Como falar com crianças

11 Dezembro, 2020
Você sabe como falar com crianças pequenas? Há pessoas que mudam o tom de voz, mas será que isso é realmente necessário? O que devemos saber sobre o assunto?

Há momentos em que os pais, ao conversar com os filhos, mudam o tom de voz. Mesmo quando as crianças são um pouco mais velhas, eles usam esse tom de voz infantil para conversar com elas. Na verdade, não é necessário usar essa forma de falar para se conectar com os filhos. Por isso, a seguir, vamos te contar como falar com crianças.

Sempre se deve levar em consideração os tipos de mensagens ou palavras que elas são capazes de processar. Falar com uma criança de 12 anos não é a mesma coisa do que falar com outra de 7 ou com outra de 4 anos. É importante ter isso em mente para saber como falar com as crianças a cada momento.

Conversar com crianças: por que é melhor falar mais?

Falar com o seu bebê ou filho pequeno pode ajudá-lo a desenvolver sua linguagem e comunicação. Quanto mais você falar com o seu filho pequeno, melhor. Isso ocorre porque os pais que falam bastante com os filhos usam muitos sons e palavras diferentes.

Como falar com crianças

Quando as crianças ouvem uma maior quantidade e variedade de palavras, elas têm uma melhor compreensão da linguagem. Isso também aumenta o número e a variedade de palavras que elas entendem e usam. Não se trata apenas de ter melhores habilidades linguísticasFalar com os bebês ajuda o cérebro deles a se desenvolver e a ter um melhor desempenho na escola quando forem mais velhos.

Que tipo de conversa é adequado para bebês e crianças pequenas?

Falar com crianças pequenas não precisa ser um grande problema. Você pode conversar com o seu filho sobre o que está fazendo, as refeições que está preparando ou o que quer que esteja acontecendo ao seu redor. Por exemplo, você está passeando com o seu filho e ele aponta para uma árvore. Você pode dizer: “É uma árvore bem grande, não é mesmo? Eu me pergunto que tipos de animais vivem nela. Talvez um esquilo?”

O quanto devemos falar com as crianças pequenas?

Qualquer conversa faz bem para o seu bebê ou filho pequeno, então tente falar tanto quanto puder ao longo do dia. Você não precisa criar um momento especial para isso.

Bebês e crianças pequenas também gostam de momentos de silêncio, então, se o seu filho parar de responder e começar a parecer cansado, agitado ou mal-humorado, talvez ele prefira outro momento do dia para conversar.

O temperamento do seu filho também pode afetar a frequência com que ele deseja se comunicar com você. Alguns bebês e crianças pequenas são naturalmente mais extrovertidos enquanto outros são mais tranquilos. E isso é algo que deve ser respeitado.

Quando começar a falar com os bebês?

O mais breve possível! De fato, desde o nascimento, o seu bebê absorve uma grande quantidade de informações sobre as palavras e a fala só por te ouvir e te ver falar. Para começar, as conversas com o seu bebê podem parecer unilaterais.

Entretanto, mesmo que o seu bebê ainda não possa se expressar com palavras, ele estará te ouvindo e tentará participar da conversa. Ele vai usar o choro, o contato visual e a escuta para se comunicar. Mais tarde, ele vai sorrir, rir, fazer mais sons e mover o corpo para tentar falar com você.

Se você prestar atenção enquanto estiver falando, notará essa conversa e comunicação precoce do bebê. Ao se comunicar com o seu filho o tempo todo e de uma maneira calorosa e amável, você estará criando e compartilhando experiências com ele. Isso fortalece a sua relação com o seu filho e o ajuda a aprender mais sobre o mundo ao mesmo tempo.

Dicas para falar com bebês e crianças pequenas

Talvez para você possa parecer estranho conversar com um bebê ou uma criança pequena que não fala muito, mas continue mesmo assim. As conversas e as atividades que vamos mostrar a seguir são boas para desenvolver as habilidades linguísticas do seu filho.

Sintonize o seu filho

Reduza as distrações. Desligue a TV, o computador ou faça o que quer que te ajude a estar “presente” para conversar com o seu filho. Além disso:

Como falar com crianças

Mostre interesse

Fale com o seu filho sobre as coisas pelas quais ele se interessa, mesmo que você não goste muito delas. Além disso:

  • Fale sobre uma experiência que vocês compartilharam.
  • Seja muito expressiva para tornar a conversa mais interessante e envolvente. O que você fala não importa tanto quanto a forma como você fala sobre o assunto.
  • Se você usar palavras complexas, explique-as e expanda-as usando várias palavras descritivas. Por exemplo: “Vamos ao pediatra, que é um médico especial que sabe tudo sobre bebês e crianças”.

Leia, conte histórias, cante músicas e faça rimas

Leia livros e conte histórias para o seu bebê desde o nascimento, todos os dias, se puder. Depois de algumas semanas, o seu filho saberá que ler juntos é um momento especial para os dois. Além disso:

  • Fale sobre as fotos vistas nos livros.
  • Ajude o seu filho a aprender que os livros e a leitura são divertidos. O ideal é ter um local especial para a leitura em casa.
  • Cante canções e faça rimas a qualquer momento. O seu bebê e os seus filhos pequenos vão adorar o ritmo das palavras e o tom da sua voz.

Por fim, esperamos que, em breve, você coloque em prática essas dicas para falar com crianças. Elas vão te ajudar a fortalecer o seu vínculo e essa será uma experiência maravilhosa para ambos!

  • Nelsen, J,. (2007) Cómo educar con firmeza y cariño. Editorial: Medici