dentista

Garanta uma boa alimentação desde o início da dentição!

A dentição pode ser um momento difícil para os bebês. No entanto, não deve condicionar sua dieta. O leite materno deve ser o alimento principal até o primeiro ano de vida do bebê, mesmo que seja iniciada a alimentação complementar.

Aproveite para incorporar opções de alimentos saudáveis em preparos de acordo com a idade e o tempo de vida da criança. Lembre-se de que os hábitos se desenvolvem com perseverança, principalmente quando começam cedo.

Por outro lado, lembre-se de prestar especial atenção à higiene bucal do seu filho. Inclua bons hábitos em sua educação, como a higienização depois de das refeições, para evitar que germes cresçam em sua boca.

Pode interessar a você...
Como ajudar o bebê a experimentar novos alimentos?
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Como ajudar o bebê a experimentar novos alimentos?

Uma vez terminado o período de amamentação, chega o momento no qual os bebês começam a comer os primeiros novos alimentos.



  • Branger, B., Camelot, F., Droz, D., Houbiers, B., Marchalot, A., Bruel, H., Laczny, E., & Clement, C. (2019). Breastfeeding and early childhood caries. Review of the literature, recommendations, and prevention. Archives de pediatrie : organe officiel de la Societe francaise de pediatrie26(8), 497–503. https://doi.org/10.1016/j.arcped.2019.10.004
  • Walsh, T., Worthington, H. V., Glenny, A. M., Marinho, V. C., & Jeroncic, A. (2019). Fluoride toothpastes of different concentrations for preventing dental caries. The Cochrane database of systematic reviews3(3), CD007868. https://doi.org/10.1002/14651858.CD007868.pub3