Crianças doentes, mães fortes: uma campanha publicitária que vai abalar o seu coração

· 19 de outubro de 2017

Uma punhalada pelas costas para qualquer mãe normal. Um  reconhecimento das mães e um carinho especial na alma daquelas mães valentes. Essa campanha publicitária que busca celebrar o dia das mães, não faz mais do que assumir a luta sem trégua de algumas delas. “Crianças doentes, mamães fortes” traz à tona os sentimentos e abala os corações.

O mundo ficou em choque diante dessa curta campanha publicitária audiovisual que deixou em choque e sem ação todas as sociedades. Realizado pela organização Sick Kids, ela reflete o que sentem as mães com filhos doentes ou em condições crônicas. Sem dúvida, um vídeo maravilhoso capaz de sacudir o público e roubar algumas lágrimas.

Colocar-se no lugar dessa batalhadora que faz o impossível pelo seu filho, entender sua dor e seu cansaço, mas, principalmente, admirar sua grandeza. Valorizar além da integridade em que trava essa luta injusta sem trégua para garantir saúde e a felicidade do seu filho.

Com uma força de vontade inabalável,  imensurável e uma valentia única, todos os dias. Ficam feridas pelos golpes da vida, mas à cada dia se levantam e ficam de pé. Tudo em nome do amor incondicional que sentem pelos seus filhos.

mão do bebê segurando o dedo da mãe

Ninguém espera nem imagina que às vezes a maternidade acarrete em doença. Pelo menos não acreditamos que como mães podemos ficar cara à cara com a morte. Não quando se trata do seu filho, mais ainda se ele for tão pequeno, inocente e indefeso.

Não entra na cabeça de nenhuma mãe. Não há razões nem palavras que consolam nem eliminem a dor e o sofrimento. Isso porque de acordo com a lógica biológica, as coisas não deveriam acontecer desse jeito. No entanto, acontece e toca. E ali estamos, escrevendo as primeiras páginas cinzentas de uma história que ninguém nos contou nem nos adiantou.

Crianças doentes, um motor de luta que nunca desliga

“Tudo acontece por alguma razão”, “por algum motivo, Deus quis assim”, ouvimos isso até ficarmos fartas. Não concordamos com isso desde o começo. Não entendemos, e também não podemos acreditar em nada mais do que no valor e na integridade de nossos pequenos sóis.

Esses baldes de água fria muitas vezes não são totalmente compreendidos. As pessoas não se cansam de repetir frases feitas, nós, por sua vez, de batalhar por milagres. Acreditamos que estamos sem lágrimas nem fôlego. A luta se esgota, nos sentimos arrasadas, infelizes.

É aí que aparece uma frase extremamente especial com a qual, de alguma maneira, sentimos identificação.

“Ninguém sabe que constitui-se a si próprio uma fortaleza, até que ser forte se mostra a única opção para ir adiante”

-Crianças doentes, mamães fortes-

Nada mais certo do que isso.

Quando desgraça semelhante acontece você se torna um ser imbatível. O que importam os diagnóstico desalentadores, o abandono da tão sonhada “vida normal” mãe e filho. A que tem que passar o dia trancada no hospital, suportar a vontade de chorar para não transmitir sua angústia para os protagonistas dessa história.

Pouco importa nesse momento seu pesar, quando você se submete à práticas invasivas. Só importa sua dor, e saber como curá-la. Dar asas para a esperança depositada nessa criança que luta pela vida dia-a-dia. Lutar e levantar, para você conseguir ser motor da sua luta, como seu filho é o motor para que você, se levante e lute.

Abraçar essa utopia de que tudo vai acabar bem, cedo ou tarde. Transmitir o ardente desejo de viver essa vida. Sonhar com a tão desejada volta para a casa. As crianças doentes tornam essas mães fortes-que se achavam fracas, superpoderosas. Por isso, vamos compartilhar esse emocionante vídeo, abraçando com a alma e o coração essas mães exemplares.