Esta casa está uma bagunça! O que me tomou todo o dia?

· 15 de novembro de 2016

Sabe-se que o quão comum é as pessoas gastarem mal seu tempo e nem se lembrarem como. Isso equivale diretamente a bagunça em suas casas e uma lista de afazeres que sempre é protelada. Mas essa situação se agrava quando se é mãe, pois as ocupações são duplicadas quando há crianças na casa.

Se você faz parte da alta porcentagem de pessoas que não sabem como seu dia vai embora, queremos dizer que lhe entendemos. Poucas pessoas podem se gabar do quão organizadas são, mas quem pode, sabe nos dar boas pistas de como começar a organizar nosso tempo.

Administração eficaz do tempo para evitar a bagunça

O tempo não deveria faltar e nem sobrar para ninguém, porque todos nos movemos em torno das mesmas doze horas por dia, então porque é tão comum dizer que estamos sem tempo para arrumar a casa?

Administrar adequadamente nosso tempo constrói o primeiro passo a seguir para que cada hora esteja claramente justificada no fim do dia. É bom saber que não somos os únicos a gastar mal o tempo, mas não é o mais recomendável para quem quer maior produtividade enquanto mãe.

O principal inimigo da administração do tempo é a quantidade de ocupaçõesque ainda que pareçam bem administradas sempre vão terminar tirando alguns milésimos de segundo de outras coisas que deveríamos fazer.

O outro inimigo é a desordem, que ainda que seja justificada pela falta de tempo, frequentemente é uma limitante para que o desenvolvimento das coisas ocorra de forma efetiva. Por exemplo, se vamos cozinhar e o armário está uma desordem, perdemos minutos em encontrar os ingredientes adequados dentro do prazo que estipulamos para essa atividade.

Não deve-se deixar de lado a arrumação por preguiça e cansaço, que sempre chegam para contribuir com o desastre. Às vezes é questão de necessidade ou de personalidade querer ter as coisas em seu santo lugar; mas se nos deixamos influenciar pela preguiça ou acusamos ao cansaço, sempre teremos desculpa para que a casa esteja uma bagunça.

“A unica coisa que realmente nos pertence é o tempo, inclusive quem não tem nada, pelo menos tem a mesma quantidade de tempo que qualquer outra pessoa”.

– Baltasar Gracián –

Acabar com a bagunça na vida

Com o que eu perco o meu dia?

Cada dia tem 24 horas, a maioria das quais vão embora sem sabermos em que e são muitas mais as que investimos dormindo; é que por acaso o dia não acaba quando as coisas estão prontas?

Pois não, quando estamos ocupados nos afazeres previamente administrados as horas passam mais rápido, mas são mais produtivas. Só dizemos que o dia acabou quado não fazemos nada em direção ao que estava planejando.

O dia também vai embora respondendo às pequenas pautas que outras pessoas nos colocam, algumas vezes mais dilatadas e muito mais complexas do que nossas ocupações; mas por alguma razão sempre há alguém que nos faz perder o tempo.

Porém, é nossa responsabilidade retomar a pauta pré-estabelecida para circular em função do relógio.

O fato não é acusar a alguém de nossa falta de organização, principalmente quando os causadores são nossos filhos. Ter a casa desorganizada é um dos preços mais baixos que se pode pagar em troca da satisfação que os filhos nos dão.

bagunça em casa

Mas, se você acredita que esta situação está lhe superando, recomendamos que siga estes conselhos para aliviar o desastre:

  1. Conserve a calma e seja paciente.
  2. Organize seus afazeres por ordem de prioridade (reflita sobre o que é verdadeiramente importante).
  3. Procure que cada coisa tenha uma localização determinada, fixa e acessível.
  4. Delegue tarefas entre os integrantes da família (as crianças devem ajudar quando elas mesmas fizerem bagunça).
  5. Equilibre as ocupações para que possa ter o controle e que elas não controlem a você.
  6. Mantenha-se atenta a mudanças em seu humor e saúde física, a fim de que o cansaço não a pegue de surpresa.
  7. Dedique as primeiras horas do dia aos trabalhos mais fáceis para que não comece cansada (lembre de priorizar também seus outros ofícios).
  8. Planeje um horário exclusivo para os afazeres de casa, assim não se transformará em escrava da ordem.
  9. Destine um lugar da casa para relaxar, o qual não seja afetado pela desordem geral. Isso pode lhe servir como inspiração e motivação.