A falta de motivação na escola

02 Maio, 2020
Se o seu filho está desmotivado na escola, é importante que você identifique quais são as causas que podem levar a essa situação desagradável. No seguinte artigo, abordamos algumas das possibilidades.

A falta de motivação na escola é um dos problemas que mais afeta as crianças e os adolescentes. De fato, há muitos motivos pelos quais isso pode acontecer, mas o surgimento dos celulares e da tecnologia são uma das principais razões.

Infelizmente, trata-se de algo comum que preocupa muitos pais. Caso que exista uma falta de motivação ou de compromisso, ou se o seu filho não se entusiasma para aprender coisas novas, nem sempre será simples saber como agir ou o que fazer para ajudá-lo a se motivar.

A motivação, assim como os pais e professores sabem, frequentemente varia de acordo com o ambiente, as pessoas envolvidas, a tarefa e a situação. Por isso, o segredo para cada aluno é encontrar aquilo que o motiva a continuar.

Se você achar que o seu filho está desmotivado na escola, você precisa saber que você é fundamental nesse processo.

Dessa forma, entre outras coisas, recomendamos que você crie um ambiente familiar que estimule o trabalho consistente em direção a uma meta, que aplauda os esforços da criança, que desenvolva os pontos positivos dela e que, por fim, crie um modelo para o sucesso escolar.

Quais são as causas da falta de motivação na escola?

1. Falta de significado

A primeira das causas da falta de motivação na escola, que é especialmente interessante destacar, é a falta de significado. Em outras palavras, em muitos casos, os estudantes simplesmente acham que o trabalho escolar não é importante porque eles não conseguem ver como esse trabalho se relaciona com a vida cotidiana.

Essa sensação é muito comum para muitas crianças e adolescentes. Nesse caso, a sua figura como mãe é essencial para reverter esse conceito.

A falta de motivação na escola: menina sem atenção na escola

2. Falta de satisfação com o trabalho escolar

Em segundo lugar, você precisa saber que a relação que o aluno estabeleceu com o professor é a única variável que separa um trabalho em sala de aula em agradável ou desagradável. É possível que isso aconteça porque as aulas são muito chatas e passivas e os alunos não podem participar.

Por outro lado, pode ser que as crianças achem que o professor não incentiva muito com o seu discurso. Além disso, também pode acontecer de um aluno sentir desmotivação porque considera que não recebe um tratamento justo por parte dos docentes.

Certamente, o papel do professor é muito importante. Ele tem a responsabilidade de transmitir os conceitos com paixão, com o objetivo de incentivar e de despertar os interesses e as capacidades que permanecem ocultas em alguns estudantes.

3. Desejo de atenção

Ainda que pareça surpreendente, algumas crianças utilizam a falta de motivação com a escola como forma de receber mais atenção por parte dos pais e professores.

De fato, isso é uma consequência do mundo acelerado no qual vivemos hoje em dia, em que muitos pais não fornecem a atenção que os seus filhos necessitam, mesmo quando eles conseguem, em algum momento, obter bons resultados acadêmicos.

A atenção com as crianças é imprescindível. Como mãe, recomendamos que você analise periodicamente a atenção que o seu filho está recebendo da sua parte, e quais assuntos precisam da atenção da criança no lar ou na escola.

Desse modo, antes que ele se mostre desmotivado, você deve deixar lado as suas preocupações e cumprir com as suas obrigações, dando ao seu filho o tempo que ele precisa.

“A motivação, como os pais e professores sabem bem, frequentemente varia de acordo com o ambiente, as pessoas envolvidas, a tarefa e a situação”.

4. Tédio

Ainda que seja difícil assumir isso, essa é uma realidade. Há muitas crianças e adolescentes que simplesmente não aproveitam as aulas porque não acham que os o ambiente escolar é estimulante. De fato, em alguns casos, isso pode ocorrer por uma boa razão.

Isso acontece, por exemplo, com crianças com capacidades intelectuais muito mais desenvolvidas do que os seus colegas. Por essa razão, elas acham que os conceitos são muito simples. A mesma coisa acontece com crianças com dificuldade de aprendizagem quando se deparam com um conceito que não conseguem entender.

A falta de motivação na escola: menina entediada

Algumas tarefas não são interessantes, e isso dificulta a participação das crianças. As pessoas exigem recompensas frequentes. Assim, se a matéria ou o projeto da escola não forem suficientemente atraentes, é natural não querer participar.

Na maioria dos casos, os jovens encontram os seus próprios interesses acadêmicos fora da escola, seja com a leitura, com o desenho, a matemática etc. Além disso, muitos deles consideram que o currículo escolar não os estimula, o que leva à falta de motivação.

Por fim, como mãe, você pode pensar que tem pouco espaço para agir, mas o melhor que você pode fazer é continuar estimulando o amor pela aprendizagem. Então, procure oportunidades para que o seu filho vá atrás dos interesses dele fora da escola. Dessa maneira, você conseguirá reverter a falta de motivação do seu filho na escola!

  • Thorne, K. (2008). Motivación y creatividad en clase (Vol. 246). Grao.
  • Raffini, J. P. (2008). 150 Formas de incrementar la motivación en clase. Editorial Pax México.
  • Tapia, J. A. (2005). Motivación para el aprendizaje: la perspectiva de los alumnos. La orientación escolar en centros educativos, 209-242.
  • Urdan, T., & Schoenfelder, E. (2006). Classroom effects on student motivation: Goal structures, social relationships, and competence beliefs. Journal of school psychology, 44(5), 331-349. https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0022440506000380