Mães mais alegres tem bebês mais ativos

· 22 de setembro de 2018
A sensação de felicidade e satisfação diante de situações diversas é conveniente nas distintas etapas da maternidade.

As mães mais alegres podem conseguir melhores benefícios para si mesmas e seus bebês, algo que é muito produtivo em todo o processo. A alegria pode ser descrita como um dos sentimentos mais nobres que uma pessoa pode ter.

É muito comum que uma pessoa com atitude positiva e um semblante sorridente consiga transmitir isso com todo seu corpo. Os olhos iluminados são sinônimo de alegria, bem-estar e felicidade.

Esse sentimento te faz sentir muita energia no corpo e gera disposição para fazer as coisas de uma forma mais positiva.

Durante a gestação, é muito importante que a mãe esteja rodeada de coisas positivas, que possa se relacionar com pessoas que lhe proporcionem alegria.

É uma atitude ótima para o desenvolvimento do feto e para o bem-estar da gestante. A alegria é muito importante na qualidade de vida das mães e também para que possam levar adiante uma gestação bem-sucedida.

Um grupo de pesquisadores japonês comprovaram que a alegria nas mães certamente causa efeitos na gestação.

Enquanto a mãe estiver alegre e feliz, influenciará na evolução do bebê. Isso poderá ser observado em seu crescimento e por meio de comportamentos autênticos no bebê.

Como ser mamães mais alegres?

mais alegres

A alegria é uma emoção que vem de dentro. Por isso, não podemos nos obrigar a senti-la. No entanto, são muitas as coisas que podemos fazer para tentar estarmos alegres.

É normal durante a gestação sentirmos muitas emoções opostas. Mas é nosso dever buscar equilíbrio e paz. Saber que nossos filhos vão se beneficiar ou se prejudicar com nossas emoções é razão de sobra para buscar estar mais alegres.

Para ajudar a as mães se sentirem mais alegres, a seguir daremos alguns conselhos.

Ouvir música

Através da música, cria-se um estímulo especial no bebê que é muito impressionante. Os efeitos da música podem ficar registrados tanto física quanto emocionalmente dentro dele.

A partir da 20ª semana, o bebê já consegue ouvir, o que o permite se contagiar com as emoções. Ele é capaz de captar o estado de ânimo sua mãe, que, por exemplo, ao escutar sua melodia favorita, melhorará sua atitude.

Dependendo de como a mãe se sentir, assim se sentirá o bebê. Se a música a deixa mais alegre, o feto se sentirá igual.

Rir muito

As endorfinas são hormônios produzidos quando nos sentimos felizes. Para aumentar a produção desses hormônios, é muito útil o riso. Rir muito causa a diminuição do estresse. Além disso, melhora as defesas e tonifica a musculatura, o que favorece o estado físico da mãe.

Algumas grávidas podem praticar com seu parceiro um método muito fácil: a risoterapia. É uma experiência muito gratificante, que também permite a comunicação no casal mediante o riso. Esse vínculo é imediatamente transmitido ao feto, causando efeitos positivos.

Assistir filmes

Uma das coisas das quais você deve ter consciência é que tudo o que você receba, seu bebê também receberá.

Portanto, é importante que você somente veja filmes que te beneficiem, que não te alterem, nem te assustem. Assistir um filme divertido te fará rir e pode melhorar seu estado de ânimo.

mais alegres

Ler livros

Durante o período de gestação, ler livros causa sensações positivas ao feto. Sentir bem-estar, proteção e carinho, são algumas das coisas que podem ser transmitidas ao ler para seu bebê.

Além disso, ajuda em sua evolução no ventre materno, pois ao escutar frequentemente as vozes dos pais, ele pode reconhecê-las. Para a mãe, proporciona bem-estar o fato de poder ter um tempo precioso para ler e curtir suas histórias favoritas.

Comer chocolate

Conforme uma pesquisa da universidade finlandesa de Helsinki, o consumo de chocolate diminui os efeitos negativos na gestação. Descobriu-se que as gestantes que comiam chocolate, tinham bebês muito mais ativos e sorridentes.

É muito comum que algumas mulheres comam chocolates durante a gestação, talvez por ansiedade ou desejos. O que elas não sabem é que isso causa um efeito positivo no bebê.