Meu filho não gosta de dividir. O que eu faço?

21 Outubro, 2018
Uma criança que sabe emprestar suas coisas tem mais chances de estabelecer boas relações sociais com outras crianças e de fazer amigos.

Dividir os brinquedos ou um pedaço de pão pode ser o começo de uma vida repleta de bondade.

Tudo se resume ao fato de a família aprender a aproveitar esses primeiros sinais para ensinar à criança o saudável costume de dividir.

O que é dividir?

Dividir é uma qualidade que se caracteriza pelo uso simultâneo de um bem, um serviço, um sentimento, a atenção ou uma pessoa em especial. Tudo o que se possui pode ser compartilhado.

Estamos dividindo nosso carro quando nos oferecemos para levar outra pessoa a algum lugar, quando emprestamos uma panela a um vizinho, quando não há mais lugares para se sentar e oferecemos nosso lugar à mesa a um desconhecido na lanchonete.

Também se pode dividir os beijos da mamãe quando compartilhados com todos os irmãos e os momentos livres do papai quando ele tem tempo para brincar com os pequenos da casa, ou ainda a bola ou a televisão com o irmão mais velho.

As crianças não sabem ou não querem dividir

de dividir

Existem crianças que não sabem dividir porque não foram ensinadas a agir assim. Os filhos únicos, sobretudo, tendem a agir dessa forma.

Existem também outras crianças que, quando se tenta ensinar a importância de dividir, fazem cara feia.

Essas crianças se escondem quando pedimos para que peguem seus brinquedos para que os amigos brinquem com eles.

É preciso respeitar os sentimentos, os critérios e as decisões das crianças, principalmente das crianças mais novas. 

Se uma criança não quer dividir seus lápis de cor, por exemplo, os adultos não devem forçá-la.

Caso contrário, seria como se alguém obrigasse a mamãe a emprestar suas roupas íntimas ou aquele anel que tem tanta importância para ela, que foi um presente do papai no dia do casamento.

Se os adultos tem dificuldades de emprestar o carro ou a casa para outras pessoas, por que as crianças precisam emprestar seus brinquedos?

Mesmo quando a comparação for exagerada é preciso ter consciência de que, para uma criança, um brinquedo vale tanto ou mais que um dos bens materiais mais importantes de um adulto.

Conselhos para ensinar as crianças a dividir

de dividir

Mamãe, se seu filho não quer dividir os brinquedos em algum momento, repetimos, você não deve forçá-lo. Nesse caso, a educação deve ser preventiva.

Apesar de você ensinar seu filho a dividir, ele vai compartilhar seus doces com quem quiser e no momento em que quiser.

Mesmo que, nesse caso, a prática não garanta o resultado esperado, existem sim maneiras de fazer com ele se mostre menos relutante na hora de dividir.

Entre elas, recomendamos:

Divida com ele e diga que o que você está fazendo é dividir

A criança deve sentir na própria pele o bem que se sente quando você oferece seus pertences e deixa que ela os pegue e utilize como quiser.

Digamos, por exemplo, que hoje à noite você deixe sua filha brincar um pouco com sua bolsa.

Sem ficar brava, deixe ela tirar todos os objetos de dentro, passar batom nos lábios, se olhar no seu espelho, pegar as canetas e rabiscar durante um tempo.

Que a família seja uma escola

Além de dividir com a criança, os membros da família também precisam dividir entre si, emprestar suas coisas e se mostrar feliz em fazer isso.

Brincadeiras em família também podem ajudar uma criança a aprender o que é dividir.

Vamos supor que todos vão pintar. O papai com aquarela, a mamãe com giz de cera e os pequenos com lápis de cor.

Mas os “artistas” podem trocar seus materiais para que os desenhos de todos fiquem mais bonitos.

A mamãe vai emprestar o giz de cera verde para o papai pintar as árvores, a criança vai deixar a mamãe usar seu lápis azul para pintar o céu e assim sucessivamente.

Aproveite os vizinhos e os amigos para ensinar seu filho a dividir com os outros

Os vizinhos e os amigos podem ajudar nos ensinamentos que você deve dar ao seu filho.

Por exemplo, além de oferecer sua ajuda quando um amigo precisar (porque ajudar também é dividir), você pode pedir para o seu filho te ajudar a fazer uma sobremesa com o objetivo de oferecê-la a algum vizinho.

Não importa se não há motivos para fazer isso. Dessa forma, seu filho vai ter a oportunidade de perceber a gratidão dos outros todas as vezes que dividir qualquer coisa.

Os irmãos e os primos são elementos ideais para ensinar uma criança a dividir

de dividir

Houve uma época em que se houvesse um doce em casa, por menor que fosse, ele seria repartido para ser dividido entre todos os filhos.

Mesmo que a situação econômica de hoje, felizmente, tenha mudado bastante, essa pode ser uma excelente forma de exercitar o saudável gesto de dividir.

A mamãe e o papai devem prestar atenção para que tudo na casa, inclusive os abraços, sejam divididos igualmente entre todas as crianças.