O que fazer quando o seu filho fica pedindo muito a sua atenção

· 18 de dezembro de 2018
O fascínio que a criança pode sentir quando chama a sua atenção pode se tornar uma forma de manter o controle da situação porque se sente insegura como pessoa.

É normal as crianças precisarem receber a sua atenção e aprovação. No entanto, a busca de atenção se torna um problema quando acontece o tempo todo.

Muitas crianças podem apresentar comportamentos negativos apenas para chamar a atenção dos adultos. A busca de atenção em excesso pode acabar fazendo com que o seu filho queira controlar a sua vida.

Muitas delas se comportam mal para chamar atenção. Esse é o motivo mais evidente para o mau comportamento apresentado pelas crianças pequenas.

Se isso não for tratado a tempo, pode ser o estopim para os problemas de disciplina na infância e na adolescência que aparecerão no futuro.

Se você for permitido um mau comportamento ou se sempre satisfizer a vontade da criança depois de se comportar mal, no futuro germinará a semente da tirania.

chamar atenção

O seu objetivo não é eliminar a necessidade do seu filho de receber atenção e aprovação, até porque é natural ele precisar disso.

Quando você consegue lidar com essas situações de maneira correta, a necessidade do seu filho de receber atenção pode se tornar uma ferramenta útil para melhorar o comportamento dele.

Não é preciso acabar com a necessidade de atenção, mas, sim, com aqueles comportamentos que têm como objetivo chamar atenção através de comportamentos inaceitáveis.

Um exemplo para prestar atenção de maneira correta aos filhos pode ser entendido na seguinte frase que uma mãe ou um pai diz ao seu(sua) filho(a):

“Filho, sei que você quer que eu fique e que pinte com você, mas estou ocupado(a) agora. Se você tiver paciência e pintar sozinha por uns dez minutos, depois poderei voltar e ficar um tempinho com você pintando”.

Dessa forma, a criança vai ter a atenção de que precisa e aprenderá a esperar.

Quando a sua atenção é excessiva

Isso vai depender de você. Quanta necessidade de atenção você é capaz de tolerar? A regra é que as crianças vão buscar a atenção que você for capaz de dar.

Você deverá encontrar o equilíbrio entre o quanto os seus filhos querem a sua atenção e o quanto você pode dar em determinados momentos. Mesmo uma atenção normal pode se tornar estressante em dias mais complicados.

Não deixe que a necessidade de atenção dos seus filhos se torne constantes exigências de atenção.

Quando as crianças não recebem atenção suficiente, recorrem a surtos de comportamento, manhas e birras. Consequentemente, acabam incomodando, debochando e podem recorrer a outros comportamentos inconvenientes.

Eles pensam coisas do tipo: “Se não posso chamar a atenção pelo bem, então vou me comportar mau para chamar atenção da mamãe”.

E se conseguirem isso, você vai produzir um reforço negativo. Dessa forma, a criança vai voltar a apresentar um mau comportamento no futuro porque assim receberá sua total atenção.

“Nunca é tarde demais para ter uma infância feliz”

-Tom Robbins-

Diferentes tipos de atenção

A atenção e a aprovação dos adultos estão entre as recompensas mais fortes para as crianças. Infelizmente, os pais raras vezes usam a atenção de maneira sábia. Existem três tipos de atenção: a atenção ou reforço positivo, a atenção ou reforço negativo e a desatenção.

chamar atenção

Quando damos atenção e aprovação aos filhos quando se comportam bem, eles recebem uma atenção positiva. A atenção positiva significa estimular o comportamento positivo quando se apresenta e se concentra nesse comportamento.

A atenção positiva pode se transformar em palavras de elogio ou consolo, proximidade, abraços ou um simples “bate aqui”. Um elogio também funciona muito bem. A atenção positiva aumenta o bom comportamento.

Por outro lado, se você presta atenção ao seu filho quando se comporta mal, estará dando uma atenção negativa ou reforço negativo. A atenção negativa normalmente surge quando algo começa a incomodar.

Consequentemente, você pode fazer ameaças, se irritar ou mesmo gritar. Mas a atenção negativa para as crianças não é um castigo, é uma recompensa. Não pune o mau comportamento nem tampouco o reduz, mas o estimula.

A desatenção também é uma realidade. Quando as crianças não recebem atenção de uma maneira positiva, vão querer sua atenção de qualquer jeito que conseguirem.

Você não deve prestar atenção aos maus comportamentos, e sim prestar atenção exclusivamente ao bom comportamento.

Dessa maneira, você não vai reforçar o mau comportamento, o qual não vai acontecer no futuro. Além disso, o seu filho aprenderá que receberá atenção quando apresentar um bom comportamento.