5 maneiras de economizar ao viajar em família

Você pode achar que não, mas é possível economizar ao viajar em família, mesmo que você tenha filhos pequenos. Basta se organizar bem, ter a possibilidade de cozinhar no local e escolher atividades gratuitas para toda a família.
5 maneiras de economizar ao viajar em família

Última atualização: 04 Janeiro, 2021

Viajar nas férias com a família, principalmente se tivermos filhos pequenos, pode gerar uma grande despesa no nosso orçamento. Para evitar que isso aconteça, é necessário um bom planejamento e organização. No artigo a seguir, vamos dar algumas dicas para que você possa economizar ao viajar em família.

Dicas para economizar ao viajar

Geralmente, pensamos que sair de férias com as crianças é sinônimo de gastar como se não houvesse amanhã. É verdade que elas precisam de certos confortos que talvez um casal sem filhos possa ‘dispensar’, mas, na verdade, tudo depende de como nos organizamos e, acima de tudo, de quanto dinheiro podemos gastar. 

Preste atenção a essas dicas para economizar ao viajar em família:

1. Organize com bastante antecedência

Todo mundo sabe que comprar uma passagem de avião para o ano seguinte é mais barato do que para o dia seguinte. Portanto, se quisermos economizar o máximo possível, o melhor que podemos fazer é nos organizar com bastante antecedência.

Férias com crianças não podem ser improvisadas ‘na última hora’. O lado bom é que você também poderá reduzir os custos de acomodação reservando com várias semanas ou até mesmo meses de antecedência.

Além disso, se você comprar com cartão de crédito, poderá pagar parcelado para que, quando a data da viagem chegar, você tenha mais limite disponível e menos despesas a pagar.

2. Escolha o seu destino com sabedoria

Economizar ao viajar com crianças não tem a ver apenas com a antecipação, mas também com o local escolhido. Sem dúvida, porque ir à Disney em pleno verão não é a mesma coisa do que ir para uma casa de campo na primavera.

Você deve levar em consideração quais atividades estarão disponíveis para os seus filhos e como poderá entretê-los durante a viagem. Não descarte desde o início destinos exóticos ou um pouco distantes. Por exemplo, o Sudeste Asiático e o Leste Europeu são ‘amigáveis’ com as crianças.

3. Viaje fora da alta temporada

Além de economizar, o bom de sair de férias com as crianças fora da alta temporada (verão) é que haverá menos pessoas com as quais ‘lidar’. Isso se traduz em menos filas, menos engarrafamentos, menos espera… Portanto, significa mais tranquilidade, mais privacidade e mais descanso.  

Mesmo que queiram ir à praia, em vez de ir no final do ano, vocês podem aproveitar para viajar em outros meses, mas que ainda proporcionem boas temperaturas para aproveitar o mar. Dessa forma, as acomodações, as refeições e o transporte serão mais baratos.

“Geralmente, pensamos que sair de férias com as crianças é sinônimo de gastar como se não houvesse amanhã. Tudo depende de como nos organizamos e, acima de tudo, de quanto dinheiro podemos gastar”.

4. Comida caseira

Uma das maiores despesas de férias está relacionada à alimentação. Uma boa maneira de reduzi-las ao máximo é escolher uma acomodação que conte com uma cozinha. No primeiro dia, basta ir ao mercado e comprar suprimentos. Então, devemos priorizar preparos básicos, como sanduíches, por exemplo, para o almoço.

Se quiserem, vocês podem ir a um restaurante para jantar. Mas podem economizar bastante se prepararem as próprias refeições. E o momento de cozinhar pode até mesmo ser uma atividade divertida em família!

Além disso, durante os passeios, vocês podem levar uma sacola com frutas, barras de cereal, sucos, água, garrafa térmica com café ou chá e até mesmo doces. Assim, vão evitar gastar com lanches ou aperitivos na rua.

5. Escolha atividades gratuitas

Primeiramente, descubra se as atrações no destino para onde estão indo oferecem descontos para grupos familiares ou se crianças não pagam entrada. Outra opção é procurar atividades gratuitas, tais como shows em parques ou até mesmo museus nos quais não é preciso pagar para entrar.

Assim que chegar ao destino, vá ao posto de turismo e descubra quais são as alternativas de lazer gratuitas ou com bons descontos.

Por fim, para economizar ao viajar em família, recomendamos que você preste muita atenção à típica frase “crianças grátis” que aparece em pacotes turísticos, hotéis, voos, restaurantes etc. Dê uma boa olhada nas letras miúdas, porque você pode ter que pagar algum imposto ou seguro.

Assim, como você pode ver, não é necessário esgotar todo o orçamento sempre que quisermos viajar com as crianças. Existem muitas opções baratas que podem ser aproveitadas da mesma forma!

Por fim, lembre-se de que não é preciso ser um milionário para se divertir com a sua família. O sucesso das férias depende da organização e de que todos se sintam confortáveis, não do dinheiro gasto com elas.

Pode interessar a você...
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
O que é preciso considerar ao viajar com um bebê?

É a primeira vez que você vai viajar com um bebê? Muitos pais se perguntam o que devem considerar quando vão viajar com os pequenos.