A mente absorvente de acordo com Montessori

Maria Montessori introduziu o conceito de "mente absorvente" para se referir ao estado mental da criança que permite adquirir conhecimentos por meio das suas experiências e necessidades em cada etapa do desenvolvimento.
A mente absorvente de acordo com Montessori

Última atualização: 06 Fevereiro, 2021

A mente absorvente é um conceito essencial no método pedagógico desenvolvido pela médica e pedagoga Maria Montessori. Sua teoria nos diz como a educação sempre deve se adaptar às etapas do desenvolvimento infantil. Nas linhas a seguir, vamos conhecer um pouco mais sobre esse termo.

A pesquisa de Maria Montessori com crianças de 0 a 6 anos concluiu que esses pequenos aprendem de forma quase instantânea. Ela os comparava a uma esponja, já que absorvem inconscientemente todas as informações dos diferentes estímulos presentes no ambiente.

A mente absorvente das crianças de acordo com Montessori

Maria Montessori dizia que o mais importante para a aprendizagem das crianças é que elas possam vivenciar as próprias experiências de acordo com seus ritmos e suas necessidades. São essas experiências que vão ajudar os pequenos a adquirir o amadurecimento mental.

A mente absorvente de acordo com Montessori

Montessori chamou de mente absorvente o estado mental da criança que a ajuda a assimilar todas as experiências que ela vive para depois analisá-las e incorporá-las na sua aprendizagem. Isso é feito de forma inconsciente ao longo dos três primeiros anos e passa a ser consciente nos três anos seguintes.

A mente absorvente também ajuda as crianças a estabelecer as bases para o desenvolvimento da sua identidade psíquica e social. Maria Montessori estabelecia o período infantil como uma etapa decisiva no desenvolvimento das pessoas. Por isso, é importante proporcionar às crianças uma boa educação que estimule e ofereça os recursos necessários para a sua aprendizagem e para a construção da sua identidade.

Como é o desenvolvimento da mente absorvente? Períodos sensíveis

Outra coisa que a pedagoga percebeu foi que a mente não absorvia da mesma forma em todas as idades. A criança concentra a sua atenção nos estímulos ao seu redor, dependendo do que ela precisa para o seu crescimento e desenvolvimento. Por isso, os pequenos se concentram ou dão atenção a algumas coisas e não a outras.

Assim, eles adquirem conhecimento quase sem esforço e por prazer, pois se aproximam daquilo que gera interesse. Esses interesses da criança dependem da fase do seu desenvolvimento e geralmente são temporários, razão pela qual ela os denominou “períodos sensíveis”, embora às vezes eles possam se sobrepor e a sua intensidade e duração possam variar. Quais são os períodos sensíveis?

O período sensível da ordem (de 0 a 6 anos)

Nesse período, principalmente nos 2 primeiros anos, as crianças demonstram grande interesse em classificar e categorizar tudo ao seu redor e isso é favorecido através da ordem.

O período sensível do movimento (de 0 a 5-6 anos)

Nessa fase, as crianças mostram um interesse especial pelo movimento e por se moverem de um lado para o outro, ainda mais se já tiverem aprendido a andar.

O período sensível da linguagem (de 0 a 7 anos)

Ao longo desse período, as crianças vão aprendendo um vocabulário amplo, sem que ninguém as ensine. Ele é adquirido de forma autônoma, com base na experiência e nos estímulos ao seu redor.

O período sensível do desenvolvimento dos sentidos (de 0 a 6 anos)

Ao longo desse período, os sentidos se desenvolvem. Desde o nascimento, as crianças têm os sentidos da audição e da visão ativos, mas, conforme vão crescendo, elas vão adquirindo uma maior sensibilidade que, além de tudo, é facilitada, para aprender através do paladar, do tato e do olfato.

A mente absorvente de acordo com Montessori

O período sensível de objetos pequenos (1 a 6-7 anos)

Durante esse período, elas têm um interesse especial por objetos pequenos e mostram uma necessidade maior de prestar atenção aos detalhes.

O período sensível da vida social (desde a vida no útero até os 6 anos)

Refere-se à necessidade que as crianças têm de se relacionar com seus pares, além do processo de aquisição das normas, que são importantes para uma boa convivência em sociedade.

Quanto à mente absorvente…

Como você pode ver, a mente absorvente é um conceito introduzido por Maria Montessori para se referir à especial capacidade mental das crianças em certas idades. Os pequenos, dependendo da sua idade, têm diferentes interesses pelos estímulos ao seu redor. Assim como a sua capacidade de absorção, a sua mente absorve de acordo com as suas necessidades ao longo do desenvolvimento.

Por isso, é importante que os métodos educativos utilizados com as crianças não só promovam o desenvolvimento das suas capacidades intelectuais, mas também favoreçam a aprendizagem e sejam adaptados a cada período sensível.

Pode interessar a você...
Painéis Montessori: o que são?
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Painéis Montessori: o que são?

Os painéis Montessori são brinquedos perfeitos para as crianças desenvolverem todas as suas habilidades e talentos, bem como a sua curiosidade.



  • Poussin, C. (2017). Montessori explicado a los padres. Plataforma editorial: Barcelona.
  • Durante, V. y Fábregas, M. (1998). La formación de hábitos. Bases para un trabajo libre y organizado en el aula de educación infantil. Recuperado 23 de abril de 2018. Disponible en http://www.waece.org/biblioweb07/pdfs/d036.pdf.
  • Montessori, M., & Bofill, M. (1986). La mente absorbente del niño. México: Diana.