Como cuidar das mãos durante a gravidez

Negligenciar as mãos durante a gravidez pode levar ao ressecamento e aparecimento de rachaduras. Portanto, é importante que você dê a elas o melhor cuidado e escolha os hidratantes certos. Aqui vamos contar como fazer isso.
Como cuidar das mãos durante a gravidez

Última atualização: 21 junho, 2022

Cuidar das mãos durante a gravidez é tão importante quanto cuidar da pele do resto do corpo. No entanto, elas costumam ser as mais esquecidas nessa fase, e além de embelezar as unhas, não costumamos dar-lhes os devidos cuidados.

Por esse motivo, hoje vamos contar quais rotinas você deve incluir para dar vida e suavidade às suas mãos enquanto passa pela doce espera. Não perca!

Mudanças nas mãos durante a gravidez

De acordo com uma publicação no Cardiovascular Journal of Africa, durante a gravidez podem ser sentidas várias alterações de natureza transitória nas mãos.

  • Edema gerado pelo acúmulo fisiológico de líquidos desse período.
  • Eritema e coceira nas palmas das mãos e nas solas dos pés causadas por alterações nos níveis de certos hormônios. Esses sintomas desaparecem por conta própria após o parto, quando os níveis hormonais se estabilizam.
  • Dor e dormência no dedo indicador, polegar, meio do dedo anelar e dedo médio podem ser causados pela síndrome do túnel do carpo. Essa condição é bastante comum em gestantes, como complicação do acúmulo fisiológico de líquido no punho.

Inclusive, as alterações hormonais privam a superfície da pele de sua oleosidade e elasticidade habituais, o que favorece o ressecamento da pele em todo o corpo.

Dicas para cuidar das mãos durante a gravidez

Cuidar das mãos durante a gravidez é tão importante quanto cuidar do resto do corpo. De fato, os climas extremos têm um impacto especial na pele, principalmente o frio seco.

Existem algumas dicas básicas para cuidar das mãos durante a gravidez sem precisar recorrer a tratamentos caros. Confira!

casal camisolas de natal festas de bebê não nascido
O clima frio e seco, o contacto direto com tecidos de lã ou sintéticos e as alterações hormonais da gravidez predispõem a pele das mãos a um maior ressecamento.

Lave as mãos com frequência

Limpar as mãos regularmente remove as células mortas da camada superior, o que pode contribuir para a pele seca. Recomenda-se o uso de limpadores do tipo syndet , que são menos adstringentes e mais suaves na derme.

Sabonetes desodorantes devem ser evitados, pois contêm componentes que absorvem a umidade. O ideal é usar sabonete quando necessário, sem abusar do seu uso em nenhum momento. Além disso, não se recomenda o uso de sabonete líquido antibacteriano, pois, ao remover as bactérias “boas” da pele, é retirado um fator de proteção do tecido cutâneo.

Outro aspecto a controlar é a temperatura da água. Embora a água quente reduza a presença de germes, seu uso regular piora a pele seca.

Hidrate as mãos constantemente

A aplicação de cremes hidratantes ou emolientes após o enxágue das mãos ajuda a selar a água e evitar que ela seja perdida. Especialmente em climas ventosos ou frios.

É aconselhável reaplicar com bastante frequência durante o dia e antes de dormir à noite. Em geral, os produtos indicados são aqueles que não contêm perfume, pois a grande maioria da pele seca também costuma ser sensível.

Escolha uma dieta equilibrada e hidratação suficiente

Quando se trata da pele, a alimentação desempenha um papel muito importante, pois “somos o que comemos”.

Por isso, o ideal é tentar incluir na dieta gorduras saudáveis (poliinsaturadas e cis), que são encontradas nos seguintes alimentos:

  • Abacate.
  • Nozes.
  • Azeite extra virgem.
  • Óleo de canola.

Beber bastante água ao longo do dia também ajuda a manter a pele saudável e úmida.

Faça esfoliações ocasionais

Para oferecer um bom cuidado às suas mãos, é preciso limpá-las e remover suas impurezas e restos de células mortas. A esfoliação contribui para essa tarefa e ainda dá à pele uma aparência mais jovem e fresca. Além disso, deixa-a mais receptiva à ação dos hidratantes e controla o aparecimento de lesões. Para obter resultados mais eficazes, é aconselhável escolher produtos que também contenham óleos.

Implemente uma rotina de cuidados noturnos

Colocar certos hábitos em prática à noite ajuda a acelerar o processo de recuperação de mãos rachadas e ressecadas. Para isso, uma boa opção é aplicar óleo de amêndoas ou vaselina para repor as gorduras essenciais responsáveis pela hidratação.

Existem também no mercado tratamentos específicos para as mãos que, quando usados antes de dormir, previnem o aparecimento de manchas e rugas.

Suas mãos permitem que você descubra o mundo e serão um veículo de amor, calor e proteção para seu futuro bebê. Portanto, aproveite para cuidar delas como nunca antes durante a gravidez.

Proteja-as todos os dias

É aconselhável usar luvas de limpeza ao fazer trabalhos domésticos (limpar pisos, lavar louça, limpar vidros). Ou seja, utilizá-las em qualquer atividade em que sejam utilizados produtos químicos.

E um fato importante é aplicar protetor solar no dorso das mãos antes de sair de casa, já que suas mãos são as mais expostas aos raios UV.

A importância de cuidar das mãos durante a gravidez

A pele das mãos não difere muito da do resto do corpo. No entanto, necessita de mais cuidados devido ao seu contato permanente com diferentes superfícies e agentes químicos. Por isso, seguir estes três passos simples é a técnica ideal: limpar, hidratar e proteger.

Pode interessar a você...
Manchas e alterações na pele durante a gravidez
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Manchas e alterações na pele durante a gravidez

É normal que ocorram alterações na pele durante a gravidez por causa do aumento dos níveis hormonais. O que devemos saber sobre esse assunto?



  • Coiffard L, Couteau C. Soap and syndets: differences and analogies, sources of great confusion. Eur Rev Med Pharmacol Sci. 2020 Nov;24(21):11432-11439. doi: 10.26355/eurrev_202011_23637. PMID: 33215466.
  • Ouzir M, Bernoussi SE, Tabyaoui M, Taghzouti K. Almond oil: A comprehensive review of chemical composition, extraction methods, preservation conditions, potential health benefits, and safety. Compr Rev Food Sci Food Saf. 2021 Jul;20(4):3344-3387. doi: 10.1111/1541-4337.12752. Epub 2021 May 30. PMID: 34056853.
  • Soma-Pillay, Priya et al. “Physiological changes in pregnancy.” Cardiovascular journal of Africa vol. 27,2 (2016): 89-94. doi:10.5830/CVJA-2016-021