A partir de que idade uma criança pode usar garfo e faca?

3 de dezembro de 2019
Após os doze meses de idade, assim que a criança começa a ingerir alimentos sólidos, é a quando se deve ensinar a usar corretamente os talheres. Descubra os prazos para o desenvolvimento dessa habilidade e do que ela depende especificamente. 

Enquanto a criança está sendo amamentada, ela começa a se alimentar com refeições semissólidas. Nessa fase, a mãe deve ajudá-la a comer até que a sua capacidade motora lhe permita usar os talheres e ela tenha idade para usar garfo e faca.

O bom desempenho dessa capacidade motora vai depender do desenvolvimento do sistema nervoso. Essa faculdade não se desenvolve da mesma forma em todas as crianças, já que depende de diversos fatores —genéticos, hormonais, ambientais— que a rodeiam.

Com a prática, então, o pequeno vai se familiarizando com o uso dos talheres. Assim, cada vez mais a sua coordenação motora vai evoluir de forma extraordinária.

Uma das vantagens de a criança mostrar-se hábil com a manipulação dos talheres é a facilidade de evoluir no momento de aprender a escrever. Os pais ou responsáveis pela criança devem se certificar de que ela tenha adquirido domínio motor suficiente sobre o uso dos talheres. Até que isto aconteça, é imprescindível ajudá-la.

Quando a criança deve começar a usar garfo e faca

Com os pais ou o adulto responsável, a criança vai aprender determinadas condutas, comportamentos ou hábitos. Existem alguns que não devem ser permitidos, como por exemplo, pegar a comida com os dedos e mastigar com a boca aberta. Esse tipo de comportamento deve ser evitado e corrigido caso a criança volte a repeti-lo.

A aquisição de hábitos ou rotinas em idades precoces é benéfica. Isso porque ela promove um ótimo desempenho na hora de se sentar à mesa e usar o garfo e a faca. No entanto, não se deve forçar a criança a usar os dois talheres ao mesmo tempo.

Entre os doze e os dezoito meses de idade, a criança já começa a se alimentar sozinha. Por isso, nessa idade, já devemos incutir o hábito de manipular os talheres, principalmente o garfo.

menina comendo vegetais

A sua manipulação se dará de forma progressiva e gradual, como inicialmente se fez com a colher para sopas e cremes. Após esse primeiro talher, devemos incorpora o garfo e, por último, ao desenvolver mais habilidades, a faca.

O uso dos talheres na hora de ingerir alimentos deve ser um hábito diário. Dessa forma, a criança irá aprender de maneira eficaz. Eles devem ser adaptados, em peso, tamanho e até mesmo no material.

Quando se planeja usar garfo e faca, é necessário considerar algumas características físicas recomendadas para esses utensílios. O cabo deve ser longo e de borracha antiderrapante para facilitar a aderência, pelo menos até que a criança tenha dois anos.

Materiais de acordo com seu uso

O tipo de material que deve ser evitado é o plástico duro, já que a criança, em sua fase de curiosidade e agitação, poderia morder, quebrar e engolir algum pedaço. As partes das peças plásticas são nocivas à sua saúde. Além disso, esse tipo de talher não será adequado na hora de espetar e cortar os alimentos.

Os talheres de metal são os mais recomendáveis, já que não são prejudiciais à saúde da criança. Em relação ao tipo de faca, é conveniente começar com uma sem serra, que só serve para manipular, junto com o garfo, os pedaços de alimentos.

Enquanto isso, o adulto deve ajudar a criança no processo, cortando os alimentos e facilitando o manejo de ambos os talheres.

Os pais devem estar seguros de que a criança tenha adquirido suficiente domínio motor sobre o uso dos talheres. Até que isto aconteça, é imprescindível ajudá-la.

Idades recomendadas para usar o garfo e a faca

É a idade compreendida entre os quatro e os seis anos de idade, quando a criança pode fazer uso de uma faca de serra. Com esse utensílio, você pode cortar os alimentos mais sólidos, como, por exemplo, frango, carne, legumes, entre outros. Desse modo, deve-se ir adaptando o tipo de material ao uso e às necessidades que se apresentam no momento.

A partir dos seis anos, a criança já deve usar o garfo e a faca juntos. Em alguns casos, há dificuldades na coordenação deles, mas não há com que se preocupar, é normal.

Esse processo torna-se muito mais fácil, desde que os pais, com muita paciência e supervisão, acompanham o filho nesse novo desafio da vida.

menino com colher e garfo

Oportunidades de aprendizagem para sua implementação

Com o uso desses novos utensílios, os pais devem incutir hábitos de convivência, entre os quais se encontram:

  • Posição das mãos para o seu uso.
  • Comer na mesma hora.
  • Não lamber os talheres.
  • Usar a mão direita para o uso da faca e a mão esquerda para segurar o garfo. No caso de crianças canhotas, será o contrário.
  • Lembrar que nas refeições leves —por exemplo, a massa— não se deve cortar com a faca, mas diretamente com o garfo.

As crianças aprendem por imitação e os primeiros anos de vida são cruciais para a sua aprendizagem. Recomenda-se que os pais compartilhem a hora da refeição com o pequeno, e realizem a prática adequada e constante da manipulação dos talheres. O pequeno estará observando para repetir, posteriormente, as mesmas ações.