Quais são as mudanças no umbigo durante a gravidez?

20 de fevereiro de 2019
Durante a gravidez, o corpo de uma mulher passa por diferentes tipos de mudanças, por fora e por dentro. Algumas delas são psíquicas, outras químicas ou hormonais. Durante a gravidez, o umbigo não é exceção.

Muitas mulheres são surpreendidas pelas mudanças no umbigo durante a gravidez. Eles podem parecer volumosos, salientes ou então achatados. É até provável que dê a impressão de que viraram do avesso. Em seguida, descubra o que muda no umbigo durante a gravidez.

A função do umbigo durante a gravidez

No período de gestação, o umbigo cumpre uma função muito importante para o bebê. É através do cordão umbilical que o bebê se conecta com a mãe.

Ele é responsável por fornecer todos os nutrientes, sangue e oxigênio para o bebê. Em outras palavras, ele proporciona tudo o que seu bebê precisa para se desenvolver dentro do útero.

Mudanças no umbigo durante a gravidez

Durante a gravidez ocorrem certas mudanças no corpo da mulher. Um dele é que o aumento do tamanho do útero pressiona o centro do corpo. Isso faz com que, algumas mulheres, mais do que em outras, sofram mudanças no umbigo.

Entre as transformações mais comuns, podemos citar:

  • Achatamento do umbigo. À medida que os meses passam, a pele estica. Isso tem como consequência o esticamento do umbigo, o que dá a impressão de que ele diminui ou desaparece.
  • Umbigo saliente. Entre o segundo e terceiro trimestres da gravidez, mais ou menos após a semana 28, ocorre a inversão ou o desvio do umbigo. É um fenômeno indolor que faz com que o umbigo saia, como um botão.
  • Surgimento de uma linha escura. Essa linha vertical, também chamada linha alba, vai do umbigo ao púbis. As alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez faz com que escureça. Geralmente, ela vai desaparecendo aos poucos depois do parto.
A gravidez traz muitas mudanças e o umbigo é uma delas

Período em que o umbigo volta ao seu lugar

Se o umbigo sair antes ou depois da data indicada acima, não deve ser motivo para você se preocupar. Isso acontece porque o umbigo pode brotar mais cedo nas mulheres com tecidos flácidos. Em outras, com a pele mais dura e espessa, essa mudança pode passar despercebida.

Embora durante a gravidez o umbigo perca a aparência original, após o parto ele volta à posição que estava antes. O útero começa a se acomodar e retornar ao seu tamanho. E da mesma forma, você também vai recuperar o seu peso gradativamente.

Através do umbigo você fornece ao bebê todos os nutrientes, sangue e oxigênio. Enfim, tudo o que ele precisa para se desenvolver dentro do útero

Complicações que costumam ocorrer

Devido ao esgotamento excessivo do músculo abdominal, há a possibilidade de ocasionar em uma hérnia umbilical. Os sintomas mais comuns que se apresentam são:

  • Sensibilidade ou dor no abdômen.
  • Presença de caroço
  • Vômito
  • Indigestão
  • Febre
  • Distúrbios do sistema gastrointestinal, como constipação.
  • Infecções
  • Dermatite na pele umbilical.

Por que o umbigo dói?

Algumas mulheres grávidas sentem dor no umbigo e no seu entorno apenas com o toque. Essa dor está relacionada ao fato de a barriga ter crescido rapidamente. Essa rápida distensão da pele não permitiu que ela se adaptasse à mudança a tempo.

Para aliviar a dor, use uma cinta para mulheres grávidas. Além disso, você pode colocar roupas íntimas que cubram o umbigo para que o seu corpo se adapte ao novo estado. Nesse período, o corpo vai ganhando peso gradativamente.

Por ser uma área muito sensível, a dor pode ser terrível. É provável que você tenha que usar roupas largas ou deixar o umbigo exposto para evitar atritos que irritem essa região.

O umbigo durante a gravidez pode ser a fonte de vários desconfortos e preocupações para a mulher.

Recomendações que você pode seguir

Não há absolutamente nada que você possa fazer para evitar que o umbigo salte. No entanto, você pode analisar as seguintes dicas que são fáceis de seguir:

  • Se após a gravidez seu umbigo estiver muito saltado e não recuperar sua aparência original, é possível fazer uma cirurgia para corrigir. O umbigo é reconstruído com uma pequena intervenção, eliminando o excesso de pele.
  • Durante o crescimento da barriga, é recomendável usar muito creme para o corpo para manter a pele em volta do umbigo hidratada.
  • Mantenha a higiene adequada usando sabonetes neutros, sem fragrância e sem produtos químicos irritantes. Além disso, se você tiver dúvidas, consulte um especialista em dermatologia.

Embora algumas mudanças te peguem de surpresa, não é preciso se preocupar porque é natural. O seu útero e os músculos abdominais voltarão ao seu estado normal.

Depois de dar à luz, todas as mudanças no umbigo durante a gravidez vão desaparecer. Portanto, se acontecer com você, não se preocupe com esse detalhe.

  • Friedman, J. M. (1985). Umbilical dysmorphology. The importance of contemplating the Belly Button. Clinical Genetics. https://doi.org/10.1080/15434300902985108