Como ensinar seus filhos a respeitar as diferenças?

· 12 de março de 2018
É impossível que todas as pessoas que habitam o mundo compartilhem costumes, idiomas e religiões. As diferenças são uma parte inevitável da vida, portanto é essencial que os seus filhos as compreendam e respeitem desde pequenos.

A sociedade está se tornando cada vez mais diversificada. Devido a isso, as crianças estão cada vez mais expostas a conviver com pessoas que têm diferentes formas de vida. As crenças, os costumes, os valores e os comportamentos colocam à prova a tolerância e a empatia das pessoas. Por isso, é importante que desde pequenas as crianças sejam ensinadas a respeitar as diferenças.

As guerras, os conflitos ideológicos e os confrontos acontecem pela falta de respeito pelo próximo. Se você quer que seus filhos sejam transformadores das dinâmicas sociais, coloque em prática esses conselhos.

5 maneiras de ensinar seus filhos a respeitar as diferenças

A capacidade de respeitar os outros irá beneficiar seus filhos durante toda a vida. Ao valorizar a diversidade, eles serão pessoas melhores, terão novas ideias e procurarão sempre fortalecer seu intelecto e suas relações sociais.

1.- Seja modelo dos comportamentos que espera ver

Dê o exemplo. Você deve começar respeitando o outro, valorizando as diferenças e ser inclusivo em qualquer circunstância.

Comece avaliando seu próprio comportamento antes de exigir ou formar modelos de conduta em seus filhos. Evite piadas discriminatórias e a criação de estereótipos que afetam as percepções das crianças.

“O respeito é um valor, uma virtude, e para saber o que é, você deve começar por você mesmo. Dessa forma, se ganha a capacidade de respeitar o próximo. Não só a opinião, mas também o sentimento. Quando você compreende isso, entende que deve escutar a si mesmo e escutar aos demais, ter autocontrole, conhecer seus limites, assumir uma atitude de respeito  e projetá-la aos demais, valorizando as pessoas que te rodeiam”

–Dora Herrera–

2.- Contribua com o fortalecimento da autoestima

Se você deseja que seu filho tenha a capacidade de respeitar as diferenças, ajude-o a desenvolver sua autoestima em primeiro lugar. As crianças, pessoas seguras de si mesmas de maneira geral, são capazes de abraçar o outro sem desejar mudá-lo.

Uma criança com uma boa autoestima é capaz de confiar em suas decisões, ser independente e defender seus ideais sem desrespeitar posicionamentos diferentes.

fortalecer a autoestima das crianças

O hábito de respeitar as diferenças deve ser estimulado desde cedo nas crianças.

3.- Permita que seus filhos vivam novas experiências

É comum que as pessoas busquem se relacionar com quem compartilhe de seus pensamentos e ideais. Mas o segredo para abrir a mente e dar as boas-vindas a seres humanos completamente diferentes é, justamente, conviver com eles.

Evite que seus filhos fiquem sempre dentro de sua zona de conforto e faça com que conheçam e explorem o mundo através dos olhos de outras pessoas.

4.- Esteja preparado para responder perguntas

É inevitável, as crianças sempre querem explicações sobre comportamentos e visões de mundo que são incomuns para elas. Se isso acontecer, você precisa estar preparado para lidar com a situação corretamente. Leve em consideração os seguintes aspectos.

  • Foque no positivo. A melhor maneira de responder quando seu filho questiona diferentes etnias, tamanhos, formas de vestimenta ou idiomas é ser positivo, direto e honesto.
  • Não tente fugir das perguntas. Sempre que as crianças fizerem uma pergunta, responda. Elas precisam de informações pertinentes para formar seus conceitos sobre a vida e a sociedade.
  • Lembre-as das boas maneiras. As crianças têm consciências das normas de convivência em sociedade. Portanto, é essencial ensiná-las a serem prudentes e respeitosas em sociedade.
  • Ajude-as a compreender que as diferenças são boas e que todos somos diferentes em alguns aspectos. Demonstre que essas características nos fazem especiais e que, por mais diferentes uns dos outros, sempre temos algo em comum.
  • Ensine-as a respeitar as diferenças para estimular sua capacidade de aceitação e solidariedade.
todos somos diferentes em algumas características

5.- Faça da tolerância um princípio fundamental

As crianças devem respeitar todas as pessoas igualmente, independentemente de como sejam ou em que acreditem. É uma lição que deve ser ensinada às crianças para que sempre a coloquem em prática e realmente a interiorizem.

Uma forma de reforçar esse comportamento é mostrar para as crianças livros, filmes e brincadeiras que tragam ensinamentos positivos.

Lembre-se: o primeiro passo para que seus filhos aprendam a respeitar as diferenças é começar por você mesmo. Vivemos em um mundo imenso, repleto de riquezas culturais e sociais que devemos conhecer e aceitar.

Discriminar e negar a diversidade só nos faz perder o maravilhoso tesouro que reside em cada um de nós.

Recomendados para você