Meu filho fala sozinho: devo me preocupar?

31 Maio, 2020
Meu filho fala sozinho e isso não me parece normal! Muitos pais ficam preocupados com essa situação, que geralmente ocorre com frequência durante a infância. Como agir diante dessa situação?

É bastante normal que as crianças falem sozinhas. Isso geralmente acontece quando elas estão longe da presença de outras pessoas. Muitas vezes, isso é considerado algo ruim, talvez porque exista a crença de que a criança têm algum problema ou distúrbio por causa disso. Então, devo me preocupar se o meu filho fala sozinho?

Falar sozinho pode ser um comportamento comum. Todo mundo pensa em voz alta de vez em quando. No caso das crianças, essa situação é mais frequente, principalmente enquanto elas estão brincando. Existem várias razões pelas quais elas fazem isso. E conhecê-las pode te ajudar a saber como lidar com a situação.

Por que o meu filho fala sozinho?

Quando uma pessoa fala sozinha, ela pensa melhor. De fato, falar em voz alta ajuda a organizar os pensamentos, o que permite a tomada de boas decisões. Em quais situações isso pode ocorrer? Basicamente, nessas três: antes de executar uma ação, enquanto a ação está sendo executada ou depois de executá-la.

Assim, considerando o exposto acima, ao adquirir a capacidade de falar, a criança a utiliza como um guia para o seu comportamento. Essa ação é conhecido como fala privadao que denota que a pessoa possui grande inteligência e tem a capacidade de analisar e compreender os assuntos.

Há muitas razões pelas quais uma criança pode falar sozinha. Os benefícios desse comportamento demonstram como ele é vantajoso para o seu desenvolvimento.

Meu filho fala sozinho: quais são as vantagens disso?

Após o nascimento do filho, os pais esperam ansiosamente que ele comece a se expressar. Conforme isso vai acontecendo, eles podem se encher de orgulho.

Meu filho fala sozinho

No entanto, com o tempo, talvez você se pergunte sobre as possíveis consequências positivas dessa ação. Vamos explicá-las a seguir:

  • Se o seu filho fala sozinho enquanto brinca, isso permite que o desenvolvimento da sua linguagem seja estimulado.
  • Ajuda para que sejam aumentar a eficiência: ao falar em voz alta, as crianças revisam os passos que devem dar e, assim, conseguem alcançar o seu objetivo com sucesso.
  • É necessário para que aprendam a raciocinar: dessa maneira, o pensamento lógico se desenvolve nas crianças.
  • A memória se torna mais ágil: quando passa de um pensamento para a língua falada, a criança consegue armazenar melhor as informações em sua mente.
  • Expressa os seus sentimentos e emoções. 
  • Ajuda para que a criança supere os desafios, organizando melhor os seus pensamentos.
  • Ao expressar o que percebe no ambiente, a criança desenvolve o que é conhecido como conhecimento do ambiente.

O que é fala privada ou fala egocêntrica?

Em resumo, a fala privada é um sinônimo de inteligência. Se o seu filho fala sozinho, é porque ele está ensaiando como pensar e fazer as coisas, enquanto está desenvolvendo a linguagem. Juntas, essas ações também são chamadas de ‘fala egocêntrica’.

Embora possa parecer estranha, a fala egocêntrica não é algo negativo. Pelo contrário, é uma das primeiras formas de expressão da criança.

Primeiramente, elas começam a falar em voz alta, indicando que estão aprendendo a pensar. Conforme a inteligência amadurece, o mesmo também ocorre com a fala. Esse processo resulta em uma melhor linguagem, que permite o desenvolvimento da capacidade cognitiva.

Existem diferentes tipos de fala egocêntrica:

A repetição

Isso acontece quando uma criança repete o que ouve. Quando ela ouve os outros falarem, ela guarda as palavras na sua mente. Então, começa a usá-las quando faz os seus discursos solitários.

“Esse comportamento é conhecido como fala privadao que denota que a pessoa possui grande inteligência e tem a capacidade de analisar e compreender os assuntos.”

Os monólogos

Consiste em falar consigo mesmo. Geralmente, acontece quando a criança está se preparando para alguma coisa, como, por exemplo, para um jogo ou atividade. Isso exige que ela reveja as etapas necessárias para atingir o seu objetivo. É possível ouvir frases como “Preciso de um carro aqui, depois colocar essa ponte e aquele brinquedo ali”. 

Monólogos coletivos

Nesses casos, talvez a criança fale sozinha, porém incluindo outros personagens. Ela começa a contar algo que aconteceu com ela, como se alguém tivesse perguntado.

Você deve encarar esse comportamento com tranquilidade. A fala egocêntrica permite que o seu filho aprenda a interagir com os outros e a entender melhor o que está ao seu redor e como reagir a diversas situações.

Meu filho fala sozinho

Até que idade as crianças falam sozinhas?

Essa situação é normal em crianças, especialmente quando elas têm entre 3 e 6 anos de idade. Em geral, nessa idade, elas começam a enfrentar novas situações, ao mesmo tempo que desenvolvem a capacidade de se comunicar.

Mas agora você pode estar se perguntando: “se o meu filho fala sozinho, quando ele vai parar de fazer isso?” Enquanto ele estiver crescendo, vai precisar desse recurso, pois, dessa forma, ele se dirige e se orienta.

Além disso, ele pensa no que faz, como se comporta e, assim, se acostuma a tomar decisões. Contudo, conforme ele for crescendo, vai passar a entender como executar essas tarefas e não precisará continuar falando em voz alta.

Portanto, o fato de o seu filho falar sozinho não é algo negativo. Pelo contrário, é algo necessário para adquirir e desenvolver novas habilidades. Em conclusão, você não precisa se preocupar, porque não é um distúrbio ou um problema de desenvolvimento.