Alimentos que estimulam a prisão de ventre nos bebês

31 de agosto de 2018
Um dos maiores problemas que os bebês costumam ter e que deixa os pais bastante preocupados é a constipação. Neste artigo, veja alguns alimentos que influenciam nesses casos.

Geralmente, a prisão de ventre nos bebês surge quando tem início a alimentação complementar à amamentação materna ou à mamadeira. Explicaremos quais alimentos são os que favorecem a prisão de ventre e como você pode evitá-los.

Para os bebês e para todas as crianças, é muito importante ter uma alimentação saudável e variada. Mas, muitas vezes, quando se começa a introduzir alimentos sólidos nas papinhas ou purês, o bebê sente mais dificuldade para defecar.

A explicação é que se diminui a proporção de água diária, já que se reduz a quantidade de leite que, em sua maioria, é água. Também ocorre porque os bebês começam a ingerir vários alimentos nas papinhas e nos purês que são, muitas vezes, adstringentes, favorecendo, assim, a prisão de ventre Ao mesmo tempo, esses alimentos são muito úteis quando as crianças têm diarreia e não sabemos como pará-la.

prisão de ventre nos bebês

Os bebês tendem a ficar incomodados quando sofrem de prisão de ventre e muitas vezes choram sem consolo. Por isso, explicamos nesta publicação quais são os alimentos que estimulam a prisão de ventre. Assim, você poderá evitar adicioná-los em grande quantidade nos purês e nas papinhas de seus filhos.

Normalmente, a prisão de ventre nos bebês desaparece quando mudamos a quantidade desses alimentos e introduzimos outros ricos em fibras, que podem mudar essa situação. Se mudarmos a alimentação do nosso filho, com certeza os problemas de prisão de ventre vão diminuir.

Alimentos que estimulam a prisão de ventre

Entre os alimentos que estimulam a prisão de ventre estão a banana, a cenoura, a maçã, a pera e o arroz. Alimentos que geralmente são incluídos nas papinhas de fruta para os bebês. De fato, a papinha de arroz é muitas vezes usada para parar a diarreia dos bebês.

A banana, geralmente utilizada em muitas papinhas de frutas, é um alimento que não estimula muito o cólon. Por isso, estimula a prisão de ventre. Apesar de as crianças adorarem, não é bom incluirmos em grande quantidade, principalmente se estiver muito madura.

Com as maçãs e as peras ocorre o mesmo porque são adstringentes. Por isso, são alimentos muito indicados quando o bebê está com diarreia.

Entre os alimentos que ajudam a parar a diarreia também estão as cenouras, que são muito benéficas para a vista. Além do arroz, devido ao seu alto teor de amido.

Tenha em mente que cada criança tem uma resposta diferente a cada alimento. Por isso uma boa ideia é pedir ao pediatra para que te oriente sobre a alimentação mais adequada para seu bebê.

prisão de ventre nos bebês

Soluções para a prisão de ventre nos bebês

Se seu filho tem esse problema ao mudar a alimentação complementar, uma solução é aumentar a quantidade de líquido que ele ingere. Para isso, uma boa opção é oferecer para a criança a água e o leite que precisar. Para menores de um ano sempre é melhor dar leite porque tem mais alimento.

Você também pode aumentar a fibra adicionando à papinha de frutas, por exemplo, laranja, mexerica ou ameixa. Nas papinhas de verduras, podemos adicionar feijão verde, espinafre, alho-poró, aipo ou abobrinha.

Uma boa opção também é adicionar cereais integrais, aveia e legumes desde que o pediatra autorize. Outra boa ideia é não escorrer as verduras quando fizermos o purê. Ao preparar, o ideal é batê-lo com a água do cozimento das verduras. Não fará diferença ao paladar da criança e faremos com que tome mais água.

Embora os bebês e as crianças sejam bastante ativos, se têm problemas de prisão de ventre, é muito importante que se movimente todos os dias. Além disso, você também pode fazer massagens na barriga da criança.

Se a prisão de ventre não for resolvida em 24 horas, principalmente se o bebê tiver menos de quatro meses, teremos que levá-lo ao pediatra para que nos dê alguma solução, nos recomende algum probiótico ou para que veja se é necessário tomar laxante ou algum medicamento. Mas se a criança seguir uma dieta saudável, se movimentar todos os dias e evitar esses alimentos, com certeza conseguiremos aliviar a prisão de ventre do nosso pequeno.