Eles não sabiam que estavam grávidas

16 Setembro, 2018
Todas as gravidezes são diferentes, mas algumas nos deixam fascinadas pelo seu mistério. Por exemplo, milhares de mulheres garantem que não sabiam que estavam grávidas. Isso nos fez perguntar se isso é realmente possível.

O que sabemos é que esses casos não são raros. Essas mães não suspeitavam que um bebê crescia em seu ventre. Inclusive, muitas delas não souberam até o momento do parto.

Algumas pessoas afirmam que não é possível estar grávida e não ter nenhuma suspeita. Nesse sentido, acredita-se que existem muitas irregularidades. Não é o caso de que essas mulheres estavam mentindo, mas que alguns detalhes podem ser exagerados ou confusos. No entanto, mulheres que passaram por essa situação têm uma explicação bem clara e consciente sobre esse acontecimento.

As principais razões pelas quais não há suspeitas de uma gravidez é ter um ciclo menstrual “irregular”. O que os especialistas dizem sobre isso? Quão irregular pode ser a menstruação de uma mulher que está grávida e não percebe? A seguir, vamos falar sobre como isso acontece.

Por que elas não sabiam que estavam grávidas?

não sabiam

Várias histórias da vida real desafiam o nosso conhecimento sobre esse assunto. Há várias notícias de partos surpresas no mundo todo. Mesmo em nossa vida pessoal, ouvimos histórias tão próximas que nos fazem temer por um resultado similar.

É um fenômeno muito estranho e difícil de decifrar pela comunidade científica. De fato, alguns obstetras com diferentes trajetórias nunca encontraram casos como esses. De acordo com um estudo, apenas um em cada sete casos de gravidez é totalmente desconhecido pela mãe. É ainda menos comum o caso de mulheres que têm partos surpresas.

Acredita-se que o desconhecimento da gravidez é algo que de alguma forma acontece com mais frequência. No entanto, os próprios sintomas permitem descobrir em um tempo relativo. Por isso, os casos de mães que não descobrem a gravidez até o final são bem raros.

Algumas características que causam confusão ou desconhecimento, são as seguintes:

  • Estar acima do peso. De acordo com a obstetra Patricia Devine, chefe do departamento na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, uma mulher acima do peso não repara no crescimento da barriga. Da mesma forma, o excesso de peso por vezes gera irregularidades no ciclo menstrual e, portanto, pode não ser visto como um sintoma.
  • Negar a gravidez. É mais comum em adolescentes que, além de não conhecer muito bem o próprio corpo, negam que isso possa acontecer com elas.
  • Desconhecimento geral. Às vezes, não conhecer os sintomas da gravidez torna possível uma mulher não saber que está grávida.
  • Localização da placenta. A doutora Kathleen Brennan, afirma que uma placenta localizada na parte frontal do útero pode impedir a sensação de movimento do feto. Ou seja, a atividade fetal poderia ser confundida com simples gases.

Rejeição à gravidez como a principal causa

Especialistas acreditam que embora essas mulheres apresentem sinais claros para que uma dúvida sobre a gravidez ocorra, isso não é suficiente. Há muitos sintomas que aparecem durante uma gravidez. Embora algumas mulheres não experimentam esses sintomas muito claramente, é possível apontar muitos detalhes.

A este respeito, se não desconfiamos do aumento de peso ou da sensibilidade dos seios, um atraso na menstruação é um sinal inegável. Por esse motivo, acredita-se que há alguma inconsistência nas declarações da mãe. Ou elas não dizem completamente a verdade, ou estão negando o fato.

não sabiam

Assim como existe a gravidez psicológica, ou pseudociese, pode acontecer o contrário. Uma mulher que rejeita a possibilidade de uma gravidez talvez também feche os olhos para os sintomas. Justificar a ausência da menstruação ou o ganho de peso seria muito simples se ela estiver convencida de que não está grávida.

Levando isso em consideração, entende-se que a causa mais provável é o desconhecimento dos sintomas. Portanto, a negação pode estar associada com um estado mental e emocional que faz a mulher ignorar esses sinais inconscientemente.

As razões para negar a possibilidade de gravidez são diferentes, por exemplo:

  • Mulheres cirurgicamente esterilizadas ou usando dispositivos anticoncepcionais semipermanentes.
  • Uma mulher com mais de quarenta anos, com filhos adultos e netos poderia estar grávida sem suspeitar
  • Meninas ou adolescentes que são totalmente inconscientes de sua situação negariam profundamente qualquer tipo de possibilidade.

Uma tempestade perfeita

A Dra. Devine explica que uma série de elementos devem ser coincididos para que isso aconteça. No mínimo, deve ser uma mulher cujo ciclo menstrual é irregular. Provavelmente com excesso de peso ou tendência a engordar. Descuido nos principais indícios e / ou a falta de precisão em seus argumentos.

Por exemplo, a presença de certas secreções sanguíneas durante a gravidez podem ser confundidas com a menstruação. Ou seja, elas afirmam ter tido a sua menstruação regularmente, mas, na verdade, era um fluido natural da gravidez. A união de muitos fatores podem fazer que esses casos sejam possíveis.