3 exercícios para manter a calma na hora das provas

17 Fevereiro, 2021
Ter que enfrentar uma prova pode causar altos níveis de nervosismo. Descubra como manter a calma nessas situações!

As provas podem ser uma fonte de estresse, tensão e ansiedade para os estudantes, principalmente a partir do Ensino Médio. Por isso, nas linhas a seguir, vamos recomendar alguns exercícios para manter a calma na hora das provas.

É preciso considerar que, muitas vezes, o baixo rendimento escolar não se deve a problemas de aprendizagem dos conteúdos, mas sim a dificuldades para controlar o nervosismo na hora das avaliações, o que pode levar ao esquecimento das informações estudadas previamente, bem como à incapacidade de redigir e apresentar de forma adequada os conhecimentos adquiridos.

exercícios para manter a calma diante das provas

3 exercícios para manter a calma na hora das provas

A maioria dos professores usam as provas para verificar o que os seus alunos aprenderam ao longo do ano. Por sua vez, os alunos têm como meta a aprovação e, portanto, é normal que sintam estresse, nervosismo e preocupação nessas situações de avaliação tão comuns no sistema educativo.

Felizmente, é possível aprender a controlar esses sentimentos e pensamentos negativos na hora das provas. Como? Por exemplo, seguindo as dicas que vamos descrever a seguir.

1. Controlar a respiração e relaxar

Diante do nervosismo e da insegurança que surgem ao enfrentar uma prova, é aconselhável praticar o relaxamento e controlar a respiração. Um exercício simples para isso consiste no seguinte:

Esses passos devem ser realizados alguns minutos antes de iniciar a prova que gera tanta preocupação.

“Quando se permite que a mente relaxe, geralmente chega a inspiração.”

– Phil Jackson-

2. Praticar a detenção do pensamento

Outra boa recomendação para manter a calma diante das provas é praticar a detenção do pensamento, ou seja, interromper os pensamentos intrusivos ou ruminantes que possam aparecer (“Vou ser reprovado”, “Não sou bom nisso”, “Tenho certeza de que vão me fazer a pergunta mais difícil”) e trocá-los por outros mais positivos.

Para isso, é necessário estabelecer um estímulo chave para a detenção do pensamento (como, por exemplo, beliscar-se, bater palmas, bater em um objeto sutilmente, dizer palavras como “pare!” ou “chega!”, etc.). Depois disso, é preciso mudar o foco de atenção e recorrer a outros pensamentos mais agradáveis ​​e realistas, tais como: “Já estudei o suficiente, com certeza serei aprovado”, “Eu sei que posso me sair bem”, e assim por diante.

“Mude seus pensamentos e você mudará seu mundo”.

-Norman Vincent Peale-

3. Praticar a autoconfiança

Um dos segredos para obter bons resultados em provas é confiar em si mesmo, em suas próprias habilidades. Nesse sentido, deve ficar claro que quando alguém se esforça e se dedica ao estudo, o mais provável é que tudo saia bem. Portanto, não há necessidade de se preocupar.

Entretanto, obviamente, sempre há alguns fatores que são impossíveis de controlar. Portanto, se por alguma razão uma prova não sair como o esperado, não devemos desanimar, pois não é o fim do mundo. Nesses casos, é preciso pensar que da próxima vez tudo será melhor.

“Nunca considere o estudo como uma obrigação, mas como uma oportunidade de penetrar o belo e maravilhoso mundo do saber”.

-Albert Einstein-

A importância de manter a calma na hora das provas

Manter a calma na hora das provas é fundamental para enfrentá-las da melhor maneira possível, já que uma mente calma e tranquila é quase sinônimo de sucesso.

Quando controlamos o nervosismo, é muito mais fácil pensar e agir com clareza. Ao contrário, quando o nervosismo toma conta de nós, a mente fica turva e todo o trabalho feito anteriormente, todas as horas dedicadas ao estudo, podem ir por água abaixo.

Sabendo disso, é possível concluir que é muito importante aprender a manter a calma na época das provas. Por isso, aconselhamos que as recomendações que acabamos de expor sejam consideradas.

  • Serrate, R. (2008). Ayúdale a estudiar. Las claves del éxito escolar. España: Ediciones del Laberinto.