Como ensinar as crianças a ter amor-próprio?

· 28 de janeiro de 2019
Ensinar as crianças a ter autoestima é um dos aspectos mais importantes para garantir um desenvolvimento adequado. Por isso, a seguir, vamos dar algumas dicas que vão permitir conseguir fazer isso.

Ensinar as crianças a ter amor-próprio é um processo que se desenvolve lentamente, mas pode começar a ser tratado desde a infância. Essa é uma qualidade que pode ajudar as crianças a ter um melhor desempenho na escola, em casa e nos relacionamentos pessoais.

De fato, a autoestima começa a se desenvolver nas crianças nos primeiros anos de vida. Nesse sentido, os pais são as pessoas mais influentes na infância e desempenham um papel crítico no seu desenvolvimento.

Assim, suas palavras de encorajamento podem ajudar a desenvolver essa confiança, especialmente quando se referem a esforços ou habilidades específicas de uma criança.

Certamente, ter uma ideia positiva de si mesma é um dos melhores presentes que podem ser dados a uma criança. Uma criança com amor-próprio precisa, ao mesmo tempo, de uma percepção positiva e realista de suas habilidades. Por isso, é muito importante trabalhar nisso o mais cedo possível.

A seguir, preparamos uma lista das melhores maneiras de ensinar o seu filho a construir uma autoimagem positiva. Não hesite em colocá-las em prática!

Maneiras de ensinar as crianças a ter amor-próprio

1. Incentive a prática de esportes

A primeira maneira de ensinar as crianças a ter amor-próprio é incentivar a prática de esportes ou de outras atividades físicas.

Além disso, os esportes ajudam as crianças a aumentar e construir sua confiança, pois permitem que elas definam metas, melhorem suas habilidades e alcancem seus objetivos. Entre outros benefícios, ajudam a reconhecer os seus pontos fortes e a aceitar as suas fraquezas.

 Incentive a prática de esportes

No entanto, o mais importante é que a superação das adversidades no esporte é uma maneira de construir a confiança. Como se isso fosse pouco, as crianças também ficam em forma e aprendem a cuidar de seus corpos, o que é sempre muito positivo para consagrar o seu amor-próprio.

2. Converse e dê o exemplo

Sem dúvida, conversar com o seu filho sobre o seu aprendizado é algo positivo. De fato, é aconselhável falar sobre os problemas com os quais ele tem dificuldade e precisa trabalhar com maior intensidade para superá-los.

É bom que seu filho escute você falar sobre como você valoriza seus próprios pontos fortes, ao mesmo tempo que reconhece suas fraquezas.

Resolver os problemas promove o amor-próprio. Então, você deve fazer com que ele veja que sempre há pontos positivos.

Nessa mesma linha, você também deve dar o exemplo. Você deve amar a si mesmo antes de poder ensinar o seu filho a se amar. Você pode moldar esse comportamento se recompensando e se elogiando quando você mesmo agir bem.

Por outro lado, você também pode compartilhar seus pontos fortes e fracos com seu filho e contar a ele o que você faz para superar as situações mais desafiadoras. Ensine que todas as pessoas precisam trabalhar para superar as adversidades. Esse é o melhor aprendizado que ele pode obter.

“Os pais são as pessoas mais influentes na infância. Eles desempenham um papel crítico no desenvolvimento da criança. Assim, suas palavras de encorajamento podem ajudar a desenvolver a confiança”

3. Não às críticas

As críticas que as crianças ouvem sobre elas vindas de outras pessoas afetam diretamente o que sentem sobre si mesmas.

Na verdade, as palavras negativas sempre são prejudiciais, e não motivadoras. Quando as crianças ouvem mensagens negativas sobre si mesmas, isso afeta diretamente o seu amor-próprio.

Por isso, se você quiser corrigir algumas das atitudes do seu filho, deve fazer isso com paciência e colocando o foco no que você quer que ele faça da próxima vez.

O ideal é que você se concentre nos pontos fortes e preste atenção ao que ele faz bem e aproveite para valorizá-lo. Assim, preste mais atenção aos pontos fortes do que às fraquezas se quiser ajudar seu filho a se sentir bem com ele mesmo.

4. Incentive a aprender coisas novas

Por fim, você deve ter em mente que aprender coisas novas é uma das melhores ideias para promover o amor-próprio nas crianças. Considerando que elas adoram aprender e que as opções são ilimitadas, essa é uma boa maneira de fortalecer a sua autoestima.

Inclusive durante a infância, o fato de aprender a segurar uma xícara ou dar seus primeiros passos gera uma sensação de controle e realização inigualáveis.

Para as crianças, aprender gera uma sensação de realização inigualável

Por essa razão, à medida que as crianças forem crescendo, elas devem aprender coisas novas, tais como se vestir, ler ou andar de bicicleta. Em geral, qualquer oportunidade de adquirir conceitos e habilidades é um bom momento para que o seu amor-próprio cresça.

Nesse sentido, recomendamos que, caso você ensine as crianças a fazer as coisas, sempre deve ajudá-las no começo. Posteriormente, será a hora de elas mesmas tentarem, errarem, aprenderem e se sentirem orgulhosas. Contudo, os desafios devem sempre estar no seu nível.

Finalmente, não se esqueça de que ensinar as crianças a ter amor-próprio é possível se você seguir essas dicas e praticar uma criação afetiva.

Lembre-se de que seu papel como mãe é muito importante. Por isso, suas palavras de apoio são necessárias para garantir o desenvolvimento adequado da criança.