Dicas para limpar a mamadeira do bebê

· 8 de novembro de 2018
Conhecer técnicas para limpar a mamadeira é muito importante se quisermos manter as bactérias e os microrganismos longe. Eles podem prejudicar a saúde das crianças, por isso é importante higienizar os itens de uso cotidiano.

As técnicas para limpar a mamadeira do bebê estão mudando com o tempo.

Embora a higiene correta da mamadeira e de todos os objetos da criança seja essencial para manter uma vida saudável, a verdade é que também existem muitos mitos e informações equivocadas sobre o assunto.

Por esse motivo, apresentamos uma lista de técnicas para limpar a mamadeira do bebê. Incluímos também algumas dicas para que você fique calma.

Saiba que com simples cuidados é possível manter tudo em ordem. Não há necessidade de se tornar uma pessoa compulsiva por limpeza.

Dicas para limpar a mamadeira do bebê

A limpeza correta da mamadeira, do bico e das chupetas do bebê é essencial para manter a boa saúde.

Nos primeiros meses de vida, as crianças têm um sistema imunológico bem frágil.

Muitas das ideias popularmente conhecidas serviram para que o mercado visse uma oportunidade de oferecer várias opções para auxiliar a limpeza das mamadeiras como, por exemplo, os esterilizadores, as escovas, substâncias específicas, entre outros elementos.

No entanto, nem todos esses itens são realmente úteis ou recomendados.

Por essa razão, vamos apresentar algumas dicas para limpar a mamadeira que são infalíveis.

Você vai ver como é fácil: não é preciso se preocupar demais, nem comprar produtos de limpeza caros.

Limpar com água, sabão e escova

É o tipo de limpeza mais tradicional e eficaz. O ideal é lavar a mamadeira imediatamente depois que o bebê usar.

Dessa forma, é possível ter certeza de que a mamadeira não vai ter partículas grudadas além de facilitar a limpeza.

limpar a mamadeira

Para isso, primeiro lave bem as mãos. Em seguida, use um sabonete suave ou diluído para limpar a mamadeira.

Você também vai precisar de água quente ou morna e uma escova especial para conseguir limpar bem.

Todas as partes da mamadeira, incluindo o bico e a tampa, devem ser lavadas todas as vezes.

É preciso prestar atenção especial à área que rosqueia o bico, o bico em si e qualquer outra borda.

São nesses lugares em que podem permanecer alguns resíduos de leite, permitindo, assim, a proliferação de bactérias.

O ideal é lavar a mamadeira imediatamente depois que o bebê usar. Dessa forma, é possível ter certeza de que a mamadeira não vai ter partículas grudadas, além de facilitar a limpeza.

Erros que contaminam o processo

Apesar de parecer simples, esse processo pode não ser eficiente se não considerarmos certos aspectos.

Depois de lavar bem a mamadeira, se cometermos alguns dos erros abaixo, podemos acabar contaminando as peças.

  • Depois de lavar a mamadeira com água e sabão, não devemos secar com a toalha de cozinha de uso comum. Este é um dos elementos em que mais se transmite e proliferam bactérias. A melhor opção é deixar escorrer bem e usar papel toalha absorvente.
  • Ao pegar as partes secas da mamadeira para montar de novo é preciso estar com as mãos absolutamente limpas. Caso contrário, as vamos acabar contaminando a mamadeira.
  • Por fim, os pais devem se certificar de que a água usada para lavar a mamadeira seja potável. Se a água da torneira não for confiável o suficiente, é recomendável lavar a garrafa com água fervida pelo menos nos primeiros seis meses de vida do bebê.
limpar a mamadeira

Esterilizações

Existem duas maneiras de esterilizar a mamadeira e as suas partes: com água fervente ou com aparelhos elétricos específicos para isso.

Entretanto, a frequência com que as garrafas devem ser desinfetadas e esterilizadas foi alterada pelos especialistas, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde, da Associação Espanhola de Pediatria e da Academia Americana de Pediatria (AAP).

Basicamente, eles declaram que não há distinção entre a esterilização e a lavagem correta da garrafa com água, sabão e escova.

Se mesmo assim os pais quiserem tomar medidas adicionais para garantir ainda mais a higiene da mamadeira dos seus filhos, o momento mais apropriado para esterilizar é antes de usá-la pela primeira vez e apenas uma vez por semana ao longo do uso.

Nos casos em que a criança apresente alguma patologia específica ou tenha nascido prematuramente, pode ser que o pediatra indique esse procedimento. Porém, não é algo obrigatório.

Como você pode ver, os truques para limpar a mamadeira, na verdade, se resumem a realizar uma lavagem adequada com água limpa, sabão e uma escova, além da secagem adequada.

E é claro, nunca se esqueça de lavar bem as mãos!