Como saber se uma criança é superdotada?

· 14 de novembro de 2018
Apenas 2% da população infantil iguala ou supera o QI necessário para ser classificada como superdotada. Portanto, é importante considerar alguns sinais que podem te ajudar a saber se uma criança é superdotada.

Assim como cada criança é única, não há duas crianças superdotadas que sejam exatamente iguais. Se você se pergunta como saber se uma criança é superdotada, deve ter em mente que existem alguns indicadores que podem ajudar a descobrir.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, a inteligência não é exclusivamente a marca de uma criança superdotada, visto que existem muitos outros indicativos.

Portanto, queremos aproveitar o artigo a seguir para fornecer algumas pistas que permitirão decifrar como saber se uma criança é superdotada.

O que significa superdotado?

O termo “superdotação” é usado por diferentes escolas, organizações e culturas de diferentes maneiras.

Alguns o utilizam estritamente para indicar pessoas com uma inteligência muito maior do que a média, calculada por pontuações de QI, enquanto outros cobrem uma gama mais ampla de critérios.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define uma pessoa superdotada como “aquela que tem um QI acima de 130”. No entanto, reconhecer uma criança superdotada não é fácil.

Apenas 2% da população infantil iguala ou supera o QI para ser qualificada como tal e quase a metade costumam ser crianças problemáticas, com baixo desempenho acadêmico e, em alguns casos, fracasso escolar.

Como saber se uma criança é superdotada?

Para avaliar se uma criança é superdotada, em primeiro lugar, você deve confiar nos resultados dos testes.

Apesar disso, como já discutimos anteriormente, muitos educadores procuram outros sinais de inteligência excepcional que não podem ser medidos por um teste ou por um exame.

criança é superdotada

Da mesma forma, as crianças superdotadas são muito diferentes entre si. No entanto, elas têm uma série de traços e características em comum.

Para identificar esses sinais, deve-se levar em conta as habilidades de linguagem e aprendizagem, além das características emocionais.

1.- Habilidades linguísticas

Enquanto a maioria das crianças consegue formar frases reconhecíveis e entender a linguagem complexa quando atingem cerca de 2 anos de idade, as crianças superdotadas frequentemente atingem esses marcos do desenvolvimento mais cedo.

Estas são características de uma criança superdotada que você deve ter em mente ao considerar o desenvolvimento da linguagem:

  • Vocabulário altamente desenvolvido.
  • Capacidade de aprender novas palavras facilmente.
  • Tendência a falar rapidamente.
  • Uso precoce de frases complexas.
  • Costumam fazer muitas perguntas que exigem respostas complexas.
  • Aprendem a ler prematuramente.
  • Capacidade de participar de conversas com adultos.
  • Alta capacidade de compreensão.

“A inteligência de um indivíduo é medida segundo a quantidade de incertezas que é capaz de suportar”
–Immanuel Kant–

2.- Habilidades de aprendizagem

As crianças superdotadas adquirem o conhecimento naturalmente e com alegria.

De fato, seus cérebros parecem ser esponjas que absorvem informações sem esforço.

Geralmente, elas mostram algumas das seguintes características em sala de aula:

  • Grande capacidade de assimilar conceitos de maneira rápida e eficiente.
  • Desenvolvimento prematuro das habilidades motoras que afetam o equilíbrio, o movimento e a coordenação.
  • Excelente memória.
  • Não precisam ser instruídas para realizar uma atividade.
  • Precisam conversar com crianças mais velhas.
  • Gostam de aprender.
  • Capacidade criativa para resolver os exercícios.
  • se concentram quando o assunto é de seu interesse.
  • Têm um conhecimento do mundo ao seu redor maior do que o habitual.

3.- Traços emocionais e comportamentais

Emocionalmente, as crianças superdotadas geralmente são muito intensas e sensíveis.

Além disso, têm muita empatia em situações que não são próprias para crianças de sua idade.

criança é superdotada

Estes são os traços emocionais ou comportamentais que incluem:

  • Gostam das atividades que fazem individualmente, como ler, escrever ou brincar.
  • Têm capacidade de se relacionar com crianças e adultos, devido à sua capacidade cognitiva.
  • Agem como líderes naturais com seus colegas.
  • Parecem incansáveis e com uma fonte infinita de energia.
  • Têm uma capacidade crítica para apreciar a beleza natural, como animais, flores, pinturas, etc.
  • Falam e pensam com muita agilidade.

Para finalizar, é importante que pais e educadores entendam que pode haver diferenças específicas de aprendizagem que afetam o desempenho escolar.

Nesse sentido, é importante ajudar a criança a desenvolver seus talentos.

Se você se pergunta como saber se uma criança é superdotada, você deve considerar os indicadores citados acima.

Mas nunca se esqueça: alguns jovens mostram apenas alguns dos sinais listados ou até mesmo mostram características que são completamente opostas ao que você esperaria.