Dentes sensíveis durante a gravidez: o que fazer?

Os dentes sensíveis durante a gravidez são uma alteração bastante comum em mulheres grávidas. Vamos contar por que isso acontece e o que você pode fazer para se sentir melhor.
Dentes sensíveis durante a gravidez: o que fazer?

Última atualização: 01 Maio, 2021

O cuidado com a saúde bucal das gestantes é muito importantes, pois as alterações hormonais podem aumentar o risco de apresentar alguns incômodos na boca. Dentes sensíveis durante a gravidez são um problema bastante comum, por exemplo.

É uma dor intensa, rápida, mas muito incômoda, que é sentida em alguns dentes ao ingerir algo muito frio ou muito quente. Em geral, não é algo grave e uma boa higiene oral pode reduzir os sintomas.

O estado de saúde bucal impacta a saúde geral da mãe e influencia o período de gestação. Alguns cuidados básicos de higiene oral e alimentação podem fazer a diferença e reduzir o risco de complicações.

Ter dentes sensíveis durante a gravidez é algo incômodo e desagradável. Nas linhas a seguir, vamos explicar por que isso ocorre e como pode ser resolvido.

Causas dos dentes sensíveis durante a gravidez

As mudanças hormonais que ocorrem durante a gravidez são responsáveis pela maioria das condições nesse estado. Os dentes sensíveis durante a gravidez também se devem a essas variações nos hormônios e comportamentos da mãe. A seguir, você vai encontrar alguns dos motivos que podem causar dor de dente durante a gravidez.

Dentes sensíveis durante a gravidez

Mudanças hormonais

Como mencionamos, os níveis de progesterona e estrogênio durante a gravidez aumentam, o que intensifica o fluxo sanguíneo por todo o corpo. O aumento da circulação nas gengivas as deixa mais suscetíveis à inflamação, ao inchaço e ao sangramento. Essa alteração no tecido gengival pode causar sensibilidade nos elementos dentários.

Placa bacteriana

O acúmulo de bactérias na gengiva por falta de higiene, somado à suscetibilidade do tecido gengival à inflamação já mencionada, aumenta o problema da sensibilidade. A gengivite da gravidez é uma condição muito comum nessa fase e é causada pela presença de placa bacteriana nas gengivas.

Doença periodontal

A doença periodontal é a infecção dos tecidos de sustentação do dente que, como já dissemos, por razões hormonais, respondem de forma exagerada. Se a gengivite não for tratada e a infecção não for controlada a tempo, a evolução será a perda de material ósseo e a ruptura das fibras periodontais.

Isso gera uma consequente mobilidade dentária e até mesmo a perda de alguns dentes. A sensibilidade é um dos sintomas dessa condição. Além disso, sua presença aumenta o risco de complicações na gravidez, como contrações, partos prematuros e crianças com baixo peso ao nascer.

Raízes expostas

As mudanças inflamatórias nas gengivas podem fazer com que elas retrocedam e deixem parte da raiz do dente exposta. Assim, a função protetora do tecido gengival é perdida.

Uma área do elemento dentário que não está preparada para isso é deixada em contato com o exterior. Qualquer estímulo no dente terá sensibilidade ou dor como resultado.

Tumores nas gengivas

Algumas mulheres com gengivite e um grande acúmulo de placa bacteriana desenvolvem um tumor no tecido gengival. Essa situação é conhecida pelo nome de granuloma piogênico ou epúlide da gravidez. É um crescimento gengival doloroso e que causa bastante sangramentos. Isso prejudica a mastigação, a alimentação, a fala e a estética. A sensibilidade nos dentes vizinhos também é um sintoma.

Embora sua aparência seja assustadora, são benignos e desaparecem após o parto. Em todo caso, para o conforto da mãe, é aconselhável procurar o dentista para sua remoção.

Cáries

A presença dessa doença em algum dente pode se manifestar como sensibilidade nos dentes. As mudanças na dieta alimentar e a preferência por alimentos açucarados nos desejos da gravidez favorecem a formação e progressão da patologia.

