Quais são as mudanças na estrutura cerebral das mulheres durante a menstruação?

30 Agosto, 2020
Assim como na gravidez, também ocorrem mudanças no cérebro feminino durante a menstruação. A alteração na produção hormonal condiciona não apenas o humor, mas também a estrutura cerebral.

As mudanças das mulheres durante o curso da menstruação têm sido objeto de vários comentários desde a Antiguidade. Para Platão, a histeria era causada por um útero em luto pela ausência de concepção. No entanto, ao longo dos anos, foi demonstrado que há mudanças na estrutura cerebral das mulheres durante a menstruação. Assim, é por isso que ocorrem as mudanças de humor e outros sintomas.

Por que há mudanças na estrutura cerebral das mulheres durante a menstruação?

A resposta a essa pergunta é muito simples: por causa da ação dos hormônios. As mulheres experimentam mudanças importantes durante o mês, como resultado dos diferentes níveis de hormônios nos seus corpos. 

Essa transformação se reflete principalmente no humor, nos níveis de ansiedade e em algumas habilidades específicas, tais como a fluência na fala. O processo é completamente diferente para cada mulher. É por isso que há a premissa de que é impossível estabelecer princípios universais para todo o universo feminino.

No entanto, essa alteração no comportamento feminino não é produto apenas dos hormônios, mas também da transformação cerebral. Há mudanças na estrutura cerebral das mulheres durante a menstruação por causa das flutuações do estrogênio que incide sobre o hipocampo.

O hipocampo é a parte do cérebro que regula a memória, o humor e a resposta a certos estímulos. Por esse motivo, é provável que elas se tornem um pouco mais lentas e talvez até mesmo desajeitadas.

Qual parte do cérebro muda com a menstruação?

Estima-se que as partes do cérebro que mudam durante o período menstrual sejam especialmente as áreas do hipocampo, da amígdala, da substância cinzenta e da substância branca. Cada parte, juntamente com hormônios como estrogênio, progesterona e testosterona, regula o comportamento das mulheres nessa fase do ciclo feminino.

Alguns aspectos podem ser resumidos da seguinte forma:

Hipocampo

O aumento do estrogênio afeta o hipocampo quanto à conectividade sináptica. Essa alteração de até 25% é comumente relacionada à memória de curto prazo e à tomada de decisões.

mudanças na estrutura cerebral das mulheres durante a menstruação

Por esse motivo, durante esse período, as mulheres geralmente são menos impulsivas e pensam melhor. Dessa forma, nem tudo é negativo. Com essas alterações, a memória e o armazenamento de informações são facilitados, permitindo, assim, a construção de experiências a partir de diferentes pontos de vista.

Amígdala cerebral

A parte da amígdala cerebral é a que regula as emoções, o medo e as respostas diante dos estímulos. A flutuação do estrogênio, da progesterona e da testosterona pode estimular a produção de endorfina durante os primeiros dias desse período. Isso é confirmado pelo aumento da vitalidade, da energia e da felicidade em algumas mulheres.

Posteriormente, a produção cai. Esse é o momento em que há tristeza e falta de equilíbrio emocional. Essa queda na produção de hormônios femininos também reduz a capacidade de estabelecer relações sociais, um aspecto no qual as mulheres geralmente são muito habilidosas.

“A alteração no comportamento feminino durante a menstruação não é produto apenas dos hormônios, mas também da transformação cerebral”.

Substância cinzenta e substância branca do cérebro

Por outro lado, a substância cinzenta do cérebro é composta por corpos celulares, enquanto a substância branca é composta por tecidos nervosos. Ambas sofrem alterações.

Seu volume aumenta durante a síndrome pré-menstrual e, com isso, aumenta a capacidade de transmitir dor física. Essa é a razão pela qual 8 em cada 10 mulheres sofrem com dores e cólicas antes da menstruação.  

Entre as consequências dessa variação, estão a dificuldade de concentração e de execução das tarefas comuns. Para muitas mulheres, essa dor é realmente limitante para a vida cotidiana.

mudanças na estrutura cerebral das mulheres durante a menstruação

A menstruação e o cérebro

Essas mudanças estabelecem a diferença entre homens e mulheres. Por causa dessas mudanças, a comunidade médica tem se dedicado ao estudo da menstruação desde aproximadamente a década de 1930.

O ciclo menstrual influencia a capacidade da mulher de executar todos os tipos de atividades. Seja de forma positiva ou negativa, a influência desse ciclo cria uma onda de emoções que muitas vezes confunde as pessoas do seu círculo mais próximo.

Em conclusão, as mudanças de humor ocorrem porque, conforme explicamos, há mudanças na estrutura cerebral das mulheres durante a menstruação.

Além disso, os altos e baixos na produção de hormônios completam esse cenário que muda tanto de um momento para o outro. Não se sinta culpada por isso: aproveite os benefícios trazidos por cada nova sensação.