Dicas para entender melhor o seu parceiro

22 de janeiro de 2020
Às vezes, nos vemos discutindo com o nosso parceiro sem saber bem o porquê. Com essas dicas, você poderá entender melhor o seu parceiro e, assim, retomar uma dinâmica positiva.

A vida conjugal nem sempre é fácil. Em meio às tarefas e rotinas diárias, é comum a comunicação começar a falhar e surgirem alguns atritos. No entanto, a situação pode melhorar se houver uma vontade genuína de ambas as partes. Neste artigo, vamos compartilhar algumas dicas para entender melhor o seu parceiro.

O nosso parceiro é a pessoa com quem mais passamos tempo. É a pessoa que melhor nos conhece e que nos reflete de maneira mais clara. No entanto, durante certos períodos da convivência, as brigas parecem aumentar sem uma razão aparente. Mas, na verdade, isso acontece porque ambos se desconectaram e deixaram de se entender.    

Para entender o seu parceiro, entenda a desconexão

Você sempre se deu muito bem com o seu parceiro, vocês compartilham gostos, hobbies e senso de humor. No entanto, um dia você se percebe discutindo sem parar com o seu parceiro pelas coisas mais simples. Você não se lembra quando essa dinâmica começou ou porque chegaram a ela, mas sabe que você quer que ela acabe.   

Chaves para entender melhor o seu parceiro

Não se preocupe. As relações sociais são fenômenos em movimento que se retroalimentam. Quando a comunicação é positiva, há uma troca de gratificaçõesentre as duas pessoas que faz com que elas continuem agindo assim.

Do mesmo modo, quando a comunicação começa a ser negativa, entramos, quase sem perceber, em uma dinâmica de censuras e comportamentos ruins.

A inércia faz com que o estilo comunicativo que está acontecendo continue e aumente. Mas por que começamos com essa dinâmica negativa?

Muitas vezes, simplesmente porque estamos imersos nas nossas preocupações e tarefas diárias. Às vezes, nos sentimos sobrecarregados pelo trabalho, pelos filhos, pelas tarefas domésticas… e descarregamos o nosso estresse na pessoa que está mais próxima de nós.   

Dicas para entender melhor o seu parceiro

Expandir o ponto de vista

Todos nós geralmente caímos no erro de pensar que a nossa maneira de ver as coisas está correta. Com base nas nossas próprias interpretações da realidade, esperamos que o nosso parceiro se comporte de uma certa maneira. Geramos expectativas sobre o que ele deve fazer ou dizer e, quando elas não são atendidas, ficamos frustrados.  

Vamos tentar lembrar que cada pessoa é única e que aquilo que pode ser óbvio para você, talvez não seja para o seu parceiro. É importante trabalharmos com um pensamento flexível e sermos capazes de nos colocar no lugar do outro. Não devemos presumir as intenções do nosso cônjuge, e sim dar uma chance antes de julgar.

Respeito

Se quisermos ter um relacionamento harmonioso e agradável, o respeito deve ser um pilar fundamental. Não é aceitável agredir o outro fisicamente ou verbalmente de forma alguma. Também não é apropriado proferir palavras ofensivas ou humilhantes. Acima de tudo, é o nosso parceiro e, mesmo nas situações mais difíceis, devemos nos tratar com respeito e carinho.

Uma atitude respeitosa facilita para que a outra pessoa possa se abrir conosco, compartilhando assim as suas preocupações e sentimentos sem medo de ser repreendida ou rejeitada. O casal deve ser um lugar seguro, onde ambos se sintam bem acolhidos.

Se não houver respeito, será muito mais complicado compartilhar pensamentos íntimos e reflexões profundas. E, sem nos conhecermos, não é possível que nos entendamos.

Chaves para entender melhor o seu parceiro

Assertividade

A assertividade é uma ferramenta muito valiosa, pois ela nos ajuda não só a entregar uma mensagem, como também a ter a certeza de que a outra pessoa entendeu o que queríamos dizer. Quando não usamos a forma adequada de falar, a nossa mensagem pode ser mal interpretada. Um pedido sincero para passar mais tempo juntos pode parecer uma censura para a outra pessoa e, assim, a comunicação para de fluir.   

Devemos aprender a nos expressar de maneira clara e madura. E, também, tentar transmitir como nos sentimos e o que queremos, sem julgar ou reprovar o outro.Essa é uma maneira muito mais eficaz de alcançar acordos.

Dessa forma, daremos espaço para a outra pessoa explicar o seu ponto de vista e, assim, será possível alcançar um melhor entendimento.

Em resumo, se você quer entender melhor o seu parceiro, precisa dar a ele espaço para expressar os próprios pontos de vista. Você deve respeitar as suas preferências e opiniões e tentar chegar a acordos respeitosos. Uma vez iniciada a dinâmica positiva, será muito mais fácil continuar com ela