5 consequências de abandonar uma criança

23 Novembro, 2017

O pai é uma peça muito importante no núcleo familiar e para o desenvolvimento da criança. Infelizmente, muitas crianças passam pela experiência de ser abandonada pelo pai e isso traz algumas consequências. Muitas mães, admiravelmente, exercem ambos os papéis em muitas situações fazendo o seu melhor para cobrir esse espaço e a criança não sinta esse vazio. Mas nem sempre é fácil. É importante estar atenta a algumas ações de nossos filhos, para tentar apoiá-los da melhor maneira pois abandonar uma criança gera consequências graves.

 

Abandonar uma criança pode gerar os seguintes traumas:

1. Baixa autoestima. A ausência do pai pode levar à falta de autoconfiança, ao medo e à frustração. Esses elementos podem ser mostrados pela criança principalmente quando ela está na idade escolar e vive uma realidade um pouco diferente dos colegas de classe.

Durante este tempo, busque uma figura masculina na qual ele possa se identificar, como o avô, um tio, um amigo, ou qualquer pessoa que seja importante na sua vida.

2. Abandonar uma criança pode causar baixo rendimento escolar. Alguns estudos mostram que as crianças podem ter notas baixas devido à ausência da figura do pai na família.

O estudo afirma que as crianças podem sofrer desânimo, falta de interesse, ansiedade, estresse, depressão e falta de concentração na escola.

3. Abandonar uma criança pode causar mau comportamento. Elas tendem a ser mais rebeldes com o seu entorno, menos tolerantes, e a fase do “ninguém entende” é mais intensa. Na adolescência esse processo é muito mais evidente devido às mudanças hormonais que experimentam.

4. Abandonar um acriança pode causar problemas de identidade. Ao ser desprovido da presença do pai, as crianças podem sofrer alguns problemas de personalidade, problemas no desenvolvimento de algumas habilidades, e comportamentos como a convivência entre homens e mulheres.

5. O menino não tem um exemplo de como tratar o gênero oposto. No caso dos meninos, eles não têm um exemplo direto de como tratar as mulheres. Quanto às meninas, elas não sabem como devem ser tratadas, porque não tiveram a oportunidade de ver isso em seu núcleo familiar na sua fase de crescimento.

Crianças não se lembram do que você tenta ensiná-las. Elas se lembram do que você é.

-Jim Henson-

Abandonar uma criança gera graves impactos em sua vida

Por que os pais abandonam os seus filhos

Estudos realizados pelos pesquisadores Kathryn Edin e Timothy J. Nelson concluíram alguns aspectos pelos quais os pais muitas vezes abandonam seus filhos.

Ambos coletaram informações dos bairros de Filadélfia e Nova Jersey, nos Estados Unidos, onde muitos pais disseram que “fizeram o que puderam”.

Segundo a pesquisa de Edin e Nelson, 75% dos homens ficam felizes com a notícia de que vão ter um filho. Isso porque eles veem a situação como uma oportunidade para mudar e amadurecer, mas a ideia para por aí. Geralmente eles não estão prontos para enfrentar o que vem pela frente.

Entre outros aspectos que também influenciam no índice do abandono pelo pai, está o abuso de álcool e drogas, problemas com a lei, desemprego e o envolvimento do homem com outras mulheres.

Os pesquisadores concluíram que os chamados pais “desajustados” até tinham boas intenções, mas mudaram de opinião diante da responsabilidade, e pelo fato de não possuírem uma orientação externa.

No início, os filhos amam os pais. Depois de um certo tempo, passam a julgá-los. Raramente ou quase nunca os perdoam.

-Oscar Wilde-

Abandonar uma criança gera revolta

O que fazer diante do abandono pelo pai

1. Se comunique com os seus filhos. Fale com eles, e explique de forma clara e simples, sem entrar em muitos detalhes. Se você dedicar todo o seu amor e compreensão, eles irão compreender e se sentir seguros. Lembre-se que isso depende da sua idade e personalidade.

2. Não os negligencie, eles precisarão de você mais do que nunca. Sair juntos para passear no parque, caminhar, preparar a comida juntos. É importante que tanto você quanto os seus filhos mantenham suas mentes ocupadas e passem tempo juntos. Tente motivá-los e mostrar-lhes que você está orgulhosa deles.

3. A sua família e amigos mais próximos também podem ser um grande apoio. Recorra aos seus avós, tios, irmãos. Eles serão uma grande ajuda para apoiar os seus filhos sempre que vocês precisarem.

Em situações tão difíceis como a ausência do pai na família, é importante que você dê o melhor de si mesma para dar aos seus filhos o maior apoio possível. Tente-se manter emocionalmente forte e saudável. Isso é essencial. Dessa forma você poderá realizar ambos os papéis, não deixando que falte nada para seus filhos.

Não se foque no abandono, mas siga em frente, superando com determinação quaisquer obstáculos que apareçam em seu caminho.