Mamãe, de onde vêm os bebês?

23 Setembro, 2018
Se seu filho de 7 anos perguntasse: “Mamãe, de onde vêm os bebês?”, o que você responderia? Do céu? As cegonhas os trazem? De Paris? Veja algumas dicas neste artigo.

Como esse assunto pode ser um tabu sobre o qual você nunca quer falar com seu filho, hoje vamos ajudar a resolver essa situação.

Conselhos para responder “a pergunta”

Não espere a criança perguntar. Adiante os acontecimentos

Quando alguém faz uma pergunta de temática, digamos, “difícil”, é complicado responder. Por outro lado, quando é você que estimula essa conversa, apesar da temática continuar sendo difícil, tudo fica mais fácil porque você já se preparou para ela.

Esse pode ser um truque para se sair bem da situação e explicar à criança como somos formados e nascemos.

Quando você achar que “a pergunta” está se aproximando, faça-a você mesma e dê uma resposta adequada.

Pesquise antes de falar para que você seja bem precisa nas suas ideias

de onde vêm os bebês

Antes de conversar sobre o tema, leia bastante sobre ele. Pesquise quais termos você deve usar e até onde você pode revelar para não causar mais confusão na cabeça das crianças.

Tenha em mente que as crianças costumam ser curiosas. Assim, é melhor estar preparada.

Use vídeos e imagens como material de apoio

“Uma imagem vale mais que mil palavras”. Não se esqueça dessa frase. Antes de explicar ao seu filho, procure algum material gráfico para reforçar e esclarecer a informação que você vai oferecer.

Quando falar sobre sexo e fecundação, fale também sobre amor

Nessa idade, é melhor relacionar o amor com o sexoPara que seja mais fácil para a criança entender por que seus pais decidiram fazer sexo para engravidar, diga que é porque eles se amam.

A parte do sexo por prazer deve ficar guardada para outras idades.

Desminta as falsidades que outras crianças ou até outros adultos podem ter dito

Se seu filho diz que as crianças são sementinhas que são plantadas na terra e que, de repente, nascem um dia, não deixe ele continuar a acreditar nessa ideia a fim de, talvez, evitar conversar sobre o tema. Desminta imediatamente.

Talvez ele continue insistindo nisso porque foi o que outra criança, que talvez tenha ouvido essa explicação da avó, lhe disse.

Cada família é livre para contar a verdade ou inventar uma historinha aos seus filhos. Isso dá a você o direito de inventar a sua versão da história, ou seja, falar com base na verdade.

Apesar de aconselharmos você a adiantar a conversa sobre esse tema, pode ser que um dia qualquer seu filho te pergunte. Mesmo sem estar preparada, você deverá dar uma resposta.

Mamãe, de onde vêm os bebês?

de onde vêm os bebês

  • Fale com clareza. Explique conceitos como a sexualidade, o pênis, a vagina, as relações sexuais…mas você também não deve passar do ponto. Apenas fale com normalidade. Sua explicação e as perguntas do pequeno vão ajudar a absorver os conceitos que ele precisa saber de acordo com a idade que tem.
  • Tente não ficar nervosa. Se você ficar nervosa quando seu filho perguntar: “Mamãe, de onde vêm os bebês?”, ele vai perceber. Então, vai fazer muitas perguntas para entender o motivo do seu nervosismo. Ou não vai tocar mais no tema e vai pensar que há algo muito ruim no sexo que deixa você nervosa. Isso pode acontecer com crianças muito sensitivas.
  • Não esconda nada. Pense que se seu filho não receber as respostas de você, ele vai acumular as dúvidas ou vai procurar as respostas em outro lugar.
  • Não deixe para depois, independentemente do lugar em que vocês estiverem quando seu filho perguntar, seja enquanto você dá banho nele ou o leva para a escola…esteja onde estiver, converse sobre o assunto.
  • Não se esqueça de incluir algumas questões sociais como o fato de que o sexo só pode ser praticado por adultos porque é nessa fase da vida que o corpo está preparado para gerar outra vida (lembre-se de que para facilitar a temática, você está relacionando o sexo com o amor e a gestação de um bebê).
  • Acredite que você e o pai da criança são as pessoas mais indicadas para conversar sobre esse tema porque vocês são as duas pessoas em quem seu pequeno mais confia.
  • Ambrosi, L., & Chacel, L. A. Y. H. (2013). ¡ YA VIENE UN BEBÉ! Cómo se forma, se desarrolla y nace un bebé. Explicación para niños que preguntan, guía para padres que responden (Versión […]. Bubok.
  • Morales, G. H., & Guijarro, C. J. (2003). La educación sexual de la primera infancia: guía para madres, padres y profesorado de educación infantil (Vol. 155). Ministerio de Educación.