Formigamento nas mãos durante a gravidez: causas e o que fazer

Durante a gravidez, podem ocorrer manifestações clínicas insuspeitas, como formigamento nas mãos. A seguir vamos contar do que se trata!
Formigamento nas mãos durante a gravidez: causas e o que fazer

Última atualização: 11 junho, 2022

Algumas mulheres podem sentir uma sensação de formigamento nas mãos durante a gravidez. Bem, embora a patologia do túnel do carpo possa ocorrer a qualquer momento, é especialmente comum nessa fase.

Felizmente, esses sintomas são temporários e não são graves para a saúde da gestante, porém existem algumas coisas que você deve saber. Descubra mais junto com a gente!

Síndrome do túnel do carpo, a causa mais comum de formigamento nas mãos durante a gravidez

A síndrome do túnel do carpo é uma condição comum que ocorre como resultado de movimentos repetitivos e forçados com os pulsos. Mas no último trimestre da gravidez, pode aparecer por outros motivos e ser a causa do formigamento nas mãos.

Em geral, essa sensação é produzida pela compressão do nervo mediano, que percorre todo o membro superior, desde a base do pescoço até os dedos. Sua principal função é fornecer ao cérebro informações sensoriais das mãos.

Ao nível do punho, o nervo mediano passa por um canal estreito chamado túnel do carpo. O “teto” dessa estrutura é um ligamento, que pode se inflamar devido à má postura, à movimentação sustentada e inadequada da articulação ou ao edema típico da gravidez.

Consequentemente, quando esse canal é estreitado, o nervo é comprimido e isso causa dor, dormência, formigamento ou queimação nas palmas das mãos e nos dedos.

mão anatomia túnel do carpo ligamento pulso inflamação do nervo mediano
O ligamento que cobre o canal do carpo no pulso pode ficar inflamado por vários motivos. Quando o nervo que circula abaixo é comprimido, as sensações desconfortáveis nas mãos são despertadas.

Uma condição bastante comum…

A síndrome do túnel do carpo costuma ocorrer principalmente em mulheres e entre 30 e 60% dos casos ocorre em gestantes ou no puerpério.

Assim como a retenção de líquidos durante a gravidez predispõe os tornozelos e os pés a incharem, também pode retardar o retorno venoso dos membros superiores. Como dissemos, isso favorece a compressão do nervo mediano que desperta essas sensações irritantes, principalmente à noite.

Sintomas comuns da síndrome do túnel do carpo

  • Inchaço dos dedos.
  • Formigamento e dormência nos pulsos, dedos e mãos.
  • Sensação latejante nos pulsos, mãos e dedos.
  • Dificuldade para pegar objetos ou realizar tarefas motoras finas com as mãos.

Nos casos mais graves e prolongados, pode levar à redução da força e a uma menor precisão no trabalho dessa extremidade. Embora possa ocorrer em apenas uma mão, de acordo com um estudo realizado pela Advanced Biomedical Research, 50% das gestantes a manifestam em ambas as mãos.

Outro ponto a ser observado é que os sintomas podem aumentar à medida que a gravidez avança, principalmente no último trimestre, pois esse é o período de maior retenção de líquidos.

Diagnóstico da síndrome do túnel do carpo

Na maioria dos casos, o diagnóstico dessa condição é clínico. São necessários um questionamento exaustivo e um exame físico completo da gestante, incluindo a manobra do sinal de Tinel, que consiste em bater suavemente (percutir) a pele localizada na face anterior do punho e no caso de despertar a sensação de formigamento na gestante, corrobora-se o comprometimento do nervo mediano.

Outra alternativa adequada para realizar durante a gravidez é o eletrodiagnóstico, que revela o envolvimento do nervo ao verificar um bloqueio ou retardamento dos sinais elétricos.

Tratamento da síndrome do túnel do carpo durante a gravidez

Na maioria dos casos, é aconselhável tratar essa patologia de forma conservadora, especialmente durante a gravidez. Na verdade, vale a pena notar que muitas mulheres sentirão alívio nas semanas e meses após o parto.

Alguns dos seguintes tratamentos são úteis e seguros durante a gravidez:

  • Reduzir as atividades que exigem flexão do punho e evitar atividades que exijam movimentos repetitivos, fortes e manuais dessa articulação. Por exemplo, digitar no teclado.
  • Usar uma tala. Certos suprimentos ortopédicos ajudam a manter a articulação do punho em uma posição neutra (não flexionada), reduzindo assim os sintomas.
  • Crioterapia. Colocar gelo na área dolorida por 10 minutos, várias vezes ao dia, ajuda a reduzir o edema.
  • Elevar os pulsos sempre que possível, utilizando de almofadas.
  • Fazer ioga. Um estudo publicado em 2010 descobriu que praticar ioga pode aumentar a força de preensão manual e diminuir a dor no punho em pessoas com síndrome do túnel do carpo.
  • Garantir pausas diárias para realizar um alongamento adequado das mãos.
Alongamento dos pulsos: síndrome do túnel do carpo
Alongar os pulsos e as mãos alivia a compressão do nervo mediano. Portanto, é aconselhável fazer pausas ativas durante o dia de trabalho.

O formigamento das mãos durante a gravidez é comum e temporário

O formigamento das mãos durante a gravidez é frequentemente associado à síndrome do túnel do carpo. Embora não seja grave, pode incomodar e afetar a qualidade de vida da gestante

No entanto, essa manifestação geralmente desaparece gradualmente após o parto, à medida que a retenção de líquidos e o edema gestacional desaparecem.

Pode interessar a você...
Sacroileíte na gravidez: sintomas e tratamento
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Sacroileíte na gravidez: sintomas e tratamento

A sacroileíte na gravidez deve ser diferenciada da dor de origem lombar. Neste artigo você vai conhecer seus sintomas e tratamento.



  • Meems M, Truijens S, Spek V, Visser LH, Pop VJ. Prevalence, course and determinants of carpal tunnel syndrome symptoms during pregnancy: a prospective study. BJOG. 2015 Jul;122(8):1112-8. doi: 10.1111/1471-0528.13360. Epub 2015 Mar 17. PMID: 25778497.
  • Khosrawi, Saeid, and Raziyeh Maghrouri. “The prevalence and severity of carpal tunnel syndrome during pregnancy.” Advanced biomedical research vol. 1 (2012): 43. doi:10.4103/2277-9175.100143
  • Carlson H, Colbert A, Frydl J, Arnall E, Elliot M, Carlson N. Current options for nonsurgical management of carpal tunnel syndrome. Int J Clin Rheumtol. 2010;5(1):129-142. doi:10.2217/IJR.09.63