A fase de engatinhar do bebê

20 de novembro de 2017

O desenvolvimento do bebê ocorre sequencialmente. Isso significa que uma habilidade aprendida vai ajudar a desenvolver a seguinte. Primeiro se inicia com ações mais simples e à medida que o bebê vai dominando essas funções, passa a realizar movimentos mais complexos. Por exemplo, antes de começar a andar o bebê vai passar pela fase de engatinhar. Isso o ajudará a se movimentar de um lado para o outro e a se preparar para começar a usar as pernas.

Todas as áreas do sistema nervoso funcionam de forma coordenada. Cada uma delas interage com as demais para que todas as habilidades do bebê se desenvolvam adequadamente.

Como começa a fase de engatinhar

O bebê vai começar a entrar na fase de engatinhar mais ou menos no final do primeiro ano, por volta dos 9 meses. No entanto, devemos lembrar que cada criança tem o seu próprio processo de desenvolvimento. A fase de engatinhar pode não ocorrer em todas as crianças. Alguns bebês aprendem a andar diretamente, sem a necessidade de engatinhar antes.

O desenvolvimento do movimento é dividido em coordenação motora grossa e fina. A área motora grossa é responsável pelo controle da postura, da locomoção e da coordenação corporal. A área do motor fino por sua vez, está relacionada à coordenação óculo-manual, grafomotora, etc…

Criança entra na fase de engatinhar

Assim que a criança é capaz de manter a cabeça erguida e segurar seus braços, ela aprende a se virar. Isso vai ajudar a começar a desenvolver as habilidades seguintes. A ação de deslocar da fase de engatinhar exige movimentos independentes de rotação dos ombros e quadril, que devem estar sincronizados. Os fatores que intervêm no desenvolvimento da fase de engatinhar são:

  • O equilíbrio
  • A coordenação
  • A dimensão corporal
  • A força desenvolvida nos membros

Como ajudar o bebê a engatinhar

Graças a fase de engatinhar o bebê poderá desenvolver o tato, a visão, a fala, a coordenação motora, o senso de orientação, a percepção, o equilíbrio e outros diferentes tipos de movimentos.

Existem algumas formas de ajudar seu filho a engatinhar. Se você perceber que o seu filho se senta sem ajuda e está pronto para começar a engatinhar, já pode começar a colocar essas dicas em prática:

  • Quando o bebê começa a se deslocar com as mãos, você pode ficar atrás dele e direcionar as suas pernas para que realizem um movimento sincronizado com as mãos para começar a engatinhar. O mais importante é que quando a criança quiser se movimentar use qualquer parte do corpo para conseguir fazer isso.
  • Quando o bebê estiver sentado, você pode ajudá-lo a apoiar as mãos na frente do seu corpo. Nesse momento dobre os joelhos e direcione os pés para trás, com um leve empurrãozinho. Desta forma ele ficará apoiado na posição de engatinhar.
  • Assim que a criança já conseguir fazer a posição de engatinhar, aos poucos ela aprenderá a passar da posição sentada para a de engatinhar. Ela vai descobrir que consegue fazer movimentos para frente e para atrás quando estiver nessa posição.
  • Após essa fase, a criança vai perceber que se fizer força com os joelhos contra o chão dará um pequeno impulso. Isso é exatamente o que ela necessita para começar a engatinhar. Finalmente, ela vai começar a mudar da posição sentada para a posição de engatinhar sem dificuldades. Pouco a pouco, ela vai aperfeiçoando as novas habilidades até conseguir engatinhar corretamente. Isso geralmente acontece por volta dos 12 meses.

Vantagens de engatinhar no desenvolvimento do bebê

A atividade motora da criança está relacionada ao desenvolvimento de sua inteligência. Por exemplo, no caso da escrita a criança deve desenvolver corretamente as habilidades motoras finas e ter uma regulação tônica-postural correta. O ato de engatinhar também oferece benefícios importantes a nível da aprendizagem, entre os quais se destacam:

  • O padrão cruzado de movimento é a função neurológica que possibilita o deslocamento do corpo. Consiste em mover o braço direito e o pé do lado oposto de forma coordenada, e fazer o mesmo com o outro braço e o outro pé. Quando os bebês engatinham, fortalecem os músculos. Isso lhes permitirá tonificar a coluna e os ajudará a ficarem eretos quando se levantarem.
  • O ato de engatinhar ajudará o bebê a exercitar e aperfeiçoar a sua visão. Ele aprenderá a focar os olhos a uma distância de 30 a 40 cm.
  • Se desenvolve o sistema vestibular que é responsável pela regulação do equilíbrio.
Fase de engatinhar: criança engatinha na grama

  • Engatinhar estimula a tactilidade das palmas das mãos.
  • Nessa etapa também é amadurecida a coordenação óculo-manual.
  • Proporciona uma conexão dos dois hemisférios do cérebro, criando rotas de informação para a maturação das funções cognitivas.
  • Ajuda a estabelecer a lateralização do cérebro, em torno dos 5 ou 6 anos de idade.
  • As crianças desenvolvem a capacidade de comunicação ao explorar e interagir com o mundo.

Aprender a engatinhar é muito importante para os bebês pois gera muitos benefícios em sua aprendizagem. Tente estimular o seu filho com essas dicas para que ele possa aprender o mais rápido possível.