O que os desenhos das crianças podem revelar?

Existe um mundo secreto e muito interessante por trás dos desenhos infantis. Venha conhecê-lo em detalhes junto com a gente neste artigo!
O que os desenhos das crianças podem revelar?

Última atualização: 05 Setembro, 2021

Saber o que se passa na mente de uma criança pode ser um assunto complexo. Em alguns casos, elas tendem a guardar suas emoções. Outras vezes, simplesmente não têm os conceitos para expressar o que se passa em suas mentes.

No entanto, um dos melhores métodos que existem para compreendê-las é a interpretação dos seus desenhos. É uma prática amplamente utilizada por especialistas em psicologia.

O nível de informação que um único desenho pode nos dar é realmente impressionante. Essas representações no papel têm a capacidade de revelar o estado emocional de uma criança.

Analisar o desenho e a criança em sua totalidade

Tentar entender o que uma criança sente por meio de seus desenhos vai além de analisar o tipo de boneca que ela desenha.

Aspectos como o tamanho das figuras, a firmeza do traço ou até o lado utilizado da folha, serão fatores decisivos para se chegar a uma conclusão correta. Mas o mais importante é manter uma atitude que aponte para a objetividade.

Outro elemento a considerar é o contexto. Devemos analisar cada criança de acordo com sua experiência, idade e fatores que afetam sua vida. Os pais se divorciaram? Aconteceu algum problema que a afetou recentemente? Tudo isso deve ser considerado.

 

Localização dos desenhos e das pinturas das crianças

Se o desenho estiver à esquerda, isso significa que a criança pode estar isolada ou também que ela é muito introvertida. Essa análise pode levar à descoberta de aspectos do passado.

Se o desenho estiver posicionado à direita na folha, podemos estar diante de uma criança muito comunicativa. Pode se tornar uma pessoa disposta a se expressar e se projetar para familiares e colegas de brincadeira.

Deve-se considerar também que os traços localizados na parte superior da tela representam uma projeção intelectual. No entanto, o que é desenhado tem a ver com necessidades materiais e emocionais.

A dimensão do que é desenhado diz muito

O tamanho do desenho de uma criança é um dos dados fundamentais ao realizar esse tipo de análise. Conforme estabelecido, desenhos infantis grandes são sinônimos de alto grau de segurança.

Pelo contrário, desenhos extremamente pequenos são um sintoma de baixa autoestima. No mínimo, devemos supor que o pequeno está passando por um momento de reflexão ou desconforto sobre o que ocorre em seu ambiente.

Tamanhos intermediários denotam humores muito mais estáveis e preferíveis. Um fator importante é o domínio da criança em relação ao lápis e às cores.

As cores usadas também refletem algo

O simples fato de uma criança pegar uma cor e começar a rabiscar pode ter um significado implícito. A menos que a criança escolha as cores tomando como base um personagem determinado, sua escolha pode indicar algumas considerações interessantes sobre seu mundo interior.

Algumas informações que devemos levar em conta são:

  • Laranja representa a falta de contato social.
  • O preto simboliza os fatores do subconsciente.
  • Vermelho implica vitalidade.
  • A cor azul nos transmite tranquilidade.
  • A cor verde é indicativa de sensibilidade.

Além disso, o fato de a criança usar uma única cor mesmo tendo várias tonalidades disponíveis denota alto grau de desmotivação. Talvez algo a esteja incomodando, talvez ela seja preguiçosa ou talvez apenas esteja se sentindo um pouco entediada.

A firmeza do traço

Esse é outro elemento que é observado pelos psicólogos durante as sessões com as crianças. Obviamente, o traço é uma evidência física do que uma criança pode estar sentindo ao pintar.

Um traço curvo, leve e maleável mostra docilidade e muita concentração ao se expressar. Nessas ocasiões, a maioria das crianças revelará um caráter afetuoso e calmo.

desenhos infantis 1

Mas um traço rígido e robusto, marcado com extrema força, é sinônimo de inquietação e impulsividade. Existe a possibilidade de o pequeno estar se sentindo um pouco desconfiado, com vontade de desabafar ou com a energia baixa.

Interprete os sinais com cuidado e moderação

É claro que não podemos nos preocupar com qualquer sinal e devemos ser cautelosos ao fazer observações a respeito dos desenhos das crianças. Contudo, se observarmos um padrão muito acentuado, é melhor procurar ajuda especializada.

A maioria das escolas possui uma equipe especializada que pode nos orientar com dicas e conselhos.

Por outro lado, nunca devemos descartar uma consulta com um psicólogo particular para tratar dos problemas emocionais dos nossos filhos. Assim, poderemos contar com uma análise profissional dos desenhos das crianças.

Pode interessar a você...
Como interpretar as cores nos desenhos das crianças?
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Como interpretar as cores nos desenhos das crianças?

As cores e as emoções têm sido objeto de estudo dos ramos da psicologia há muito tempo.Você sabe como interpretar as cores nos desenhos das criança...