Como ter uma gravidez segura após os 30?

· 1 de abril de 2018
Aprenda algumas dicas para ter uma gravidez segura após os 30 e aproveitar a experiência da maternidade. Não há nenhum segredo: é uma questão de cuidar de si mesma e também do bebê que está a caminho.

Quando falamos sobre uma gravidez segura após os 30, é necessário abordar o tema da fertilidade feminina. Muito tem sido falado sobre o quão difícil é conceber um filho nesta idade. Mas você sabia que muitas dessas estatísticas citadas nos estudos estão notavelmente desatualizadas?

Embora a passagem do tempo altere o funcionamento do corpo feminino e masculino, a questão da fertilidade não varia tão drasticamente como se acredita.

Décadas atrás, se dizia que, ao passar dos 30 anos, as mulheres demoravam muito para conceber. No entanto, os números atuais indicam que a maioria das mulheres pode ter uma gravidez em menos de um ano.

Gravidez segura após os 30: cuidados prévios

  • Escolha um médico com quem você se sinta confortável e que tenha tido experiência prévia com mulheres na sua situação. A comunicação entre médico e paciente é fundamental para um processo bem-sucedido.
  • Se você ou seu parceiro são usuários habituais de tabaco, é hora de parar. A nicotina tem um impacto negativo no organismo e um dos aspectos afetados é a fertilidade. Fumar aumenta o risco de sofrer abortos espontâneos e nascimentos antes do tempo apropriado. Também está associado a malformações congênitas e peso reduzido no bebê.
  • O excesso de peso é outro aspecto que deve ser corrigido para que a gravidez seja segura. A obesidade e os hábitos alimentares desordenados também dificultam o processo de concepção. Durante a gravidez, o peso extra causa grandes inconvenientes na sua saúde e na do bebê.

  • Solicite que o médico peça um exame físico completo. É importante que você se assegure de prevenir e remediar condições como hipertensão arterial e diabetes. Se você precisar, seu médico irá recomendar substâncias que não interfiram na gravidez.
  • Compartilhe seu histórico médico familiar com o profissional da saúde que está cuidando de você. Com esta medida de prevenção, podem ser detectadas condições genéticas que não são desejáveis ​​e neutralizá-las prontamente. Se houve uma condição de saúde em sua família que pode ser transmitida, é o momento certo para identificá-la.

“Uma dieta saudável é uma parte importante de um estilo de vida saudável em qualquer momento, mas é especialmente vital se você está grávida ou planejando uma gravidez”
-Natonal Health Service-

Durante a gravidez

  • Mantenha um registro detalhado de todas as consultas médicas de controle e atenção pré-natal.
  • Uma vez que você decida conceber, abandone todos os hábitos prejudiciais que possam afetar sua saúde. Também é essencial que você comece a se alimentar adequadamente. Uma boa dieta garante que seu corpo estará nas melhores condições para acomodar o bebê durante a gravidez.
  • Uma recomendação generalizada entre os médicos é consumir uma vitamina pré-natal adequada. Outra boa prática é ingerir um suplemento de ácido fólico, um elemento ideal para as mulheres grávidas.
  • Evite se automedicar. Antes de consumir qualquer analgésico ou medicamento de venda livre, consulte o seu médico.
  • Uma boa rotina de exercícios lhe dará força muscular e resistência para se adaptar às mudanças corporais que virão. A atividade física também ajuda a reduzir as dores, melhora a circulação e a recupera seu peso após a gravidez. É uma ótima ferramenta para conseguir uma gravidez segura após os 30 anos.

  • Se certifique de descansar o suficiente, especialmente durante o primeiro trimestre da gestação. Tire uma soneca, dedique um pouco de tempo para seus hobbies, faça uma pausa na rotina do dia. As técnicas de respiração, o ioga, os alongamentos e as massagens são ótimos para condicionar o corpo.
  • Reduza o consumo de cafeína. A cafeína não tem um valor nutricional e faz com que o corpo não absorva o ferro adequadamente. Além disso, seu efeito estimulante dificulta adormecer à noite.

Se você decidiu assumir a maternidade após completar 30 anos, pode ficar tranquila. Embora existam fatores aos quais você deve prestar atenção no funcionamento do seu organismo, é possível ter uma gravidez segura após os 30.

Na verdade, existem muitos benefícios relacionados à maternidade tardia tanto para as mães quanto para os bebês. Não importa tanto a idade: o que realmente faz a diferença é que você tenha um processo responsável de concepção e gestação.