Como transmitir aos filhos a importância da ordem e da limpeza

29 de dezembro de 2018
A organização e a limpeza são, em grande medida, bons hábitos de vida que devem ser transmitidos de pai para filho.

É preciso criar desde cedo rotinas saudáveis como a hora de dormir, a hora do banho, escovar os dentes e fazer as tarefas de casa. Mas como é possível fazer os filhos aprenderem a importância da ordem e da limpeza?

Como pais, é entediante ou chato ficar em cima dos filhos sempre que terminam de fazer suas tarefas ou de brincar para que guardem suas coisas e coloquem nos lugares onde deveriam.

Ainda assim, perdem a paciência quando não arrumam a cama ou jogam as roupas no chão. Entretanto, é preciso ter em mente que são crianças e que nós, os adultos, somos os exemplos a serem seguidos.

Aqui em Sou Mamãe temos alguns conselhos para que “fazer seus filhos entenderem a importância de organizar e limpar a casa” não seja um calvário. Veja algumas dicas.

Atribua responsabilidades

Progressivamente, vá dando responsabilidades em relação às tarefas de casa, em especial aquelas que tenham a ver com o próprio quarto, o quarto dos brinquedos e os brinquedos.

Não sobrecarregue seu filho e colabore com estas atividades de limpeza para que ela aprenda com você.

Não faça tudo para ele

É um erro fazer tudo para seu filho. Nos primeiros meses sua dependência é absoluta. Mas depois isso muda e pouco a pouco, e a criança vai ganhando espaços para sua liberdade e independência.

É um erro não permitir que as crianças não tenham a independência que vem junto com as responsabilidades.

Peça para que seu filho recolha os pratos da mesa, coloque sua roupa suja no lugar próprio para isso e não deixe os brinquedos espalhados pela casa.

ordem e limpeza

Todos limpam!

Trabalhem em equipe. Inclua seu filho nas tarefas de limpeza. Peça ajuda na hora de limpar e, assim, ele estará disposto a colaborar com você quando for necessário.

A melhor recompensa

Outra forma de passar este hábito é através de jogos ou recompensas surpresa. Isso não só em relação à ordem ou à limpeza pessoal e do quarto, mas também à ordem e à limpeza de suas tarefas e em sua vida como um hábito.

Ainda que acreditemos que a maior recompensa seja a criança poder desfrutar de um espaço mais agradável e se sentir mais confortável consigo mesma e com seu ambiente.

Tudo em seu lugar

Demonstre disciplina. É mais fácil manter em ordem um quarto e uma casa que sempre está com todas as suas coisas em seus lugares do que em espaços que são um desastre.

Assim, quanto mais limpos e ordenados forem os pais e a casa, mais fácil será que a criança internalize que a ordem e a limpeza é o normal e o contrário, o caos.

Ordem = autoestima

Existem contos ou histórias infantis para incentivar a ordem e a limpeza nas crianças. Além disso, a limpeza é um reflexo da autoestima.

Uma família com autoestima elevada tende a manter o lugar onde vive limpo e organizado. Em troca, uma família em conflito é mais propensa à desordem.

ordem e limpeza

Dicas que podem ajudar a fazer seus filhos aprenderem a importância da ordem e da limpeza

  • Mantenha os brinquedos na altura da criança para que sejam mais fáceis de guardar.
  • Para começar, estabeleça uma tabela de atividades de ordem e limpeza a cada dois dias por duas semanas ou um dia por semana.
  • Lembre que você é o exemplo. Quando terminar de comer, recolha seu próprio prato. Mantenha sua vida, seu lugar de trabalho, seu quarto e os demais espaços do seu lar organizados.
  • Não castigue com a frase “você terá que limpar o seu quarto se não fizer isso”. Limpar não é um castigo. É um estilo de vida que vai gerar frutos interessantes uma vez que vire rotina.
  • Motive as crianças depois que fizerem suas atividades. Ou também proponha brincadeiras para que nos ajudem a organizar.
  • Estabeleça horários para cada uma de suas atividades e hábitos. Uma criança com rotinas definidas é mais propensa a manter seus espaços em ordem.
  • Converse de maneira simples sobre o que é a ordem e a limpeza, e a importância disso em nossas vidas.
  • Evite as relações sexistas e os estereótipos nas atividades de limpeza da casa. Tanto os meninos como as meninas têm igual responsabilidade em ordenar e limpar seus espaços. As tarefas devem ser divididas igualmente.