Febre amarela: uma infecção que requer cuidado

22 de janeiro de 2018

A febre amarela é uma das infecções graves mais fortes do mundo e afeta principalmente as regiões da África e da América do Sul.

A febre amarela é causada por um vírus que pertence à família Flaviviridae e ao gênero Flavivirus amaril.  Essa infecção não é transmitida de pessoa para pessoa. O contágio ocorre através da picada de um mosquito.

Após a picada existe um período de incubação de 3 a 6 dias, até que os sintomas se manifestem. Nem todos os mosquitos são transmissores, apenas aqueles que já picaram um indivíduo doente.

O nome da doença destaca a coloração amarelada da pele da pessoa infectada. Também é conhecida como febre americana.

Embora exista vacina contra essa doença, é preciso se informar sobre como ela se desenvolve, a fim de tomar as medidas cabíveis.

a febre amarela

Como saber se uma pessoa está com febre amarela?

Assim que a pessoa é picada pelo mosquito e passa pelo período de incubação, ela começa a apresentar vários sintomas característicos da febre amarela.  Alguns deles são:

  1. Febre
  2. Cefaleia
  3. Tonturas
  4. Convulsões
  5. Conjuntivite
  6. Mal-estar geral.
  7. Disfunção hepática
  8. Dores nos nervos lombares
  9. Hemorragias em várias partes do corpo
  10. Arritmias, problemas cardíacos em geral
  11. E morte, se a pessoa não for atendida a tempo

Como prevenir a febre amarela?

A febre amarela é prevenida evitando a picada do mosquito. É possível fazer isso seguindo os seguintes conselhos:

  • Utilizar mosquiteiros e ar condicionado
  • Usar roupas que cubram o corpo todo
  • Se viajar para regiões endêmicas, utilizar repelentes de longa duração
  • Evitar usar perfumes pois atraem os mosquitos
  • E, por fim, o método mais efetivo: a vacina. Ela pode ser administrada em uma dose e seu tempo de duração é de 10 anos.

Todo mundo pode tomar a vacina?

Não. Apenas pessoas com idades compreendidas entre 9 meses até 59 anos de idade. Pessoas que tiverem planejado viajar para alguma região onde se tenha conhecimento de casos de febre amarela e que viajam para fora do país.

Crianças com menos de 6 meses e adultos com mais de 60 anos não devem tomar essa vacina.

Além disso, pacientes com HIV podem tomar, mas o efeito será menor. No caso das mulheres grávidas, se forem vacinadas durante a gravidez, o bebê nascerá protegido.

Outras pessoas que não podem tomar essa vacina são pessoas alérgicas a ovo, proteína de frango e gelatina. A vacina é preparada com embrião de frango, por isso é preciso tomar cuidado.

Por outro lado, essa vacina deve ser administrada somente em estabelecimentos de cuidados com a saúde.

a febre amarela

Efeitos que a vacina pode provocar

Como qualquer outra vacina, podem ocorrer reações graves, como, por exemplo, mialgias e febre baixa, dificuldade para respirar e erupções cutâneas.

Além disso, pode ocorrer palidez da pele e batimento cardíaco acelerado e, no caso das crianças, vermelhidão ou inchaço. As pessoas também podem apresentar febre, que costuma desaparecer após dois dias.

 Se houver uma reação grave, o que devo fazer?

Se houver alguma reação adversa ou suspeita de febre amarela, é preciso procurar um médico imediatamente. Vá o mais rápido possível para um hospital.

Uma vez em contato com o médico, você poderá informar os sintomas. Além do dia e da hora em que tomou a vacina.

Por fim, você deve ficar atento e tomar as medidas necessárias para não se contaminar. Além disso, se for viajar a lugares em que houver muitos mosquiteiros e que você souber de casos de febre amarela, preste muita atenção. Principalmente se você for acompanhada por crianças, elas são mais propensas a serem picadas pelo mosquito.

Assim, tenha muito cuidado! Em caso de suspeita da doença, consulte imediatamente seu médico. Ele vai pedir vários exames e dará as recomendações adequadas para combater a doença caso ela se confirme.

Recomendados para você