Seu filho não será uma criança mimada se você der o que ele precisa

10 de outubro de 2017

Se você é mãe, é muito provável que alguma vez você já tenha escutado que está mimando seus filhos, seja porque comprou alguma coisa que eles queriam, porque você gosta de ficar com eles no colo, porque ouve as opiniões e trabalha as emoções deles em vez de ser autoritária o tempo todo. Dar ao seu filho o que ele precisa é seu dever como mãe.

No entanto, talvez você também já tenha escutado alguma vez que por culpa disso, no futuro você vai se arrepender porque não vai conseguir controlar seu filho por ser uma criança mimada. 

Muito provavelmente você odeia escutar qualquer um desses “conselhos” que lhe acusam de mimar seus filhos e agir errado por ser ‘mole’ demais. Mas apesar de muitas pessoas dizerem essas coisas com a melhor das intenções, é o seu instinto que, em última instância, deve decidir o que fazer e em que momento. Você só precisa saber escutar seu instinto.

Um bebê receber muito carinho por parte dos seus pais, abraços, beijos, ficar no colo, dormir com eles… Tudo isso não vai afetar negativamente o bebê, pelo contrário. Essas atitudes vão trazer muitos benefícios. Seu filho não vai se tornar um manipulador nem vai lhe dominar, apenas porque oferece todo o amor que sente por ele, a qualquer hora do dia.

O bebê precisa sentir e amar você

Os bebês, para poderem criar um vínculo emocional estável com seus pais, precisam senti-los todos os dias, saber que estão ali para protegê-lo, e dar-lhe segurança e conforto emocional. Isso os ajudará a se desenvolver de forma saudável e não como um tirano como muitas pessoas acham. Um bebê precisa de você. As regras e os limites virão depois, mas dar amor nunca vai fazer com que seu bebê se torne mimado.

O mundo exterior não é o que um bebê está acostumado, uma vez que se sentia tão protegido dentro do útero da sua mãe. É tudo oposto ao conforto: há barulhos, muitas vozes, muita luz, um ambiente inseguro, pessoas ao redor…

Tudo é assustador, e os bebês sentem medo. Eles precisam da segurança do conhecido, da segurança de uma mãe que está ao seu lado, que quando ele chama, ela aparece imediatamente. 

Por isso a voz de uma mãe é tão importante para o bebê, seu cheiro, sua pele, seu sorriso e todo seu amor. Quando uma mãe dá ao seu bebê o amor que ele precisa, então tem início o estabelecimento de um vínculo emocional muito especial, no qual os medos e as inseguranças do pequeno começam a desaparecer. Ele sabe que sua mãe e seu pai estão ao seu lado, estão ali para cuidar dele a todo momento. E, desse modo, parece que esse mundo tão estranho não é assim tão ruim.mãe e filhos dormindo juntos

 

Você não vai deixar seu filho mal acostumado

Não. Não fique preocupada por dar tudo o que o seu bebê precisa, porque ele não vai ficar mal acostumado. Você vai criar um bebê seguro e feliz por pertencer à família que pertence. Os primeiros meses de vida são os mais importantes no desenvolvimento do pequeno e, por isso, é necessário que você esteja presente para o seu bebê, e dê todo o amor que ele precisar receber de você. 

Acredito no amor à primeira vista porque sou mãe

-Anônimo-

Ao nascer o seu bebê é um ser totalmente dependente, em todos os aspectos. Mas essa dependência não vai se manter a vida toda e, pouco a pouco, à medida que ele for crescendo irá mostrar sua independência, a qual você deve respeitar, estimular e orientar. Seu filho não será um bebê para sempre e, portanto, é importante que você aproveite essa fase tão bonita que a vida lhe deu de presente. 

Não é preciso deixá-lo chorar no berço. Na verdade, você não deve fazer isso. Pegue seu filho no colo e o abrace até que ele se acalme e entenda que você está ao seu lado, e que tudo vai ficar bem. Quando você está com seu bebê no colo, todos ficam mais felizes.

Não vai acontecer um desastre no futuro, seu filho não vai se transformar em um manipulador… Apenas vai saber que tem uma mãe e um pai que sabem dar todo o amor que ele merece: um amor incondicional.