Dicas para se proteger do sol no verão

2 de agosto de 2019
Brincar em uma tarde ensolarada é o cenário perfeito para as crianças e para a família. Porém, para evitar um mal-estar no final do dia, devemos estar um passo à frente em relação à prevenção de uma possível insolação.

As férias chegam e as crianças saem para brincar sem se proteger do sol no verão. É aí que a estação tão esperada se torna amarga. Uma mãe prevenida vale por duas, e quando se trata da integridade física dos nossos filhos, nada é demais.

Sem ser superprotetora, é importante proporcionar um espaço e condições saudáveis para a recreação dos nossos filhos. Nas férias de verão, tudo o que eles querem é ficar ao ar livre, praticando esportes e brincando com os amigos. O problema é não perceber que os raios do sol podem prejudicá-los.

É aí que a mãe entra em ação e adverte, em primeiro lugar, sobre as consequências de uma insolação. Por exemplo, a perda de alguns dias de brincadeiras e travessuras. Uma vez que a criança tenha sido avisada, é hora de usar a artilharia pesada em termos de proteção da pele.

Felizmente, são necessários apenas alguns itens, produtos e medidas que são muito fáceis de aplicar e que ajudarão tanto adultos quanto crianças a se protegerem do sol no verão. Vamos falar sobre eles a seguir.

Dicas básicas para se proteger do sol no verão

Para se proteger do sol no verão e não perder nada das tão esperadas férias, basta levar em consideração algumas medidas simples.

Não exponha a pele ao sol nos horários críticos

Os raios de sol geralmente são mais fortes entre as 10h e as 16h. Por consequência, é nesse período do dia que devemos evitar expor a pele ao sol.

Frequentemente, as pessoas que vão à praia e querem um bronzeado rápido tomam sol quando os raios do sol estão mais fortes. E como se isso não bastasse, elas ainda aplicam bastante óleo sobre o corpo.

Esse tipo de prática deve ser evitado a todo custo, pois, apesar de deixar uma bela cor na pele, também acarretará a quantidade significativa de problemas. Informe-se sobre o índice UV no dia do seu passeio. Sabendo como a radiação solar será, você pode tomar as precauções para cada dia especificamente.

Não exponha a pele ao sol nos horários críticos

Avalie o espaço e aproveite as áreas

Quando você chegar no parque ou na praia, visualize bem ao seu redor para aproveitar as áreas que têm sombra. Porém, você não deve achar que tudo está garantido quando estiver na sombra. É preciso tomar medidas extras quando os raios do sol estiverem no pico de intensidade.

Use protetor solar

Sabemos que este é um dos aliados ideais para combater os ataques impiedosos do sol. Devemos adquirir os que tenham um alto fator de proteção, principalmente para aplicá-lo nas crianças. Você também deve considerar o tipo de pele das crianças para, assim, fazer a melhor escolha.

Muitas pessoas geralmente passam o protetor solar apenas uma vez por dia e, com isso, acreditam que já estarão protegidas. No entanto, é necessário aplicar camadas generosas do produto na pele a cada duas horas, tanto em nós mesmos quanto nas crianças.

Uma vez que o protetor solar for passado na pele, devemos esperar entre 20 e 30 minutos antes de nos expor ao sol, visto que o produto não atua de maneira imediata.

“Os raios do sol geralmente são mais fortes entre as 10:00 e as 16:00. É nesse período do dia que devemos evitar expor a pele ao sol”.

Use roupas e acessórios que protejam

Atualmente, podemos encontrar no mercado muitas roupas para usar especialmente na praia. Há opções de calças que podem ser usadas na água tanto por adultos quanto por crianças.

Além disso, também é possível encontrar acessórios como bonés e chapéus de abas largas, sem esquecer dos óculos escuros para proteger os olhos da radiação solar. O sol também pode queimar os olhos, o que causa danos irreversíveis à córnea e à retina.

Use roupas e acessórios que protejam

Depois que o dia terminar, não devemos nos esquecer dos cuidados essenciais após a exposição ao sol. Se notarmos que houve algumas queimaduras, a partir desse momento devemos evitar a todo custo que a área afetada tenha contato com a luz do sol até que cicatrize.

Além disso, podemos aplicar produtos regeneradores da pele, tais como o gel de aloe vera, que é excelente para esse tipo de lesão. A hidratação também é essencial tanto durante a exposição ao sol quanto depois dela. Da mesma forma, se surgirem algumas dores, os analgésicos autorizados pelo nosso médico podem ser administrados.

Não deixe que as queimaduras arruínem o seu descanso. Tome as precauções com a sua família para se proteger do sol no verão. Não se esqueçam do filtro solar e da hidratação nessas tardes de brincadeiras e passeios na praia. Em suma, aprecie com precaução para que o verão deixe apenas lindas lembranças.