Dieta durante a lactação: o que comer?

· 3 de maio de 2018
Você se pergunta o que deve comer durante a lactação? A seguir, você vai ver as várias opções dentre as quais pode escolher para o bem da sua saúde e a do seu bebê.

A dieta durante a lactação é de extrema importância para manter seu bebê saudável e te proporcionar as vitaminas e minerais de que seu corpo precisa para funcionar corretamente. Neste artigo, oferecemos algumas recomendações para essa fase da sua vida.

Muitas mães se preocupam com o fato de pensar no que comer quando estão amamentando. Outras, em contrapartida, desejam emagrecer o mais rápido possível os quilos ganhos durante a gravidez, mas mantendo uma boa saúde.

Se estas dúvidas estão presentes na sua cabeça, este artigo te trará muitas boas notícias. Você vai conhecer a enorme quantidade de alimentos que podem ser consumidos. Ao mesmo tempo, verá como é fácil perder peso gradualmente apenas comendo de forma saudável.

Dieta durante a lactação: o que comer?

Quando uma mãe está dando o peito, seu corpo precisa de um grande número de nutrientes para poder manter sua saúde em ótimas condições. Isso se deve ao fato de que grande parte de sua reserva de vitaminas está passando para o bebê.

Daí inferimos que a alimentação da mãe, mais do que em quantidade, deve ser de qualidade. Apesar de ser uma realidade que quando a mulher está na época da lactação sente mais fome, com alimentos adequados e saudáveis poderá estar saudável e, ao mesmo tempo, pode ir recuperado o peso.

Para conseguir este duplo objetivo e além disso se sentir saciada, os especialistas coincidem em dizer que a mãe deve realizar cinco refeições por dia. Isso colabora para manter os níveis de energia altos e também acelera o metabolismo. O resultado é um consumo natural e equilibrado dos quilos armazenados.

Agora, quais são os alimentos que podem ser consumidos? A seguir vamos falar sobre cada um deles, os benefícios que oferecem e as quantidades recomendadas para a dieta durante a lactação.

Frutas e vegetais

Representam o grupo de alimentos que devem estar presente sim ou sim nas cinco refeições. O ideal é que sejam consumidos frescos e que sejam da estação. Pode ser em forma de salada ou vegetais ao vapor. Claro, no caso das frutas quando for possível pode ingerir a casca, o que também oferece fibra a sua dieta.

Se você comer as quantidades suficientes de vegetais e frutas, não vai precisar de suplementos como ácido fólico e vitaminas C, A, B1, B2, D e E.

Laticínios

O consumo de laticínios ocupa o segundo lugar na lista de recomendações às mães que dão o peito. Devem estar presente em três ou quatro das cinco porções diárias.

Ao consumir laticínios a mãe não só colabora com a formação dos ossos do bebê, mas também oferece a ele e ao seu corpo das vitaminas B1, B2, A e D. Importante: escolha preferencialmente as variedades com pouca gordura.

Peixes

Incluir peixes na dieta durante a lactação é importante, já que oferece iodo ao nosso organismo e, ao passar para o bebê, estimula seu desenvolvimento cerebral. Se recomenda seu consumo três ou quatro vezes por semana.

Os tipos de peixes sugeridos são os chamados azuis, como por exemplo a sardinha, a anchova ou a cavalinha. Além do teor de iodo, oferecem ômega 3, que também beneficia o desenvolvimento neurológico.

Carnes magras e ovos

Por outro lado, também se recomenda consumir carnes magras, que são todas aquelas compostas por fibras musculares sem gordura. Alguns exemplos deste tipo de carne são peito de frango e de peru, coelho e alguns cortes de vitela. Lembre-se de consumi-los sem a pele e em cozimentos ao forno e na grelha.

Com respeito ao ovo, pode consumi-lo três vezes por semana: é uma boa fonte de proteínas.

Durante a lactação, o corpo da mãe precisa de um grande número de nutrientes para poder manter sua saúde em ótimas condições.

Água

É importante que a mãe consuma pelo menos 2 litros de água por dia, já que 87% do leite materno é composto por água. De todos os modos, este líquido será muito solicitado pela mãe; a oxitocina no corpo, gerada pela lactação, estimula a sensação de desidratação.

Gorduras boas

Chamaremos de gorduras boas as gorduras provenientes de frutos secos, do abacate, do azeite de oliva extra virgem ou dos chamados peixes azuis. Deve-se suspender o consumo de gorduras que não ofereçam nenhum nutriente como maionese, óleo de dendê e óleos refinados. Em todo caso, o consumo das “gorduras boas” também deve ser reduzido.

Você já percebeu que a dieta durante a lactação inclui múltiplas opções. E o melhor de tudo: se incluem em quase todas as melhores dietas saudáveis para perder peso.

Como conselho final, lembre que as frituras e os produtos de padaria só oferecem calorias sem nutrientes. Ainda, os produtos com excesso de corantes ou químicos, o licor e o café estão vetados quando a mulher amamenta.