Quanto tempo um parto pode durar?

· 15 de maio de 2018
O parto é um processo com vários passos que devem ser seguidos progressivamente. Em relação à duração de um parto, é preciso considerar que cada mulher tem suas próprias particularidades.

O final da gravidez está chegando. É impossível não sentir medo pelo que vem a seguir: o parto. Uma das dúvidas mais frequentes é quanto tempo pode durar um parto normal. Vamos contar tudo para você neste artigo.

O parto é um processo fisiológico que se divide em três fases. A duração completa depende de vários fatores, como a posição do bebê, o estado emocional da mãe, se é uma mãe de primeira viagem ou não, entre outros.

Embora existam partos “curtos”, são bastante incomuns e geralmente causam complicações para a mãe e o bebê. Normalmente esses partos são causados por complicações ou incidentes na gravidez.

O ideal é que o processo de parto seja realizado num período de tempo adequado, sem acelerar nenhuma de suas fases. Assim, tudo seguirá seu curso natural e o organismo da mãe vai se recuperar adequadamente.

Para ter uma ideia do tempo real que um parto pode durar, vamos ver a seguir quais são as três fases normais.

Quando tempo um parto pode durar: as três fases do parto

1.- Dilatação

Essa fase é a mais longa e é subdividida em duas etapas. Na primeira etapa, chamada de dilatação latente, começam as contrações que ajudam a modificar o colo do útero.

A barriga fica dura, depois relaxa. A mãe não sente muita dor. A contração começa na parte inferior das costas e vai até a barriga e a pélvis. Essa etapa não tem uma duração definida, pois as contrações são irregulares e podem durar dias.

A etapa seguinte é a dilatação ativa. Começa quando o colo do útero atinge entre 3 e 4 centímetros. As contrações se tornam cada vez mais fortes e regulares e se repetem a cada 3 ou 5 minutos. A mãe deve ser internada nessa etapa.

Em mães de primeira viagem, a dilatação pode durar de 8 a 18 horas. Nas mulheres que já tiveram filhos, o tempo é reduzido para entre 5 e 12 horas.

quanto tempo um parto pode durar

2.- Fase da expulsão

Também se divide em duas etapas. Na primeira, ou etapa passiva, o colo do útero já atingiu a dilatação necessária para que a cabeça do bebê passe pelo canal do parto. Essa dilatação é de 10 centímetros.

Se a bolsa ainda não estourou, esse é o momento em que vai estourar. As contrações ocorrem uma após a outra. O tempo de duração dessa etapa é de entre 1 a 2 horas. Isso vai depender principalmente do fato da mulher já ter tido filhos anteriormente. Nesse caso, o tempo diminui.

A próxima etapa é a etapa ativa. A mãe sente o que se conhece como “reflexo de empurrar”. Instintivamente, a mulher sente vontade de empurrar com cada contração, o que ajuda o bebê a sair. A cabeça do bebê já pode ser vista no canal do parto. Essa etapa chega a durar entre 35 e 50 minutos no total.

Se a mulher optou pela peridural, o tempo aumenta e pode chegar a 1 ou 2 horas. O medicamento administrado elimina o reflexo de empurrar e o trabalho deve ser realizado de maneira consciente, seguindo as indicações do obstetra.

“O ideal é que o processo de parto seja realizado num período de tempo adequado, sem acelerar nenhuma de suas fases.”

3.- Fase da dequitação

Essa é a última fase do parto e ocorre depois que o bebê nasce. A mulher sente contrações indolores, cuja função é expulsar a placenta, o saco amniótico e as membranas que protegiam o bebê.

O útero se retrai e fica muito menor. Os vasos sanguíneos que alimentavam a placenta se fecham pouco a pouco. A dequitação dura aproximadamente meia hora se o parto foi feito sem peridural. Caso contrário pode passar de 1 hora.

Se levarmos em consideração uma média de todas as fases, o parto pode durar um total de 9 horas mais ou menos. A contagem inclui desde a primeira fase de dilatação até o final da dequitação.

quanto tempo um parto pode durar

É claro que cada mulher é diferente e a duração real do seu parto pode ser outra dependendo das variáveis. Algumas dessas variáveis são a idade, o estado físico, a quantidade de partos anteriores e outros fatores.

O parto, assim como todo processo, tem passos que devem ser seguidos cada um no seu momento para que o nascimento do bebê possa ocorrer sem incidentes. Em caso de dúvidas, o ideal é consultar um especialista.