Mesa da paz: o que é, como usar e quais são seus benefícios?

· 22 de junho de 2018
Você já pensou em destinar um cantinho da sua casa para criar a mesa da paz para as crianças? Neste artigo, vamos explicar o que é essa maravilhosa ideia, como funciona e quais são seus benefícios.

Ao longo do processo de educação de uma criança, podemos usar o recurso da mesa da paz em qualquer situação de estresse ou conflito. A mesa da paz é um espaço destinado ao relaxamento e à superação do momento de tensão, nervosismo e irritação. Vamos contar para você como preparar esse espaço e colocar essa estratégia em prática.

A mesa da paz é um dos tantos recursos Montessori para a criação. Maria Montessori foi uma famosa pedagoga e cientista italiana cujo importante legado para a educação das crianças se mantém vivo graças à reprodução e difusão de seus métodos por muitas associações em várias partes do mundo.

Como construir uma mesa da paz?

Em primeiro lugar, devemos decidir onde colocaremos essa mesa, que servirá para o relaxamento da criança. Deve ser um lugar acessível, que a criança possa usar com facilidade sempre que quiser refletir e expressar como se sente.

Em segunda instância, é preciso pensar nos materiais. Além do essencial – uma mesa e duas cadeiras adequadas ao tamanho da criança – também podemos acrescentar elementos secundários como, por exemplo:

  • Decoração: plantas, quadros e outros elementos similares podem dar um toque pessoal.
  • Livros: alguns livros relacionados à expressão dos sentimentos, mas também outros que a criança goste.
  • Um instrumento musical: tocar um instrumento pode significar um momento de distração e reflexão muito importante.
  • Um sino: para que a criança toque quando se sentir melhor.
mesa da paz

Devo deixar a criança usá-la por conta própria?

Um ponto central desse método é que a obrigação nunca traz um bom resultado. Principalmente, se o método for utilizado em momentos de negatividade, o que costuma acontecer. Em vez disso, você deve tentar convidar a criança a ficar um tempo na mesa da paz sempre que quiser. Deve ser um espaço aberto, ao qual ela possa recorrer porque sabe que será bom e que a ajudará a superar seus problemas.

Quando é o momento de usar a mesa da paz?

Pode ser um recurso necessário em várias circunstâncias. Por exemplo, em situações nas quais a criança se sente frustrada, ansiosa, irritada, triste ou preocupada. Apresente essa mesa como um lugar de relaxamento, para pensar em outras coisas e deixar de lado as emoções negativas.

Por outro lado, também pode ser bastante útil quando a criança passar por uma experiência negativa. Com experiências negativas, nos referimos a brigas entre irmãos ou amigos, tirar notas ruins na escola ou um desentendimento com os pais.

O principal benefício da mesa da paz é permitir que a criança se acalme e, posteriormente, abrir espaço para a aproximação dos pais para conversar. Após ficar um tempo nesse lugar, a criança terá outra perspectiva e estará mais calma e receptiva a explicações.

No caso dos conflitos entre irmãos, você pode convidar ambos a se sentar na mesa da paz. Uma vez nesse espaço, as crianças vão revezar a posse de um objeto que dará a palavra a quem o possuir. Assim, cada uma terá seu momento de expressão. Você também pode utilizar uma ampulheta para isso.

“Certamente, a mediação de um adulto é fundamental para possibilitar esse encontro. Se a mesa da paz for corretamente utilizada, você vai perceber que ela pode ser um ótimo recurso para a resolução de conflitos.”

mesa da paz

Benefícios de usar a mesa da paz

Com base em tudo o que foi exposto anteriormente, podemos concluir que a mesa da paz proporciona grandes vantagens para as crianças. Entre as mais importantes, temos:

  • Reconhecimento e internalização das próprias emoções e das emoções dos outros. Ou seja, estimula a inteligência emocional.
  • Aprendizagem de métodos de expressão e comunicação, especialmente em situações de estresse ou conflito.
  • Incorporação de técnicas de negociação e recursos assertivos para se comunicar.
  • Melhora a autoestima, já que a criança se vê capaz de resolver seus próprios problemas.
  • Promove a interação saudável com outras crianças.

Por fim, é preciso destacar que cada criança é única. Assim, o processo de se acostumar com esse novo recurso não será igual para todas. O ideal, consequentemente, é tornar o espaço atrativo e não pressionar a criança: é mais uma questão de conquistar do que empurrar.

Quando passarem a utilizar a mesa da paz, esse espaço vai se transformar em um local privado de satisfação para as crianças. Trabalhe com elas na elaboração e decoração do lugar! Aproveitem mais esse belo momento juntos!