Uma higiene dental deficitária, especialmente em mulheres que sentem náuseas durante a escovação, predispõe ao aparecimento das cáries. O ressecamento da boca típica da gravidez também é um fator de risco.

Como lidar com os dentes sensíveis durante a gravidez?

Embora existam algumas intervenções e produtos que não podem ser usados durante a gravidez, a sensibilidade dentária deve ser tratada. Não só pelo desconforto que causa na mãe, que não consegue se alimentar nem descansar adequadamente, mas também pelo risco de produzir contrações e outras complicações.

Aqui estão algumas dicas para resolver o problema dos dentes sensíveis durante a gravidez:

  • Manter uma higiene dental adequada: a escovação é vital para controlar a placa bacteriana que causa ou agrava essa condição. Todas as faces dos dentes e das gengivas devem ser escovadas com movimentos suaves e uma escova de cerdas macias. A limpeza deve ser complementada com fio dental, pastas de flúor e enxaguantes bucais, se recomendados pelo dentista.
  • Controlar a alimentação: uma alimentação variada, nutritiva e equilibrada é vital para uma gravidez saudável. Evitar alimentos doces, apimentados, muito frios e muito quentes ajuda a prevenir dentes sensíveis durante a gravidez.
  • Consultar o dentista: ir ao dentista na presença de qualquer sintoma de sensibilidade é essencial para resolver a situação e retardar a progressão da condição que os causa. Avaliações odontológicas a cada três meses são de grande ajuda para detectar e resolver precocemente quaisquer problemas. Aplicações com flúor, limpezas profissionais e a indicação de um enxaguante bucal especial às vezes são medidas necessárias para tratar os dentes sensíveis durante a gravidez. Caso seja necessária alguma outra intervenção, como obturações, extrações ou canais radiculares, o dentista indicará o momento mais oportuno para sua realização.

Manter a boca saudável para evitar dentes sensíveis durante a gravidez

A gravidez é um momento de mudanças, tanto internas quanto externas, para as mulheres. Ter cuidado com a saúde bucal é fundamental para evitar as complicações e os desconfortos que podem surgir nessa fase. Com os cuidados adequados e as consultas regulares com o dentista, os dentes sensíveis durante a gravidez não serão um problema.

Pode interessar a você...
Problemas dentários mais comuns em crianças
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Problemas dentários mais comuns em crianças

Os problemas dentários em crianças podem surgir precocemente e causar diversos desconfortos. Aqui, vamos detalhar os mais frequentes. Confira!



  • Vite-Bustos, Pamela Yolitzma, et al. “Prevalencia de gingivitis en pacientes embarazadas que acuden al centro de salud bicentenario de Tihuatlán, Ver.” Revista Mexicana de Medicina Forense y Ciencias de la Salud 4.S1 (2020): 48-50.
  • Carranza Villao, Kevin Brayan. Gingivitis asociada al embarazo. BS thesis. Universidad de Guayaquil. Facultad Piloto de Odontología, 2020.
  • Rueda Maldonado, Andrea M., and Daniela Katherinne Martínez Casallas. “Prevalencia de caries dental en gestantes: revisión sistemática.”
  • Alfaro Alfaro, Ascensión, et al. “Embarazo y salud oral.” Revista Clínica de Medicina de Familia 11.3 (2018): 144-153.
  • Cárdenas, Jorge Leonidas Ruiz, and Zarita Torres Vásquez. “Granuloma Piogeno Oral.” Revista Experiencia en Medicina del Hospital Regional Lambayeque 4.1 (2018): 24-27.
  • Morales Pérez, Alexandra Isabel. Relación de la enfermedad periodontal con embarazos pre terminó y bajo peso al nacer de niños del Hospital Provincial General Docente de Riobamba. BS thesis. Universidad Nacional de Chimborazo, 2017, 2017.
  • Zambrano Vega, Jonathan Rene. Complicaciones odontológicas en mujeres embarazadas. BS thesis. Universidad de Guayaquil. Facultad De Odontología, 2018.