Conselhos para uma paternidade consciente

· 7 de agosto de 2017

Nas conversas durante a gravidez é muito comum felicitar a mãe e destacar a maravilhosa experiência que é trazer uma criança ao mundo. E não há dúvida disso, é uma sensação indescritível. Porém… o que existe sobre os pais e a paternidade consciente?

É verdade que na nossa sociedade são muitas as histórias em que os pais não tenham dado o melhor de si, são pouco afetivos, se ausentam ou não levam em conta as necessidades de seus filhos. Contudo, do outro lado, temos  pais que vivem ativamente a infância e os cuidados de seus filhos, abarcando todos os aspectos: mental, físico e emocional.

Assim, tais pais se convertem em agentes ativos durante todo o processo, experimentando uma auto-descoberta maravilhosa e, desde uma posição de integridade, compartilham o melhor deles mesmos com seus filhos.

Exercendo a paternidade consciente

Papá ayudando a su hija a hacer los deberes

Ainda vivemos em uma época que o pai que faz companhia a seu bebê, troca as fraldas e participa ativamente no desenvolvimento da criança, é um que “ajuda” a mãe. Esse é um pensamento que devemos erradicar de nosso vocabulário coletivo. Quando o pai realiza todos esses trabalhos, é quando verdadeiramente está exercendo sua paternidade.

E precisa ser um prazer fazê-los… Ser pai, assim como ser mãe, representa uma grande responsabilidade. E não podemos nos limitar exclusivamente ao aspecto material.

Devemos enfatizar a importância que um pai tem na vida de seus filhos. Esses pensamentos obsoletos que alguns pais trazem em seu marco mental, como “a mãe é a única que tem relevância na infância da criança”, precisam sumir.

Exercer uma paternidade consciente junto à mãe, em equipe, é a chave para criar crianças saudáveis, e o mais importante: para que no futuro se sintam amadas, livres e autossuficientes.

Conselhos para pais responsáveis

papá con bebé

Você pode mudar os paradigmas e criar grandes seres humanos. Se você é pai e está lendo este artigo, leve em conta estes conselhos, aproveite e aprenda durante esta etapa que dura para toda a vida.

Presença e qualidade no tempo com seus filhos:

Pensando em você mesmo como um agente criador, estará ajudando seu filho a crescer e evoluir. Desde que está no ventre participe ativamente durante seu desenvolvimento. Enquanto cresce, esteja atento ao que ele necessita, escute e apoie. Isso desenvolverá a confiança e o amor entre vocês.

Participação na infância:

Aproveite qualquer instante com seu filho, e ajude participando nas tarefas como trocar as fraldas, uma massagem antes de dormir, levá-lo ao berço e acalmando o seu choro. A cumplicidade que isso gera é maravilhosa.

Abordagem emocional:

A relação que você desenvolve com seu filho é importante para seu futuro. Ter um contato afetuoso e incondicional com ele abre as portas para que você demonstre o que sente, em um ambiente de confiança e segurança.

O fato de você expressar suas emoções é um aprendizado vital durante sua infância. Por esse motivo você deve avaliar suas emoções, se controlar, e se expressar da melhor forma para com seus filhos.

Boa comunicação:

Desenvolver uma maneira assertiva de se comunicar com seus filhos será muito benéfica na sua relação com eles. Escute-os atentamente e se expresse da melhor maneira que possa com eles, permita que sempre deem seu ponto de vista.

Faça eles saberem quando você compartilha o que dizem, e corrija educadamente o que você considera que está errado. Ser um pai severo e desrespeitoso não conduz nunca a um bom caminho. Pelo contrário, se expresse firme, mas com respeito.

Respeito sempre:

O respeito tem um papel fundamental durante a infância de nossos filhos. Se dirija respeitosamente à todos os membros de sua família, não maltrate a seus filhos, nem verbalmente nem fisicamente, seja aberto com eles e explique a eles qual a importância deste valor durante toda sua vida. Eles não aprenderão com nosso discurso diário, seu exemplo é a melhor maneira de criá-los.

Amor incondicional:

Que eles sintam seu amor sem nenhum tipo de limite, isso trará benefícios tanto para você, como para os que estão em seu entorno. Um bom ambiente familiar é onde todos se sentem seguros e amados, isso fortalecerá sua autoestima e o amor por eles mesmos, fará deles seres íntegros e saudáveis, capazes de controlar suas emoções,  e saber se expressar diante do mundo.

Os pais têm muita importância na infância das crianças. Sendo pais conscientes e responsáveis contribuirão para a saúde mental, física e emocional de seus filhos. Além disso, essa é uma viajem de descobrimentos com seu lado emocional, que beneficia aos homens em muitos aspectos, tanto em sua autoestima, como nas relações do casal.

Ser um bom pai é estar consciente de você mesmo e ensinar a seus filhos tudo de bom que existe dentro de você.