Como desenvolver a inteligência do bebê

· 24 de outubro de 2017

Já ouvimos muitas vezes que é possível o nosso bebê aprender muitas coisas desde quando está na barriga da mãe. No entanto, assim que os bebês nascem contamos com várias técnicas de como desenvolver a inteligência dos mesmos.

As técnicas para desenvolver e estimular a inteligência dos nossos filhos são realmente muito simples e variadas. Todas elas são extremamente positivas para o bebê. Se forem aplicadas desde cedo você vai conseguir fazer com que seu filho seja não apenas inteligente, mas também feliz e ligado aos seus pais.

Você gostaria de saber como desenvolver a inteligência do bebê? A seguir apresentamos algumas técnicas tanto para a gestação, como para depois do nascimento.

“Sempre há um momento na infância em que a porta se abre e deixa entrar o futuro.”

–Graham Greene–

O método Tomatis para estimular a inteligência

O doutor, Alfred A. Tomatis, com mais de 50 anos de pesquisa estabeleceu uma disciplina chamada áudio psicofonologia.  Essa pesquisa reúne os campos que ele pesquisou relacionados com a percepção, a comunicação e a escuta.

bebê ouvindo música com fones de ouvido

O doutor considera que a audição tem muito mais funções do que as que foram identificadas. Além de escutar e ajudar a manter o equilíbrio, o sentido auditivo aumenta o potencial elétrico do cérebro.

Ele concluiu que a audição pode ajudar a estimular o aprendizado e o desenvolvimento global das pessoas, que pode ser estimulado por determinados sons, melhorando a comunicação e o aprendizado, principalmente nos bebês e nas crianças pequenas. Também melhora a motricidade e o equilíbrio.

Em que consiste o método Tomatis?

Esse método consiste em uma terapia musical baseada em escutar composições de Mozart, cantos gregorianos e a voz materna, filtrados em certas frequências altas, e até mesmo desde quando os pequenos ainda estão no útero materno.

Através desse método a tentativa é evitar um relaxamento dos músculos do ouvido médio que alguns bebês podem desenvolver inconscientemente, bloqueando certos estímulos sonoros.

Nos bebês são colocados fones de ouvido que vão reproduzindo os sons que o Dr. Tomatis considera que são naturais no desenvolvimento da escuta.

Nós mesmos podemos desenvolver a audição do nosso bebê desde quando ele ainda está na nossa barriga, escutando as músicas anteriormente mencionadas.

Estudos confirmam que a música de Mozart tem influência direta no desenvolvimento dos bebês, tanto criativa quanto intelectualmente. Psicólogos, pedagogos, fonoaudiólogos e médicos recomendam esse tratamento.

mulher grávida com fone de ouvido na barriga

Agora conhecemos excelentes técnicas para estimular a inteligência do nosso bebê, desde quando ele ainda está na nossa barriga. Escutar Mozart é uma tarefa que podemos fazer, e com a qual conseguimos estimular a audição do nosso bebê desde cedo.

Agora apresentamos as dicas mais simples para desenvolver e estimular a inteligência do seu bebê.

Como desenvolver a inteligência do bebê

  1. Crie um vínculo com o bebê.
    Segundo Tracy Cutchlow, escritora do livro “Reglas cerebrales para bebés”, o cérebro busca segurança e ao não sentir um ambiente seguro, fica mais difícil aprender. É muito importante proporcionar segurança ao seu filho.
    Uma das formas mais garantidas de oferecer segurança ao seu bebê é manter uma relação sólida com seu companheiro. E também, conversar com frequência, fazer massagens e estabelecer contato pele com pele com o seu filho, estas são excelentes formas.
  2. Conte ao seu filho como foi o seu dia.
    Uma das formas de como desenvolver a inteligência do bebê é conversar muito com ele desde quando ainda está na barriga. Estudos confirmam que bebês que ouvem muito sua mãe conversar com eles, quando completam 3 anos de idade têm um coeficiente 1,5 vezes mais alto.
    Tudo varia de acordo com o número de palavras, da quantidade e da complexidade delas. Quando você conta seu dia para o seu filho, diz muitas palavras que funcionam perfeitamente.
  3. Comunique-se com ele “cara à cara”.
    Se você gosta de fazer caretas engraçadas para o seu bebê, faça! Essa é uma excelente forma de desenvolver sua inteligência.  Segundo alguns estudos, os bebês começam a reconhecer as expressões faciais aos 3 e 4 meses de idade. Aos 5 meses eles começam a reconhecer emoções nos rostos; entre os 7 e 9 meses já conseguem entender os gestos de um cachorro ou um macaco.
    A comunicação verbal vai permitir que seu bebê, no futuro, trabalhe melhor em equipe, tenha menos discussões, e relações mais fortes.
  4. Aponte os objetos.
    Estudos confirmam que os bebês aprendem muito mais rápido se você apontar os objetos para ele.
    Primeiro, seu bebê vai olhar para você quando apontar alguma coisa, depois à medida que vai crescendo, ele vai começar a olhar os objetos.  Depois dos 9 meses, vai ser ele quem vai mostrar à você os objetos. Tente sempre apontar para seu filho os objetos.

Com essas dicas, vai ser muito mais simples obter os resultados que você deseja. O mais importante é aproveitar com seus filhos esses momentos. Você vai perceber que essas ações vão estreitar o laço entre mãe e filho, além de aprofundar o vínculo afetivo com muitos momentos bons.

Siga em frente!