Os maus hábitos mais comuns em crianças pequenas

Os maus hábitos em crianças pequenas podem causar sérios problemas que as afetarão ao longo de suas vidas. Por esse motivo, é necessário que a família esteja atenta e intervenha a tempo de corrigi-los.

A criança imita os comportamentos dos outros. Se as pessoas com quem ela passa muito tempo têm hábitos inadequados, ela também irá os adquirir com toda a naturalidade. Este é um aspecto muito importante que deve ser levado em consideração na hora de corrigir os maus hábitos em crianças pequenas.

Como se forma um hábito?

Os hábitos são formados com comportamentos que se repetem inconscientemente. Há maus hábitos em crianças pequenas que podem ser devidos a algum problema, físico ou psicológico. Nestes casos, se tornam comportamentos obsessivos e devem ser tratados por médicos e psicólogos para evitar que eles se tornem crônicos.

Maus hábitos em crianças pequenas

Alguns dos maus hábitos em crianças pequenas têm impacto direto na saúde. Outros, prejudicam as relações e a convivência. A verdade é que eles devem ser corrigidos o quanto antes para que não se estabeleçam no comportamento da criança.

1.-Dieta pouco saudável

Comer fast food é um hábito generalizado nos dias de hoje. De fato, há crianças que só querem comer esse tipo de alimento. Algumas consequências desse hábito são a obesidade e a hipertensão infantil, entre outras.

Para corrigir isso, devem ser elaborados menus que incluam alimentos variados e que sejam visualmente atraentes para a criança. Se ela não gostar de um alimento, ele pode ser substituído por outro do mesmo grupo. A criança ajudar no preparo da comida irá favorecer para que a aceite.

prevenir os maus hábitos em crianças

2.- Comer assistindo televisão

As pesquisas mostram que comer assistindo televisão é um dos fatores que afeta o excesso de peso. O cérebro da criança, focado na televisão, não reconhece o sinal de que ela comeu o suficiente e acaba comendo mais do que o necessário. A hora da refeição deve ser um momento em que a família, se possível. A criança e a pessoa que faz as refeições com ela podem conversar e contar as coisas do dia.

“Se as pessoas com quem a criança passa muito tempo têm hábitos inadequados, ela também irá adquiri-los com toda a naturalidade”

3.- Uso de “palavras feias” e respostas grosseiras

Como foi dito antes, a criança imita o que vê. Se em casa as pessoas que convivem com ela são se maltratam ou usam um vocabulário inadequado, a criança irá adquirir esse hábito. Pode ser muito difícil corrigir depois. Quando sair de casa, ela também irá manifestar esse comportamento com professores e outras pessoas mais velhas. A tarefa de correção deve começar com um bom exemplo dos adultos.

4.- PC, os videogames e a televisão

As telas e a tecnologia, mais do que um hábito se tornaram um vício. Na verdade, pode até prejudicar a saúde. Muitas vezes as crianças não querem sair para brincar porque estão presas pela tecnologia. Além disso, provoca transtornos do sono e dificulta o desenvolvimento social.

Muitas vezes o pequeno não cumpre com as tarefas da escola por culpa desse mau hábito. Para corrigi-lo, é necessário estabelecer rotinas e horários em que a criança não fique mais de duas horas na frente de uma tela.

O vício em tecnologia é um hábito muito frequente em crianças nervosas, inseguras e ansiosas. As crianças que sofrem com isso chegam a machucar os dedos, causando sangramento e infecções. Se esse comportamento tende a se acentuar, é preciso consultar um médico.

5.- Chupar o dedo ou cutucar o nariz

Às vezes, o dedo se torna um substituto da chupeta. É um mau hábito que aparece durante a infância e que, normalmente, desaparece naturalmente. Se isso perdurar, é aconselhável consultar um especialista para que não ocorra problemas no paladar.

Por outro lado, cutucar o nariz é outro hábito desagradável que deve ser corrigido. Muitas vezes a criança pequena faz isso de forma tão inconsciente que pode causar hemorragias nasais. Fazer com que a criança tenha consciência todas as vezes que colocar o dedo no nariz é uma maneira de começar a corrigi-la.

6.- Dormir tarde

Os pequenos precisam de 11 a 13 horas de sono, com pequenas variações de acordo com a idade. Se não dormirem o suficiente, ficarão irritados, desconcentrados, apáticos e cansados. Do mesmo modo, podem apresentar algum déficit de memória e sofrer alterações na agilidade do raciocínio.

melhorar os maus hábitos em crianças

Dormir pouco também causa desequilíbrios hormonais. Estabelecer um horário razoável para ir dormir e manter a rotina sem exceções é o caminho para mudar esse hábito. Organizar o jantar cedo e ajudar as crianças a dormir lendo uma história, por exemplo, pode ser o caminho para gerar um novo hábito.

7.- Não ter uma higiene adequada

A higiene é fundamental para a saúde e a vida social. Há crianças que resistem ao banho diário e à escovação dos dentes após cada refeição. Essa resistência pode acabar se tornando um mau hábito. Lavar frequentemente as mãos, tomar banho todos os dias e escovar os dentes são hábitos que precisam ser impostos. O exemplo dos pais é essencial para a pedagogia infantil.

Recomendados para você