6 consequências da falta de sono em adolescentes

A falta de sono em adolescentes tem consequências negativas em sua saúde física, psicológica, social e emocional. Leia e saiba mais sobre esse tema.
6 consequências da falta de sono em adolescentes

Última atualização: 23 junho, 2022

Dormir as horas correspondentes é um aspecto fundamental para a saúde das pessoas. Muitas vezes não damos a importância que isso merece, mas devemos saber que a falta de sono, principalmente em adolescentes, pode ter consequências negativas em seu desenvolvimento. Por essa razão, devemos mudar nossa perspectiva e transmitir bons hábitos de higiene do sono desde quando nossos filhos ainda são pequenos.

Os seres humanos passam grande parte da vida dormindo e, embora para os jovens isso possa parecer uma perda de tempo, não é. Durante o sono, o corpo realiza tarefas essenciais para o nosso bem-estar físico e mental. Além disso, repara o que foi danificado e nos prepara para enfrentar um novo dia.

Você quer saber em detalhes o que acontece quando nosso descanso noturno é insuficiente em qualidade e quantidade? Descubra tudo a seguir.

Algumas causas da falta de sono em adolescentes

Em muitas ocasiões, a falta de sono responde a um número insuficiente de horas de descanso, ou seja, a um problema no ritmo.

Isso pode acontecer porque não consideramos o sono um hábito de vida saudável, como fazemos com a alimentação e o esporte, por exemplo. Por isso, grande parte das rotinas de descanso que crianças e adolescentes mantêm dependem mais do ambiente do que de sua condição biológica.

Outra possível causa da privação do sono pode ser devido às alterações psicológicas, físicas, sociais e emocionais que os adolescentes vivenciam e que impactam seu padrão de sono. Dessa forma, é comum que eles se deitem mais tarde do que quando eram crianças e que ainda precisem dormir um mínimo de horas para seu correto desenvolvimento.

O uso de aparelhos eletrônicos como celulares, computadores, tablets ou televisores no quarto também dificulta o sono precoce, já que a luz azul “faz” o cérebro “acreditar” que é dia.

adolescente acordado de madrugada com telefone
A tendência de ficar acordado até tarde, típica da adolescência, é potencializada pelo uso indevido das telas. Por isso, é fundamental que os pais intervenham a favor de bons hábitos de higiene e saúde.

Consequências da falta de sono em adolescentes

A falta de sono em adolescentes pode ter consequências negativas em sua saúde psicológica, cognitiva, física, social e emocional. Dessa forma, pode afetar sua vida presente e futura. A seguir, detalhamos alguns problemas derivados de um sono ruim.

1. Capacidade cognitiva limitada

A falta de sono em adolescentes pode prejudicar a capacidade de aprendizagem, causar problemas de memória e diminuir a atenção durante o dia. A longo prazo, costuma causar problemas no desempenho acadêmico.

2. Aumenta o risco de doença mental

A má qualidade ou a baixa quantidade de sono pode causar diversos problemas mentais, físicos e comportamentais. Além disso, uma vez que a saúde mental da criança é afetada, inicia-se um círculo vicioso: os problemas mentais interferem no sono e, por sua vez, o sono piora o desconforto físico e emocional.

Alguns dos distúrbios associados à falta de sono são os seguintes:

3. Diminui o desempenho físico

Enquanto dormimos, o corpo coloca em funcionamento diferentes processos para reparar e regenerar os tecidos cerebrais e o resto do corpo. Além disso, recuperamos a energia consumida para funcionar com eficiência no dia seguinte. Assim, o sono é um aspecto importante para o nosso bem-estar físico e psicológico e é necessário dormir o tempo necessário para um desempenho adequado durante o dia.

4. Predispõe à má nutrição

A falta de sono nos faz comer pior e escolher mais alimentos não saudáveis.

Além disso, a privação do sono noturno aumenta o risco de desenvolver obesidade e diabetes, pois aumenta o apetite e a resistência à insulina. Dessa forma, dormir bem é essencial para uma boa regulação metabólica.

5. Promove o mau humor

Quando um adolescente não dorme horas suficientes, seu humor pode mudar e levá-lo a se sentir emocionalmente instável.

A falta de sono pode causar mudanças nas atitudes dos jovens, deixando-os mais irritáveis e incapazes de lidar com os problemas cotidianos de forma mais saudável e eficaz.

jovem adolescente triste com cotovelos na mesa de luto depressão angústia decepção
Um descanso ruim aumenta o risco de depressão, ansiedade e distúrbios comportamentais. Por sua vez, todos esses problemas afetam negativamente o sono.

6. Aumenta o risco de desenvolver vícios

Os problemas emocionais decorrentes de um sono ruim deixam os jovens mais vulneráveis ao desenvolvimento de vícios, pois esses comportamentos os ajudam a “aliviar” o desconforto instantaneamente. Mas, a longo prazo, aumentam e pioram a qualidade de vida em todos os aspectos.

Algumas considerações finais sobre a privação do sono em adolescentes

Em suma, a falta de sono em adolescentes tem um impacto negativo na saúde, presente e futura. É importante entender que o sono, assim como o exercício e a dieta, é um aspecto essencial para manter uma boa saúde.

Como pais, está em nossas mãos educar nossos filhos para incorporar bons hábitos de sono e fazê-los entender a importância de dormir bem, em qualidade e quantidade. Assim, eles alcançarão um desenvolvimento mental e físico adequado.

Pode interessar a você...
As fases do sono nos adolescentes
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
As fases do sono nos adolescentes

As fases do sono nos adolescentes são indispensáveis, principalmente considerando que cada fase responde a necessidades puramente biológicas.