Como motivar crianças com dificuldades de aprendizagem?

Como motivar crianças com dificuldades de aprendizagem?

Última atualização: 16 Abril, 2021

Cada vez mais crianças em todo o mundo enfrentam dificuldades de aprendizagem. No entanto, motivá-las a passar em certas disciplinas não é impossível. Dislexia, discalculia, déficit de atenção e outros não são impedimentos para avançar na educação.

Claramente, estamos nos referindo a crianças que processam informações de maneira diferente das demais. Portanto, são necessários maior comprometimento, esforço e motivação. Tudo isso, sem contar com mais tempo e paciência. Fatores que, sem dúvida, deveriam ser trabalhados junto com os pais.

O medo do fracasso, a frustração constante, a falta de compreensão e os problemas emocionais são as pedras no sapato. Pelo menos isso é corroborado por diversos estudos que têm sido realizados sobre o assunto. Isso se reflete na intenção de abandonar a escola e evitar tentar ou negar a complicação.

Como aumentar a motivação diante doas dificuldades de aprendizagem?

As crianças experimentam um constante desejo de aprender. Na verdade, nossa missão no caso de lidar com dificuldades de aprendizagem ou atenção é alimentar esse desejo. Mas como reacender o apetite da criança por conhecimento e nutrir sua curiosidade?

  • Acompanhe o aprendizado. Se a criança sente que os pais estão envolvidos, a motivação aumenta, apesar das dificuldades. Portanto, gaste tempo nisso e fique atenta aos avanços e retrocessos dos pequenos. Não se trata de resolver seus problemas, mas de falar sobre eles e buscar respostas para os obstáculos. Apoie a criança, mas não faça por ela o que ela não conseguir.
  • Aumente a autoconfiança. O importante é destacar as habilidades e aptidões da criança o tempo todo. Comemore suas realizações e alimente paixões dentro e fora da escola. As atividades extracurriculares podem ser de grande ajuda, desde que você saiba como usá-las para impulsionar o aprendizado. Dessa forma, os pequenos entenderão que são muito capazes e serão encorajados a tentar. Lembre-se sempre de valorizar o esforço deles.
  • Semeie persistência e tenacidade. Explique para criança que, embora o tempo seja diferente para ela e ela enfrente mais obstáculos do que seus colegas, ela é tão capaz quanto os outros. Basicamente, o essencial é tentar, e várias vezes. Sem medo do fracasso, porque há muito a se aprender com os erros. Persistência, azar ou inteligência, o mundo é de quem tenta! Lembre sempre que os gênios se tornam, não nascem assim.
  • Amor e respeito, sempre. Além de suas realizações e fracassos, a criança precisa de você ao seu lado. Conecte-se com ela, aceite-a e ofereça apoio e companhia em qualquer situação.
  • Recompense o que foi aprendido, não os resultados da escola. Não envie mensagens incorretas para o seu filho. O objetivo não é tirar as melhores notas na escola, mas aprender. Caso contrário, a criança vai acreditar que o esforço não vale a pena, sendo apenas importante alcançar o sucesso escolar, o que a deixará frustrada.
  • Deixe-a escolher condições favoráveis. Deixe a criança escolher a hora do dia em que prefere estudar e fazer o dever de casa. Também permita que ela escolha o local apropriado, pois assim sentirá que tem o controle de certas situações. Dessa forma, a criança aumenta seu orgulho e sua motivação.

Paciência para uma motivação de longo prazo

Brincar livremente: superar as dificuldades de aprendizagem.

A paciência é a pedra angular para pais e filhos desfrutarem dessa longa e difícil, mas gratificante, jornada. Embora haja muitos obstáculos a serem superados, a motivação levará a criança a aprender e se desenvolver. E nada é mais maravilhoso do que um pequeno que tem capacidade de enxergar o mundo de outra maneira.

É essencial manter a motivação da criança elevada. Para isso, é preciso entender que as dificuldades de aprendizagem podem ser trabalhadas e superadas. Mas nem tudo deve necessariamente girar em torno dessa dificuldade. Outras áreas podem ser administradas, desde que ajudem e beneficiem a criança.

Além disso, como pais, devemos nos certificar de um ponto elementar. Nossos filhos têm que ter tudo de que precisam para superar a si mesmos. Mas isso nunca deve significar que a ilusão e o desejo de continuar aprendendo e melhorando vão agonizar lentamente, e sim que renasçam das cinzas como uma Fênix.

Pode interessar a você...
5 exercícios para criar consciência emocional em seus filhos
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
5 exercícios para criar consciência emocional em seus filhos

A consciência emocional é a capacidade de reconhecer as emoções e ser capaz de dar nome a essa emoção.Significa compreender a influencia de vários fatores.



  • Ayres AJ. (1972). Sensory integration and learning disorders. Los Ánge- les: Western Psychological Services.
  • Bellefeuille, I. B. (2006). Un trastorno en el procesamiento sensorial es frecuentemente la causa de problemas de aprendizaje, conducta y coordinación motriz en niños. Bol Pediatr, 46, 200-203. https://sccalp.org/documents/0000/0692/BolPediatr2006_46_200-203.pdf
  • Miller L. (2006). Sensational kids: Hope and help for children with sen- sory processing disorder. Nueva York: Putnam.
  • Woodburn, S. S. (2001). Los problemas de aprendizaje en niños. Editorial Universidad de Costa Rica.