Como identificar transtornos da linguagem nas crianças?

A comunicação é um processo que se desenvolve desde muito cedo na vida das pessoas. No entanto, por diferentes motivos, esse processo pode ser afetado. É muito importante a identificação precoce desses problemas para evitar consequências no futuro.

Os transtornos da linguagem nas crianças podem aparecer no atraso da linguagem ou do desenvolvimento da fala.

Se a criança manifestar algum desses problemas, pode ter inconvenientes para se comunicar com os outros ou se fazer entender, o que está diretamente associado com o transtorno da linguagem expressiva, ou ainda terá problemas para entender os outros, o que está relacionado com o transtorno da linguagem receptiva.

Nos bebês e nas crianças, a linguagem se desenvolve de maneira natural e é um processo que começa desde o nascimento. Para que a criança desenvolva corretamente sua linguagem, ela deve ser capaz de ouvir, entender e relembrar. Também deve ter a capacidade de formar um discurso.

Causas dos transtornos da linguagem nas crianças

De acordo com estatísticas, uma a cada vinte crianças apresenta sintomas de transtornos da linguagem. Quando a causa é desconhecida, denomina-se de transtorno do desenvolvimento da linguagem.

Esses inconvenientes começam normalmente antes dos 4 anos de idade. Alguns transtornos da linguagem mistos podem ser causados por uma lesão cerebral.

Os transtornos da linguagem nas crianças também podem ocorrer por problemas no desenvolvimento ou por uma lesão no sistema nervoso central, o que se denomina afasia.

Nesse tipo de transtorno, a fala e a linguagem não se desenvolvem normalmente. Pode ser que a criança tenha algumas habilidades da linguagem, mas outras não.

Sintomas do transtorno da linguagem

Uma criança que apresenta transtornos na linguagem pode ter um ou dois sintomas da lista que vamos mencionar a seguir. Esses sinais podem variar entre leves e graves.

Por um lado, as crianças com problemas na linguagem receptiva podem ter dificuldades para entender mensagens e vão apresentar os seguintes sinais:

  • Dificuldades para entender o que as pessoas dizem.
  • Dificuldades para seguir instruções.
  • Problemas para organizar seus pensamentos e suas ações.
transtornos da linguagem nas crianças

Por outro lado, as crianças com problemas da linguagem expressiva vão apresentar impedimentos para expressar o que estão pensando ou o que precisam. Estes são os sinais:

  • Apresentam dificuldades para organizar as palavras em uma oração ou suas orações podem ser simples.
  • A ordem das palavras nas orações pode não ser correta.
  • Têm problemas para encontrar as palavras corretas ao falar e com frequência utilizam expressões prontas.
  • Possuem um vocabulário que é inferior ao nível esperado para sua idade.
  • Usam certas frases de forma reiterativa e repetem partes, como as perguntas.
  • Empregam os tempos verbais inadequadamente.

Tipos de transtornos da fala

Existem vários tipos de transtornos da linguagem nas crianças. Independentemente do caso, podemos notar rapidamente alguns destes sinais:

  • Gagueira infantil. A gagueira infantil é um problema que pode ser diagnosticado e tratado desde as primeiras fases do desenvolvimento da criança. Ela consiste na alteração do ritmo e da fluência verbal que se caracteriza pela repetição de sílabas, palavras ou frases.
  • Atraso da linguagem.  O diagnóstico de um possível atraso na linguagem deve ser determinado por um especialista o mais rápido possível, pois uma intervenção precoce pode evitar o aparecimento de sequelas.
  • Atraso na fala.  É possível observar tanto a nível de expressão quanto de compreensão.
  • Dislalia infantil.  Este caso é diagnosticado quando a criança é incapaz de pronunciar corretamente os sons da fala.
  • Afonia nas crianças.  É um transtorno muito comum nas crianças e nos jovens. Pode ser causado por doenças da garganta ou por hábitos incorretos na fala.
  • Crianças com problemas para pronunciar a letra “R”.  Essa letra, geralmente, começa a ser pronunciada mais tarde do que outras letras pelas crianças. Por isso, algumas crianças apresentam dificuldades para pronunciar corretamente a letra “R”.
  • Surdez infantil. Algumas crianças podem nascer com uma lesão no ouvido externo, médio ou interno ou no nervo auditivo. Isso pode causar problemas para escutar.
transtornos da linguagem nas crianças

As vantagens de respirar bem para falar de forma correta

A respiração e a voz são processos que estão estreitamente vinculados, até o ponto em que se a criança sabe respirar bem, poderá se comunicar corretamente.

Uma respiração incorreta pode causar doenças respiratórias que afetam a fala. Alguns transtornos como as afonias ou as lesões nas cordas vocais podem se dever ao fato de que a criança tem uma técnica respiratória incorreta.

Quando uma criança respira de forma incorreta, ela inala menor quantidade de ar, o que produz menos potência na sua voz e dificulta sua capacidade para prolongar os sons, devido ao fato de que fica diminuída sua frequência respiratória.

 “Doenças como amigdalite, faringite ou laringite podem aparecer como consequência de não respirar corretamente”

Qualquer inconveniente que apareça na linguagem da criança pode ser detectado e tratado a tempo. O fundamental é estarmos atentos ao processo de desenvolvimento natural da linguagem e, frente a qualquer anomalia, procurar seu pediatra para que ele indique os passos que se deve seguir.

Recomendados para você