Dieta mole para crianças: alimentação sem alimentos sólidos

· 23 de janeiro de 2019
A dieta mole para crianças inclui alimentos leves e fáceis de serem digeridos. Ela é realizada a pedido do médico e como consequência de alguma doença. Saiba mais sobre ela no seguinte artigo.

A dieta mole para crianças é produto da incapacidade de consumir alimentos sólidos. Trata-se de uma dieta de proteção gástrica, que inclui alimentos de fácil digestão para o estômago e que pode ser causada por várias razões.

Na lista de alimentos da dieta mole, estão aqueles que são fáceis de mastigar e engolir. Os alimentos moles possuem uma textura suave e contêm alto teor de fibra.

Como mãe, você deve ter em conta que uma dieta mole não tem que ser chata e sem gosto, nem deve ser usada como forma de tortura para a criança.

Lembre-se de que esse tipo de dieta deve ser aplicada de modo temporário e que o pequeno logo deve voltar a comer alimentos sólidos, de forma progressiva.

Neste artigo, nos aprofundaremos sobre a dieta mole para crianças, explicaremos quais são alimentos presentes nela e oferecemos algumas dicas sobre como cozinhar os alimentos.

Dieta mole para crianças

Esse tipo de alimentação pode variar um pouco, dependendo da razão pela qual se inicia a dieta. Geralmente, é recomendada por um curto período de tempo até que se resolva a dificuldade.

Durante esse intervalo de tempo, certifique-se de oferecer alimentos atrativos para a criança. Isso é muito importante para que ela se alimente bem e para que possa obter as calorias, as proteínas e outros nutrientes necessários para o seu crescimento e recuperação.

A dieta mole limita ou elimina os alimentos que são difíceis de serem mastigados e engolidos, como podem ser o caso das frutas e verduras cruas, pães mastigáveis e carnes duras.

Trata-se de uma alimentação generosa em relação a proteínas, na qual os alimentos fritos e as comidas apimentadas não são aconselháveis.

Do mesmo modo, também não são bem-vindos a maioria dos cereais ou bebidas com gás. Sem esquecer aquelas frutas que contêm pele e sementes, que devem ser eliminadas da dieta do pequeno.

sopa de verduras

Lista de alimentos que podem ser incluídos na dieta mole

Esta é uma lista que inclui alguns dos alimentos que o seu filho pode comer se tiver que seguir uma dieta mole. Lembre-se de dar asas à imaginação na hora de preparar os pratos para animar o pequeno!

Para comer:

  • Pão macio, sem casca.
  • Abacate, aspargos e tomate pelado.
  • Purê de batata e abóbora.
  • Aveia, sêmola, mingau.
  • Arroz e macarrão cozido.
  • Carne de cordeiro e carne picada e cozida.
  • Peixe sem espinhas e atum cozido.
  • Sopa e caldo.
  • Abacaxi, banana e morangos.
  • Iogurte e queijos moles.
  • Sorvete.

Para beber:

  • Água.
  • Leite.
  • Milkshake de chocolate.
  • Sucos de frutas.

“Aquele que toma remédio e rejeita a dieta, desperdiça as habilidades do médico”

—Provérbio chinês—

Como preparar alimentos moles

Os alimentos que fazem parte dessa dieta são fáceis de serem digeridos e podem ser amolecidos ainda mais ao serem cozidos ou triturados. Você pode usar frutas e vegetais enlatados ou cozidos, em vez de variedades cruas ou secas.

Além disso, lembre-se de utilizar a quantidade mínima de azeite para não fazer mal ao estômago da criança. Você deve preparar os alimentos da seguinte forma:

  • Corte os alimentos em pedaços pequenos.
  • Use caldo ou molho para umedecer a comida. A sopa é uma opção saudável e segura em uma dieta de alimentos moles.
  • Cozinhe os legumes até que estejam bem macios a ponto de poderem ser amassados com um garfo.
  • Use um processador de alimentos para triturar ou fazer purê com os alimentos, assim eles ficarão mais fáceis de serem mastigados e engolidos.
  • Inclua suco de frutas.
  • Coe as sopas que têm pedaços de carne ou vegetais que sejam muito grandes.
menino tomando sopa de lentilha

Conselhos que devem ser levados em conta sobre a dieta mole para crianças

Estas são as dicas que você deve levar em consideração se o seu filho estiver seguindo uma dieta mole:

  • Deve comer 5 ou 6 refeições por dia.
  • Deve enxaguar a boca depois de cada refeição para ajudar a mantê-la limpa.
  • Deve consumir alimentos com fibras, para que a prisão de ventre não seja um problema.
  • A melhor maneira de manter a nutrição do pequeno é através da ingestão de calorias e proteínas para variar a sua dieta. É importante confundi-lo positivamente para testar receitas diferentes.
  • As vitaminas e os suplementos podem ajudá-lo a se manter saudável.

Para terminar, lembramos que uma dieta mole para crianças trata-se de algo casual, fruto de um mau estado. Apesar de tudo, deve-se ter em conta que é uma oportunidade maravilhosa para que o seu filho aprenda a comer alimentos de uma forma saudável.

Se você perceber que a recepção por parte dele é boa, pode manter alguns dos pratos em sua dieta habitual.