É bom que as crianças presenciem o parto do novo irmão?

· 7 de janeiro de 2019
A chegada de um novo membro da família é um evento muito especial. Estamos ansiosos para esse momento tão precioso. Algumas pessoas vão dizer para você permitir que as crianças presenciem o nascimento do novo irmão. Será que é uma boa decisão?

Certamente, você vai encontrar muitos preconceitos sobre assunto. Alguns exemplos são questionamentos sobre se as crianças vão ficar traumatizadas ou podem ver a mãe sofrer. Outras pessoas acreditam que isso pode proporcionar um maior vínculo com o novo irmão.

Em suma, se as crianças podem presenciar o parto do novo irmão, isso deve ser escolha da mãe, mas não as obrigue a fazer algo com o que se sintam desconfortáveis.

A natureza curiosa das crianças

A grande maioria das crianças está bem conectada internamente com as suas emoções, às vezes até melhor que os adultos. Mas isso não significa que elas saibam controlá-las.

À medida que crescem, os pequenos adotam medos que são impostos por um ou outro comentário. Por terem uma capacidade de raciocínio menor, é preciso explicar as coisas com simplicidade.

Portanto, o processo do nascimento deve ser mencionado como algo natural. Você pode preparar o terreno aos poucos para quando a hora chegar. Ao mesmo tempo, como mãe, deixe que os seus filhos se expressem e exponham quaisquer dúvidas que possam ter.

Como explicar o processo de gravidez e parto?

Há muitos profissionais que não permitem que as crianças presenciem o parto do novo irmão, mas não precisa necessariamente ser assim. Se os seus filhos sabem que a mãe deles é forte e capaz, confiarão em você.

No entanto, se virem a gravidez como uma doença, vão ficar com medo e cheias de angústia quando o momento do nascimento se aproximar. Se escutam falar sobre o parto como algo perigoso, naturalmente vão considerar algo que é melhor não olhar ou sentir. E o pior, podem pensar que a mãe está em perigo.

Portanto, depende muito de você e de seu parceiro no momento de falar para as crianças presenciarem o parto do novo irmão. Claro, também vai ser preciso considerar as suas próprias circunstâncias como mãe.

Se você não teve complicações e se sente confiante, vai poder transmitir essa sensação mesmo durante o processo de parto. Caso contrário, se você chegar a esse momento cheia de nervosismo e souber que seus filhos estarão presentes, isso poderá reprimir a sua capacidade de fazer do parto uma experiência rápida e emocionante.

se as crianças devem ver o parto do novo irmão deve ser decisão da mãe

O que você deve considerar?

Existem vários fatores você deve considerar junto com o seu parceiro. Por exemplo, a assistência que você vai receber. Será um parto em casa ou em um centro médico? É importante não ignorar esse detalhe, pois existem algumas maternidades que não permitem que as crianças presenciem o parto do novo irmão.

Outros aspectos que devem ser considerados são os seguintes:

  • O desejo ou intenção de seus filhos. Ao prepará-los, é preciso prestar atenção e ver como eles reagem à ideia de estar presente nesse momento. Uma boa ideia seria mostrar como é o processo de parto através de um vídeo.
  • A idade dos seus filhos. É recomendável que as crianças sejam capazes de se expressar para testemunharem o parto do novo irmão. Isso significa que devem ter uma idade igual ou superior a 5 anos, pelo menos.
  • A personalidade de seus filhos. Se os seus filhos forem muito sensíveis, pode não ser uma boa ideia fazê-los presenciar o momento do parto.

“Se uma criança escuta falar sobre o parto como algo perigoso, ela verá como algo que é melhor não olhar ou sentir. Pior, ela podem pensar que a mãe deles está em perigo “

O que fazer se você decidir que os seus filhos vão presenciar o parto do novo irmão?

Tenha em mente que o parto pode ser um processo ou apenas um momento. Explique exatamente o que vai acontecer dentro da sala de parto.

Calmamente, diga que, como mãe, você deve fazer um grande esforço para que os seus gemidos ou gritos não os assustem. Além disso, você deve explicar que o corpo contém muito sangue e fluidos, que são extremamente necessários para a vida da mãe e de novo irmãozinho.

se as crianças devem ver o parto do novo irmão deve ser decisão da mãe

Se o centro médico permitir uma visita antecipada à sala de parto, ótimo. Isso é muito bom para a preparação mental dos pequenos. E se o parto for em casa, permita que os seus filhos se envolvam no processo, trazendo o que for necessário para aquele momento.

Algo crucial a se pensar é quem vai acompanhar os seus filhos. Talvez você ache que deva ser o pai, mas se ele estiver ao seu lado, não é bom deixar as crianças sozinhas. Se elas se sentirem desconfortáveis, é melhor levá-las para fora do quarto e acalmá-las.

Lembre-se: deve ser sua decisão se as crianças irão presenciar o parto do novo irmão ou não. Prepare os seus filhos antes, mas não os force. Apesar de ter bons motivos para você se querer ter os seus filhos presentes nesse momento, não se sinta mal se no final você mudar de ideia.