Como eu posso saber se estou ovulando?

23 de janeiro de 2018
A ovulação é o processo pelo qual o óvulo já maduro é liberado pelo ovário da mulher.

Conhecer os ciclos de ovulação serve tanto para tentar engravidar quanto para fazer o controle de natalidade. Para o cálculo dos dias férteis existem vários métodos. Como saber se estou ovulando? Cada mulher vai optar pelo sistema que mais lhe convenha de acordo com sua disponibilidade de tempo, sua disposição e, até mesmo, suas possibilidades econômicas.

O que é a ovulação?

É o processo que se inicia quando um óvulo maduro é liberado pelo ovário. Depois, esse óvulo segue em direção às trompas de Falópio, onde pode ser fecundado. Essa liberação do óvulo é natural e acontece graças ao funcionamento dos hormônios uma vez a cada ciclo menstrual.

Durante a ovulação, a gravidez só se torna possível se o óvulo entrar em contato com um espermatozoide que o fecunde.

Métodos para saber se a mulher está ovulando

Existem diferentes maneiras de saber se a mulher está ovulando. Algumas exigem o comparecimento a um centro médico que realize exames, enquanto outros métodos podem ser realizados em casa. A seguir, apresentamos alguns exemplos de cada um deles.

Temperatura basal

Durante o processo de ovulação, o corpo produz um hormônio chamado progesterona. Esse hormônio exerce influência sobre o cérebro, especialmente no centro que controla a temperatura corporal. Na ovulação, o aumento é de 0,5 a 1 grau Celsius.

Para medir a temperatura basal é preciso de:

  • Um termômetro. Dever ser o mesmo durante o período de tempo que esteja sendo utilizado esse método.
  • Papel e lápis. Para anotar a temperatura.

A mulher deve medir a temperatura todos os dias ao acordar, antes de se levantar da cama. Qualquer movimento pode aumentar a temperatura corporal, por isso recomenda-se medir antes de realizar qualquer atividade física. Em seguida, a temperatura marcada no termômetro deve ser anotada em um papel.

mulher na cama

Esse método usado para saber se a mulher está ovulando exige rigor para que seja eficaz. Não é aconselhável pular o horário marcado para medir a temperatura. A mulher vai obter um média de temperatura. Quando houver um aumento da temperatura corporal, isso vai indicar que são os dias que você estará ovulando. Se um casal estiver buscando uma gravidez, o ideal é começar a ter relações sexuais dois dias antes do aumento de temperatura para que você se certifique de que o corpo tenha produzido os níveis ideais de progesterona para a fecundação.

Vantagens: é um método de baixo custo e pode ser utilizado em casa.

Desvantagens: a medição diária de temperatura pode ser desgastante e, às vezes, as medições podem falhar.

Teste de ovulação

Eles podem ser adquiridos na farmácia e são parecidos com os testes caseiros de gravidez. Eles buscam detectar o hormônio luteinizante (LH) na urina. Se o teste der positivo, então a mulher está ovulando. Esses exames podem prever a ovulação até trinta e seis horas ante do dia fértil.

Recomenda-se seguir as instruções que o teste traz. No caso de ser feito um teste de urina, ele deve ser feito no segundo dia, já que o hormônio LH se concentra à noite. A ideia é evitar falsos positivos.

Vantagens: os testes são muito fáceis de serem feitos, além disso são mais seguros do que a medição da temperatura.

Desvantagens: não existem argumentos negativos contra o teste de ovulação. No caso de dar positivo em todo o mês, é necessária uma medição mais profunda de outros hormônios como o estradiol, a prolactina, os hormônios da tireoide e os masculinos.

Método de Billings ou observação do muco cervical

Outro método para saber se a mulher está ovulando é observar o comportamento do muco cervical. Durante a ovulação, o fluxo vaginal aumenta consideravelmente. Isso acontece porque ele se torna um veículo para que os espermatozoides cheguem até as trompas de falópio. Além desse aumento, também pode-se observar mudanças nas suas características. O fluxo se torna mais maleável e transparente, parecido com uma clara de ovo crua.

Vantagens: é simples e a mulher pode utilizar esse método em casa sem nenhum elemento extra.

Desvantagens: essa observação pode falhar, a mulher pode não perceber as mudanças.

Exames que os ginecologistas fazem na mulher

Ultrassonografia

É uma ultrassonografia transvaginal que o ginecologista realiza no consultório. Através dela ele avalia o crescimento do folículo que vai ser ovulado nesse ciclo.

doutora examinando mulher grávida

Vantagens: é um procedimento científico confiável.

Desvantagens: é custoso e exige ida ao médico.

Biópsia

Extrai-se um fragmento de tecido que recobre o endométrio. Dessa maneira, é feita uma análise da atuação dos hormônios sobre esse tecido.

Vantagens: é um método que apresenta resultados seguros.

Desvantagens: é muito incômodo para a mulher.

Recomendados para você