Uma mãe conta por que não quer que seus filhos sejam felizes

Descubra do que se trata esse texto polêmico em que uma mãe diz que ela "não quer que seus filhos sejam felizes". Com certeza vai surpreender você.
Uma mãe conta por que não quer que seus filhos sejam felizes

Última atualização: 11 Setembro, 2021

Certamente é um choque quando uma mãe afirma não querer ver seus filhos felizes. No entanto, por mais estranho que possa parecer, essa mãe tem motivos para desejar isso.

“Não quero que meus filhos sejam felizes”, é o título de uma carta que gerou polêmica no mundo todo. Mia Von Scha, mãe e autora do texto citado, está ciente da necessidade de toda mãe e todo pai de fazer seus filhos felizes. Ela sabe que os pais vivem para tentar atender às necessidades dos pequenos, bem como evitar tristezas e decepções.

O ambiente que criamos para que nossos filhos se desenvolvam assemelha-se a uma bolha impenetrável. Procuramos evitar a todo custo que eles sofram, que eles se decepcionem ou que lhes falte amor. A ideia principal é que nossos filhos nunca tenham que enfrentar situações que gerem emoções negativas. No entanto, sabemos que essa é uma meta impossível de alcançar.

Por que essa mãe não quer que seus filhos sejam felizes?

 

Mãe imperfeita abraçando seus três filhos.

Segundo Mia, a felicidade não existe. Ela acredita que não existe um lugar onde estaremos suficientemente protegidos para não nos desapontarmos. Por natureza, as pessoas ficam frustradas, com raiva e tristes. Consequentemente, a felicidade não deve ser o único propósito em nossas vidas.

Ela não quer que seus filhos sejam felizes, apenas pede que sejam pessoas reais, com sentimentos de gente normal. Ela explica que pessoas reais têm emoções confusas. Todas as nossas emoções, positivas ou negativas, afetam o desenvolvimento de cada um. Elas são necessárias, úteis e totalmente nossas.

“Quero que meus filhos sejam livres para ser quem são e saibam que são amados em todas as suas formas. Quero que se sintam seguros de vir até mim com sua dor, para que possamos nos conectar e compartilhar histórias, sentimentos e nossa própria humanidade. “

-Mia Von Scha-

As circunstâncias adversas fazem parte da vida, mas não nos impedem necessariamente de ser felizes. Os momentos felizes existem, nós os vivemos, gostamos e nos lembramos deles, mas não é um estado permanente.

É justo dizer que não queremos que nossos filhos sejam felizes?

É estranho pensar que uma mãe não queira ver seus filhos felizes. No entanto, embora pareça uma forma grosseira de colocar as coisas, pode estar certo. Talvez a premissa possa ser modificada, mas assim pode perder sua força.

Sem dúvida, essa forma de expressar o sentimento de uma mãe nos leva a refletir. Podemos atacá-la e nos sentirmos ofendidos. No entanto, julgá-la não resolve nada. No fundo, todos nós queremos o mesmo para nossos filhos.

 

Em alguns casos, devemos admitir que é necessário deixá-los cometer erros. Cada vez que os deixamos fazer escolhas e apoiamos suas decisões, buscamos sua felicidade. No entanto, não há garantias de que essa decisão seja a correta e os deixará imediatamente felizes.

Se uma criança escolheu o doce mais ácido, sabemos que ela não vai gostar, mas aceitamos sua escolha. As emoções geradas pela má decisão fazem parte do seu desenvolvimento. Todos os pais, em algum momento, deixaram um filho tropeçar e cair para que servisse de aprendizado. Não será um momento feliz, mas será útil na vida real.

É possível que o choque seja gerado pelas palavras duras, mas o pensamento de Mia Von Scha não é muito diferente do de qualquer outra mãe. Claro que queremos vê-los felizes, Mia também quer. Porém, para chegar lá é necessário percorrer um caminho de emoções diversas.

Preparar nossos filhos para a vida real é uma responsabilidade que temos como pais. De maneira alguma podemos evitar que sofram de amor ou decepção. Deixá-los sofrer um pouco os prepara para enfrentar a idade adulta enquanto o futuro os aguarda. Ainda assim, é uma decisão muito complexa.

Pode interessar a você...
6 dicas para fazer trilhas em família e com crianças pequenas
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
6 dicas para fazer trilhas em família e com crianças pequenas

Se você gosta de fazer trilhas e quer se aventurar em família junto com seus filhos pequenos, não perca essas 6 dicas para ter uma boa experiência....